Arquivo da categoria ‘Uncategorized’

Crushing Post Doom Meets Avant Death Metal from this Adventurous Duo. Until The Sky Dies loves to add odd synths and electronics through out as well as Post Hardcore movements. The Year Zero Blueprint (2017) on Cimmerian Shade Records, PR was done by Earsplit.

Track List:

  1. Chose to Die
  2. Destructive Voice
  3. Hope, Sorrow, Release
  4. Never Wanting, Never Lost
  5. I the Victor
  6. Dear Mother , Not Forgotten
  7. Zeppelins are not made for Flying
  8. Experimental Vision

http://www.deadgamesrecords.com/

Metal Devastation

Idiot Robot: New video, “Song Everytime”

Publicado: 15/04/2021 por Pedro Mello em Uncategorized

Death Pop what is that? What if you Mixed- Husker Du, Pixies, Rem, Bob Segar and Foo Fighters with NYC Hardcore and 90’s Death metal Vocals. DEATH POP!!!! Now you get it. This Duo from Bay Area of Florida and Phoenix AZ have created music in such Projects at Space King, Cosmic Punch (TMG/ Knife Fight), As All Die (Crowd Control Activities/ Fracture Spaces), Long Winters Stare ( Dark Symphonies) Black Depths Grey Waves ( Aesthetic Death) and Until the Sky Dies ( Cimmerian Shade).

Idiot Robot are coming at you with an 11 song Album released on Dead Games Records. Weirdo , Outsider, Catchy and Avant. Yes to all the above. Idiot Robot has no game plan just to create music they find interesting. It’s now your turn to explore and see what treasures await your aural pathway.

Lineup:

Clint Listing- Harsh Voice, Voice, Bass, Guitars

Ryan Michalski- Voice, Guitars, Synth, Drums

Contact us

idiotrobot@thedoorwayto.com

Facebook https://www.facebook.com/Idiotrobot B

andCamp https://idiotrobot.bandcamp.com/releases

http://deadgamesrecords.com

Metal Devastation

O projeto Metal Against Coronavirus continua sua campanha de arrecadação de fundos para pesquisas globais contra o coronavírus, lançando o novo single do projeto, intitulado “Salvation Of My Fate”. Mais uma vez, escalou uma equipe impressionante. Nada melhor do que a união de artistas de até sete países colocando suas energias em uma única música. 18 músicas com a união de 200 artistas em 28 países.

O novo single do Metal Against Coronavirus traz Danko Jones e Tim Steinruck (The Mighty One) nos vocais, Marios Iliopoulos (Nightrage) comandando as guitarras e baixo, um solo de guitarra do grande Daniel Dekay (Exciter) e Dino George (Nightrage) na bateria, sem dúvida em nossa mente este quinto avanço vai explodir sua mente. A música foi criada por Marios Iliopoulos, do Nightrage e letras por Tim Steinruck. Os talentosos Marios e Tim também foram responsáveis pela produção, enquanto a mixagem foi feita pelo Fotis Benardo no Devasoundz Studios e masterização pelo renomado engenheiro de som e produtor musical George Nerantzis. A arte absolutamente hipnótica e espetacular de “Salvation Of My Fate” foi feita pelo brasileiro Marcelo Vasco, enquanto o vídeo com a letra é de Wanderley Perna (W Designer).

Talento dos países Grécia, Suécia, Canadá e Brasil, que nos dão um dos singles mais especiais para continuar arrecadando fundos para o combate à pandemia. “Salvation Of My Fate” é o sétimo single do projeto e o primeiro que compõe o segundo EP do Metal Against Coronavirus. São 3 EPs, com 6 músicas e a ideia é lançar um full album com distribuição em mídia digital e física. Visando profissionalizar mais o projeto e arrecadar mais fundos, iremos anunciar nos próximos dias os primeiros designs que irão criar o  merchandising exclusivo.

Se gostar do projeto, fique à vontade para comprar a música para colaborar com o Metal Against Coronavirus no Bandcamp oficial.

O Metal Against Coronavirus é um projeto que visa a união entre a comunidade heavy metal mundial para arrecadar fundos para a luta contra o coronavírus, buscando a participação não só de músicos, mas também de ilustradores, designers, fotógrafos, produtores, engenheiros e técnicos de som, estúdios de gravação, produtores e diretores de vídeo, jornalistas de música e outras profissões ligadas à cena do heavy metal. Assim como os anteriores, o novo single foi gravado pelos músicos em suas próprias casas, através de seus estúdios particulares.

Cada música ganha uma arte de capa exclusiva e um lyric video, criado por diferentes profissionais. O Bandcamp é a plataforma onde os singles estão publicados e onde todas as doações serão coletadas. Os singles anteriores estão disponíveis nas plataformas e contam com a participação de grandes artistas como Prika Amaral (Nervosa), Tony Dolan (Venom INC), Jeff Becerra (Possessed), James Murphy (Testament, Obituary, Death, Cancer), Martin Furia (Furia y Bark), Guilherme Miranda (Entombed AD), Mark Berserk, Joe Petagno, Alcides Burn, Jéssica Mar (Reverbera and Headbangers News), Maicon Leite (Wargod Press) , entre outros.

Com o objetivo de que todas as nacionalidades se sintam confortáveis, o projeto decidiu alocar o dinheiro gerado ao fundo de resposta de solidariedade COVID-19 da Fundação das Nações Unidas para a Organização Mundial da Saúde.

Formação:
Tim Steinruck – Vocal (The Mighty One)
Danko Jones – Vocal
Marios Iliopoulos – Baixo e guitarra (Nightrage)
Daniel Dekay – Guitarra Solo (Exciter)
Dino George Stamoglou – bateria (Nightrage)

Música: Marios Iliopoulos -Nightrage  

Letra: Tim Steinruck 

Produção: Marios Iliopoulos e Tim Steinruck 

Mixagem: Fotis Benardo – Devasoundz Studios (Nightfall, ex-Septic Flesh)

Masterização: George Nerantzis  

Artwork:  Marcelo Vasco Arts 

Vídeo: Wanderley Perna 

Reverbera Music Media

Esse é o segundo livro escrito por Dave Mustaine, e embora isso soe meio errado, vocês já vão entender o porque.

Primeiro, o que tem que ficar claro é que Rust In Peace é o álbum que colocou definitivamente o Megadeth como um dos baluartes do Thrash Metal mundial. Não que seus três antecessores sejam ruins, pelo contrário, mas o momento era outro, e a qualidade apresentada aqui, também era outra.

Além disso, a identidade criada aqui perpetuou significativamente em mais dois clássicos: “Countdown To Extinction” e “Youthanasia”.

Rust In Peace foi lançado em 1990 e o livro aqui citado foi lançado em 2020, em comemoração aos 30 anos de seu lançamento. No mercado brasileiro, o livro foi lançado pela Editora Belas Letras, em dois, diremos, formatos. O primeiro trazia o livro propriamente dito, já o segundo se tratava de um kit (edição limitada) com livro, marcador de página, pôster e camisa.

Embora seja creditado a Dave Mustaine e o escritor e crítico musical Joel Selvin, o livro se trata de uma espécie de bate papo entre vários personagens que circundam o nome Megadeth. Então temos depoimentos e relatos de Dave Mustaine (Vocal e Guitarra), David Ellefson (Baixo), Marty Friedman (Guitarra), Chuck Behler (Bateria)…

Pausa para uma rápida observação: Chuck Beller não gravou Rust In Peace, e sim Nick Menza, que era seu roadie, e o substituiu na banda. No entanto Nick faleceu em 2016 durante uma apresentação da banda Ohm, com 51 anos e o laudo do legista apontou como causa morte, problemas no coração.

… empresários, engenheiros de som, produtores, seguranças, padrinhos do AA/NA, o guitarrista Slash, ex-namoradas, além da esposa de Dave, (Pam Mustaine) e outras figuras próximas a banda.

O livro possui 200 páginas e a história se inicia nos últimos shows da turnê do álbum “So far… So good… So what!”, contando como os problemas com drogas afetavam negativamente a banda, trazendo transtornos durante shows na Europa.

Alguns comentários são contraditórios no decorrer do livro, algumas passagens chegam a ser surpreendentes de como esses músicos conseguiram criar essa obra prima em meio ao redemoinho de emoções e problemas em que se encontravam.

As inspirações para as músicas são das mais variadas: Quadrinhos da Marvel, guerra religiosa na Irlanda, guerra nuclear, teoria da conspiração… tudo bem explicado por Mustaine.

Clínicas de reabilitação, excessos, ego e muita cocaína também fazem parte dessa história. E, pasmem, um dos maiores problemas que a banda enfrentou foi a sobriedade, pois parece que ao deixar de focar nas drogas, focaram no dinheiro e isso gerou uma guerra por cifrões.

O livro termina em um desejo de retorno da antiga formação, mas claramente não efetuada devido ao ego, e a contratação dos membros que passariam pela banda após essa tentativa fracassada. Só pra situar os perdidos de plantão, hoje a banda conta com Mustaine, Ellefson, Dirk Verbeuren (Bateria) e o brasileiro Kiko Loureiro (Guitarra).

O livro é bem escrito, a linguagem é simples, a edição traz pouquíssimos erros de português. As fotos de época da banda também são muito bacanas, além de nostálgicas. Com um pouco de boa vontade, em poucos dias você devora o livro.

Pra mim, os únicos pontos negativos são: a falta de qualquer tipo de citação feita por Nick Menza. Claro, ele é lembrado o tempo todo, mas não ter uma palavra dita por ele (como um trecho retirado de uma entrevista de época), deixou um sentimento de tristeza. Outro que não foi ouvido foi o artista que criou a capa de Rust In Peace, Ed Repka, famoso pelas ilustrações de terror e capas de diversas bandas no meio do Heavy Metal.

A capa é tão icônica, que deve fazer todo espectador dos programas de teoria da conspiração do History Channel ficar de cabelo em pé. Vai lá, procura o disco, dá uma conferida não apenas na capa, mas no conteúdo e se quiser saber mais, leia o livro.

Altamente recomendado!

A Editora Estética Torta está trazendo ao mercado brasileiro as obras do croata Stjepan Juras. Será uma coleção de 20 livros sobre a banda britânica Iron Maiden. Os livros tratam não apenas dos álbuns da Donzela de Ferro, mas também de seus integrantes, letras e inspirações.

Neste último, podemos destacar o livro, “Iron Maiden Para Crianças”.

Confesso, estava muito curioso em ler este livro!

O livro foi lançado originalmente em 2016, e a edição brasileira só saiu em 2020. A nossa edição conta com 124 páginas com curiosidades abordadas nas letras da banda. Cada curiosidade tem duas páginas e traz ilustrações do também croata Luka Valkovic, assim como uma breve explicação do tema, uma curiosidade da banda e um versinho. A faixa indicada para leitura é a partir de 7 anos, o que pode gerar algumas controvérsias.

O livro é uma rica fonte de informações sobre fatos curiosos como: “Quem foi Alexandre, O Grande?”, “Quem é o famoso personagem da Transilvânia?”, “Quem foi Gengis Khan?”, “O que foi a Batalha de Paschendale?”, “Onde fica Montségur?” e se você não sabe o que é uma “Donzela de Ferro”, você vai encontrar a resposta nesse livro.

Alguns temas podem soar pesados, mas claro, se você é um pai, mãe, enfim, um parente zeloso e participativo na vida do pequeno leitor, você estará presente e poderá tirar algumas dúvidas e/ou escolher os temas mais adequados. A linguagem utilizada é bem simples e agradável, as ilustrações tem um certo tom de aquarela, bem no estilo utilizado em livros infanto juvenis.

Outros livros já lançados da coleção são “The Number Of The Beast” e “Somewhere In Time”. Tratando de lançamentos futuros, serão lançados os livros “Powerslave” e “The Rime Of Ancient Mariner”, esse segundo, uma obra escrita pelo autor inglês, Samuel Taylor Coleridge, e que dá nome a uma das mais épicas canções do Maiden.

Para jovens e adultos fãs ou não de Heavy Metal. Conhecimento nunca é demais.

LIGHT THE TORCH – Howard Jones [voz], Francesco Artusato [guitarra] e Ryan Wombacher [baixo] – lançarão seu novo e segundo álbum “You Will Be the Death of Me” no dia 25 de junho pela Nuclear Blast. Pré-venda disponível através do seguinte link: https://nuclearblast.com/lightthetorch-ywbtdom

A banda lançou o vídeo da primeira faixa, “Wilting in the Light”, que foi dirigido por Ramon Boutviseth em L.A.

Assista aqui: https://nblast.de/LTT-Wilting-YT

Salve a música ou ouça aqui: https://lightthetorch.bfan.link/ywbtdom

“You Will Be the Death of Me tem sido uma jornada – mesmo sem a pandemia”, diz Jones. “Este álbum foi emocional e gratificante em todos os sentidos, e não poderíamos estar mais animados para finalmente lançá-lo. Talvez tenha existido um pouco de desespero ao escrever e gravar essas músicas.”

Ele compartilha: “Passando por turbulências pessoais e vendo Francesco lidar com lesões, sabíamos que isso poderia mudar as coisas drasticamente para nós. O álbum foi uma distração bem-vinda e despejamos todas as emoções que tínhamos em YWBTDOM. Ver Fran se curar e se tornar um companheiro de banda ainda mais completo em frente dos meus olhos tem sido incrível. Tudo o que passamos individualmente e juntos com este álbum uniu Fran, Ryan e eu. Eu não poderia estar mais orgulhoso deste álbum sabendo que o fiz com minha família.”

Artusato fala sobre suas experiências, dizendo: “Este álbum é especial para mim de uma maneira diferente. Desde escrever a música durante um dos momentos mais difíceis da minha vida, ao lidar com um ferimento grave devido a um acidente de carro, até estar obsessivamente envolvido com todos os aspectos de sua produção, gravação e criação de arte. É difícil descrever como me sinto e, finalmente, ver esse álbum se preparando para ser lançado.”

Ele continua falando a respeito do poder de redenção do álbum: “Estamos todos muito satisfeitos com a forma como este álbum mostra a evolução de nossa banda e nossa evolução como indivíduos. Sem nossa irmandade, essa música não poderia ter acontecido. A música é o que nos mantevefortes juntos durante nossos momentos mais difíceis. Não há nada como a arte que expressa emoções puras e profundas, e é isso que eu sinto quando ouço a performance de Howard neste álbum.”

Wombacher concorda: “Acho que este álbum mostra o crescimento que a banda experimentou depois de anos juntos na estrada, e uma amizade que continuou a prosperar fazendo o que amamos juntos.”

Os caras voltaram para Sparrow Sound em Glendale, Califórnia, para mais uma vez trabalhar com a equipe de produção de Josh Gilbert e Joseph McQueen [Bullet for My Valentine, As I Lay Dying, Suicide Silence]. Desta vez, eles também deram as boas-vindas a Alex Rudinger da banda Whitechapel na bateria. “Ele é incrível”, diz Artusato. “Ele era exatamente o que precisávamos.”

Reverbera Music Media

O Brasil e sua riqueza musical sempre apresenta trabalhos edificantes, grandiosos e inteligentes e pensando nisso, um nome do interior de São Paulo, o No Captain, vem se consolidando como uma das mais incríveis revelações do Rock/Metal brasileiro, por sua criatividade em criar conteúdo bem estruturado onde musicalidade, poesia e construções líricas atuais são o foco de um projeto sólido que tem tudo para ser um dos principais destaques de 2021.

Para este novo ano, a banda apresentou ao mundo seu primeiro EP homônimo, onde 04 faixas intrínsecas e cantadas em português, revelam a essência deste conjunto que nasce grande e almeja conquistar fãs de estilos e gêneros dentro e fora de sua base criativa que é, o Rock and Rol.

Músicas como “Pensamento”, “Livre”, “Simples” e “Mundo Real”, são os cartões de visitas dos músicos da No Captain, que além de apresentarem seu primeiro registro nas plataformas digitais, preparam inúmeras novidades e lançamentos para o decorrer de 2021.

O EP “No Captain” pode ser conferido em todas as plataformas digitais. Abaixo link para usuários de SPotify:

Uma importante novidade da banda No Captain, é a oficialização de uma parceria com a Roadie Metal que, a partir de agora será a assessoria oficial de imprensa do grupo no Brasil.

No Captain é:

Diogo Massaglia – Vocal

Caio Massaglia – Baixo

Gabriel Leite – Teclado

Willian Henrique – Guitarra

Wagner Rian – Bateria

Links:

Facebook: https://www.facebook.com/BandaNoCaptain 

Instagram: https://www.instagram.com/nocaptainoficial/?hl=pt-br  

Canal youtube: https://www.youtube.com/channel/UCeW2wGmbj1tYDn_r9OeQ88Q

Roadie Metal

A INÓRBITO confirmou que já estão disponíveis em seu canal oficial do YouTube os dois primeiros episódios da série “Música por Música”, onde a banda discorre sobre o processo criativo de cada faixa do álbum recém lançado, “Idade Mídia”, e como cada uma delas se encaixa no conceito do full length.

Em paralelo, o grupo confirmou que iniciou os ensaios para o seu show de estreia, onde tocarão na íntegra as faixas do referido material e algumas músicas de bandas que serviram como inspiração para a identidade musical do projeto.

Para mais informações sobre as atividades da banda INORBITO e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Links relacionados:

https://www.instagram.com/inorbitoficial/

MS Metal Press

Astrakhan: Banda sueca lança registro ao vivo

Publicado: 27/10/2020 por Pedro Mello em Uncategorized

O clássico musical “Jesus Christ Superstar” é uma história de amor, paixão e morte e poucas são as bandas que conseguem transpassar tais elementos para as músicas quando a executam. Um dos raros casos que conseguiram tal feito são os suecos do Astrakhan.

Com a turnê realizada pela Escandinávia em 2018, o grupo fez com que faixas selecionadas da trilha sonora do musical soassem ainda mais “cinemáticas”, cheias de vida e realçando a experiência dramática da história. Tudo isso unido ao seu já conhecido Prog Rock/Metal.

Era esperado um registro dessa série de shows e aconteceu que que show realizado no Spira Concert Hall na cidade de Jönköping (Suécia) foi gravado e está sendo lançado hoje com o nome de ”Astrakhan’s Superstar Experience” em formato limitado em CD, além de streaming e download legal pelo selo Melodic Passion Records tendo a distribuição por conta da Sound Pollution.

A banda informa ainda que a cada sexta feira será lançada um vídeo curto sobre o álbum, começando neste dia 23/10 com a faixa “Heaven On Their Minds” e a participação especial de Mats Léven, que pode ser conferido logo abaixo:

https://www.facebook.com/Astrakhan.band/videos/353407962384700

Track list “Astrakhan’s Superstar Experience – Live”

01 – Heaven On Their Minds
02 – Whats The Buzz/Strange Thing, Mystifying
03 – Everything’s Alright
04 – Simon Zealotes
05 – Poor Jerusalem
06 – Pilates Dream
07 – The Temple
08 – I Don’t Know How To Love Him
09 – Damned For All Time/Blood Money
10 – The Last Supper
11 – Gethsemane(I Only Want To Say)
12 – Judas Death
13 – Trial Before Pilates including drum solo)
14 – Superstar

O vocalista Alexander Lycke, dito por muitos como uma das melhores vozes da Suécia, interpreta Jesus Cristo e o guitarrista Johan Hallgreen (Pain Of Salvation) faz as vozes do apóstolo Pedro e de Pilatos. A formação oficial da banda é completada pelo baixista e backing vocal Per Schelander (ex House Of Shakira e Royal Hunt), Jörgen Schelander (Moog, Mellotron e Piano) e Martin Larsson na bateria. A Astrakhan contou ainda com a participação de Mats Léven (Denner’s Inferno, Candlemass, Therion entre outros) no papel de Judas Iscariotes. Karolina Karner (backing vocal e percussão) e Teresa Perreli (backing vocal) dividirão o papel de Maria.

Live Medley Video:


Astrakhan é:

Alexander Lycke – Vocal
Johan Hallgren – Guitarra
Per Schelander – Baixo e backing vocal
Jörgen Schelander – Moog, Mellotron, Piano
Martin Larsson – Bateria


Ouça Astrakhan nas plataformas digitais:

Spotify: https://spoti.fi/3iwxvXb
Deezer: https://bit.ly/3jouIAd
Apple Music: https://apple.co/3inIWAm
Youtube: https://bit.ly/3cRSMt9
Tidal: https://bit.ly/33l0rga


Foto por: Theres Stephansdotter/Björk


Contatos:

Facebook: facebook.com/Astrakhan.band
Instagram: instagram.com/astrakhan-official


Lex Metalis Assessoria

Os gaúchos da FIGHTER participaram de um projeto desenvolvido pelo Manifesto Bar, de São Paulo/SP, onde diversas bandas tiveram seus trabalhos selecionados para o TV Manifesto – Peso Brasil, tendo como objetivo divulgar a fortalecer o cenário autoral, exibindo videoclipes e levando para o público a história dessas bandas. A FIGHTER está presente na nona edição do programa, apresentando ao público o vídeo clipe de “Arte da Guerra”. Ao mesmo tempo o grupo prepara o lançamento do próximo vídeo do álbum ao vivo “VII (Live Session)”, para a faixa “Dinamite”, além de grandes novidades para novembro e dezembro, encerrando um ano produtivo e intenso.

Assista ao programa #09 da TV Manifesto – Peso Brasil:

Cesar Branco (vocal), Alexsandro Gabrielli (guitarra e backing vocal) e Guilherme Adamatti (bateria) também divulgam a vinda do baterista Aquiles Priester (Hangar, WASP, Angra, Tony MacAlpine, Edu Falaschi)para um dia de aulas particulares no Estúdio Linha Sonora, no dia 28/10 em Caxias do Sul/RS. Verdadeiro ícone do Heavy Metal brasileiro, Priester estará ministrando aulas com agendamento pelo Whatsapp 54-3025-2055 e terá vagas limitadas.

Ouça “VII” no Spotify:

Contatos:

Facebook: www.facebook.com/bandafighter
Instagram: www.instagram.com/fighter_banda

Youtube: www.youtube.com/fighterhardrock
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press