A cantora Tati Klingel é a precursora no vocal gutural feminino em Curitiba, e desenvolveu uma técnica específica para desempenhar este papel. Uma referência em vocal agressivo em âmbito nacional, há anos passou a lecionar aulas de canto, o que possibilitou que muitos outros pudessem se desenvolver e alcançar seus objetivos dentro do universo musical.

Sua carreira como vocalista de bandas de metal e instrutora de técnica vocal será eternizada no documentário “Curitiba In Peso – A História do Metal Coré-Etuba”, material que conta a história da música pesada na capital paranaense. A artista gravou este mês sua participação, falando de maneira sincera sobre o cenário musical da cidade e suas conquistas neste meio.

Tati dá aulas de vocal há sete anos, com o projeto A Arte de Berrar, o que vem alicerçando cada vez mais sua carreira. Além do acompanhamento dos aprendizes na parte musical, ela presta assessoria para o crescimento dos alunos como artistas em cima do palco. Uma das alunas de Tati Klingel é Fernanda Souza, que não tem banda mas tem como sonho integrar um grupo de Black/Doom Metal. Uma das recentes realizações de Fernanda foi aparecer em um vídeo ‘fan-contest’ da banda Crypta, interpretando a faixa “From The Ashes”.

Assista ao video: 

Realizações

A jovem Fernanda conta como entrou no universo da música pesada: “Desde os 15 anos acompanhava bandas com mulheres com vocal extremo: Arch Enemy, Cadaveria, Kittie e Otep. Nunca achei que para o estilo existiria algum tipo de técnica como para o canto tradicional”. Em uma conversa com um amigo, acabou desmotivada pela falta de uma orientação técnica para esta modalidade vocal: “Lembro como se fosse hoje, há mais de 10 anos, de comentar com um amigo que tinha banda e cantava gutural: ‘um dia quero cantar assim’. A resposta foi: ‘cante limpo, não faça isso com sua voz, machuca’”.

O fato postergou seu aprendizado, sonho retomado recentemente: “Durante a pandemia comecei a pensar em realizar alguns sonhos antigos. Procurei professores de gutural e canto extremo de forma geral e me surpreendi com a quantidade de pessoas qualificadas para falar do tema, sobretudo quando pensamos no público feminino, já que esse tipo de canto sempre foi visto como ‘para homens’”. E quando Fernanda encontrou Tati Klingel, a sintonia foi imediata: “Eu tinha uma meta: fazer aula com alguém que eu ouvisse e falasse ‘mano, olha essa voz, pago um pau!’. Isso aconteceu com a Tati! Comecei a ver ela cantando, dando aula, a energia, o método, e sobretudo a paciência, e me joguei”, explica.

A relação criada entre as duas não foi apenas de instrutora/aluna: “Comecei as aulas extremamente empolgada, mas [tive] uma crise de refluxo, seguida por uma gastrite. Fiquei parada uns dois meses, dei uma desanimada, mas a Tati com toda paciência do mundo deu todas as dicas, não desistindo dos alunos. Posso dizer que o canto tem sido terapêutico na minha vida, em momentos tão difíceis para nós atualmente”, relata.

Toda a dedicação de ambas as partes foi coroada com a aparição no vídeo da Crypta: “Não esperava esse boom de aparecer no clipe de fãs do Crypta. Isso foi insano. Mandei despretensiosamente, achei que não rolava! Quando vi minha carinha ali, do lado de gente foda em suas performances, eu cai de cara. Mandei na hora pra Tati, e o mais legal é que ela vibra com a conquista dos alunos, como se tivéssemos passado em uma grande universidade”. Apesar do reconhecimento, Fernanda não pensa em parar por aí: “Depois de ter meus segundos de fama no clipe, estou com um novo gás para continuar estudando mais ainda vocais extremos. Sobre ter banda? Música não é minha profissão, mas com certeza o gutural é minha paixão. Então, eu super participaria de uma banda”, finaliza. Conheça mais a história de Fernanda Souza em seu Instagram: https://www.instagram.com/_dendropheels.

Histórico

A carreira de Tati Klingel como vocalista de metal extremo começou há cerca de 15 anos, quando integrou o Diagora, grupo de tributo ao Arch Enemy. Posteriormente, a cantora, que cursa música na UFPR, teve marcante presença na lenda do thrash metal Mercy Killing, com a qual gravou o álbum Euthanasia, de 2015.

Atualmente integra a Hokmoth, que lançou em 2019 o EP Neophytvs. Outra banda que Tati faz parte é a Divine Pain, de Danilo Coimbra (Malefactor), com quem gravou o single – e compôs a letra – “Scarlet”.

Tati dá aulas de vocal há oito anos, com o projeto A Arte de Berrar, se tornando uma referência nacional sobre as técnicas de canto agressivo. Além do acompanhamento dos aprendizes na parte musical, Tati presta assessoria para o crescimento dos alunos como artistas em cima do palco.

Em março último, ministrou uma série de workshops e masterclasses voltados ao ensino da técnica vocal às mulheres,  atendendo tanto iniciantes quanto quem já tem alguma experiência com o canto.

Informações: www.tatiklingel.com

Clovis Roman

German Berlin-based death/thrash metal band Bloodbeat released a new single No Control. The track is taken from their upcoming second studio album ‘Process of Extinction’ which is set to be released by Finnish record label Inverse Records on June 18th 2021. The album is mixed & recorded by Marc Wüstenhagen at
Dailyhero Recordings Berlin and it’s mastered by Gunnar Refardt.

Song description by singer and guitarist Jason Kuhn:
“The song “No Control” is about the Nazis’ megalomania and inhuman body experiments. The scenario describes the devil’s cruelty in Auschwitz. The perverse human experiments became a kind of addiction. They always wanted to try more and more. The mental and physical control of the Nazis in Auschwitz disappeared.

The lyrics describe that many autopsies were shown publicly while the person was still alive. Brains were exchanged, the heart was operated into another body and amputations were performed while the body was still alive. The song is not meant to glorify anything. It is meant to be a reminder of the cruelty so we don’t forget. The lyrics describe what really happened and the hatred that always remains in our minds.”

Listen to No Control single:
Youtube: https://youtu.be/3-UQbRsc68w
Spotify: https://spoti.fi/3bk8nSz
Bandcamp: https://bloodbeat.bandcamp.com
Deezer: https://www.deezer.com/fi/album/216948982
Tidal: https://listen.tidal.com/album/178168768
Apple Music: https://apple.co/3uJ1DoX

BLOODBEAT is a death/thrash metal band from Berlin, Germany. With heavy riffs, brutal guitar sounds and crushing drumming that resembles a steamroller, the band manages to reproduce the ultimate Death Metal sound of the 90’s and also add their own character. The brute voice of singer and guitarist Jason adds the right shell to the rough instrumental core of the music. With recognizable death metal riffs and hacking and brutal thrash beats, the band puts a huge pressure wave in the audience’s ears. Bloodbeat manage, despite their audible influences like Napalm Death and Slayer, to create their own recognizable and distinctive style of music that immediately throws the listener into the past of 90’s Death Metal. Lyrically reveal and reproduce Bloodbeat atrocities and abysses of humanity.

Pre-order Process of Extinction CD: https://bit.ly/3dCbwxj

Pre-save Process of Extinction album to your Spotify playlist: https://bit.ly/3fnM7Ke

Digital Pre-order Process of Extincion: https://bloodbeat.bandcamp.com/album/process-of-extinction

WATCH music video from their first single Rigor Mortis:

Line-up:
Jason Kuhn (Vocals & Guitar)
Paul Hopp (Drums)
Daniel Dokic (Guitar)
Fux (Bass)

Links:
https://www.facebook.com/BloodbeatBB
https://www.instagram.com/bloodbeat_official
https://bloodbeat.bandcamp.com

Inverse Records

Eighteen years since the release of their first full length album, the wicked and blasphemous Profane Prayer, the devils of Vulture Lord have returned with its successor. Desecration Rite is an unholy assault of malice and malevolence, a shocking affirmation of Vulture Lord’s dedication to the dark. Dripping with spite and venom, a hatred you can taste, the songs that combine to form the Desecration Rite are hymns of annihilation, an adoration of absolute destruction.

The profound intensity of Vulture Lord’s second album should come as no surprise. With members of Urgehal, Carpathian Forest, Endezzma and Beastcraft completing this cruel coven, how could their combined incantations summon anything but the most iniquitous of beasts? Particularly when the song writing crafts of Trondr Nefas continue to play their part, despite his departure from this realm in 2012. The ceremony opens with the grand invocation of ‘Glorification Of The Dethronation’ and then all hell is let loose – an onslaught of black metal nihilism, the true metal of death. From first single, the battle cry of ‘Bloodbound Militia’, through the cold darkness of ‘Prepare The Coffin’ to the sacrilegious contempt of ‘Perverting The Bible’ there is no place to hide, no glimmer of hope. More than just an album, Desecration Rite is a fearless, ferocious ride into desolate oblivion.

With the strength of that infamous haven of shadows, Odium Records at their side, Vulture Lord are prepared to spread their death worship throughout the world like never before. When the words of the Desecration Rite are spoken in June 2021, then be sure that the end is nigh. The kings of darkness have returned to extinguish the light and no soul will be safe from their wrath.

Visit Vulture Lord on Facebook
Visit Odium Records here
Pre-order Desecration Rite here

Imperative PR

Fundado em 2011 na cidade de Araguari/MG, o Vitrola Ambiente Cultural é uma das principais casas noturnas do Triângulo Mineiro. O espaço surgiu da necessidade de fomentar a música e outras linguagens artísticas na cidade. Até aqui, mais de 200 atrações da região, do Brasil e até mesmo internacionais já pisaram no palco do Vitrola, inclusive artistas de grande popularidade como Sérgio Britto (Titãs), Badaui (CPM22), Tico Santa Cruz (Detonautas) e Marcão (Charlie Brown Jr.).

Fechado desde Março de 2020 devido a pandemia de covid-19, o Vitrola Ambiente Cultural teve que se reinventar durante esse período. Uma das formas foi a realização e transmissão de “Lives” exclusivas. Porém, nenhum projeto anterior foi tão promissor como o “Pegando Fogo Online Festival”.

O “Pegando Fogo” é um festival periódico realizado pelo Vitrola e que tem por objetivo divulgar e potencializar a criação musical autoral da região e de todo país. Na impossibilidade da realização presencial do “Pegando Fogo” – que é o único espaço de música autoral em Araguari – o festival ganha então agora sua versão online.

O “Pegando Fogo Online Festival” será realizado em três domingos diferentes e vai reunir três atrações por dia de festival, todos artistas do Triângulo Mineiro.

As datas e atrações são:
23 de Maio – André Salomão, Berilo e Douglas Alessi
30 de Maio – Luiz Salgado, O Eremita e Uganga
06 de Junho – Trem das Gerais, Canábicos e Black Pantera
As transmissões acontecerão sempre a partir das 18h exclusivamente pelo canal do Vitrola no Youtube: http://youtube.com/vitrolaambientecultural

“A ideia do Pegando Fogo sempre foi juntar diferentes estilos, ao invés de fazer eventos para gêneros específicos. E a programação do Online Festival mostra bem isso. Tem um pouco de tudo: música regional, MPB, blues, pop rock, rock pesado, hip hop e reggae, todos juntos no palco do Vitrola para celebrar a música autoral do Triângulo Mineiro e levar conteúdo de qualidade para o público da casa e de todo país”, declarou Marco Paulo Henriques, sócio proprietário do Vitrola Ambiente Cultural e um dos organizadores do “Pegando Fogo Online Festival”.

Conheça um pouco de cada atração do “Pegando Fogo Online Festival”:

André Salomão
Cantor, compositor e arte-educador. André Salomão é idealizador do curso “Destrave seu Canto” e já lançou dois álbuns autorais, “Planos e Muros” e “Desaguar”, que reúnem toda a pluralidade de referências do músico dentro da MPB.
https://www.facebook.com/andresalomaooficial
https://www.instagram.com/andresalomao/

Berilo
Formada por Isa Pimenta, Cláudio Rocha e Paulo Machado, a Berilo se classifica como uma banda de New Rock de Minas Gerais que fala das emoções e do psique humano. O trio lançou no ano passado seu mais recente trabalho, o EP “Inner Space”, que inclui cinco faixas, entre elas “Silence”, que conta com a participação de Rappin’ Hood, e “Satellite” cujo videoclipe tem feito bastante sucesso no Youtube.
https://www.facebook.com/oficialberilo
https://www.instagram.com/oficialberilo


Douglas Alessi

Douglas Alessi é cantor, compositor, violonista e ficou conhecido em todo país após sua participação no The Voice Brasil da Rede Globo.
Inspirado por artistas como Bryan Adams, Bob Dylan, Neil Young, Johnny Cash e Freddie Mercury, Douglas conta com vários singles e cinco álbuns lançados nas plataformas digitais, dois autointitulados, além de “Despedida”, “Deixa Acontecer” e “Vem Cá”.
https://www.facebook.com/douglasalessi
https://www.instagram.com/douglasalessi


Luiz Salgado
Natural de Patos de Minas e hoje residindo em Araguari, Luiz Salgado é, como ele mesmo descreve, artista, cantadô, violeiro, violonista, compositor e artista educador. Convivendo diretamente com o Cerrado Mineiro, Luiz Salgado levanta bandeiras ecológicas por meio de um trabalho musical moderno, porém influenciado, principalmente, pelas festas populares como Folias de Reis e Congado. O músico possui quatro álbuns já lançados, “Dois Mares” (2013), “Caçador de Lua” (2014), “Sina de Cantadô” (2015) e “Quanto mais meus óio chora, mais o mar quebra na praia” (2016).
https://www.facebook.com/luizsalgadooficial
https://www.instagram.com/luizsalgadooficial


O Eremita
Beat’s Rimas & Derivados! Poesia, Música & Resistência! Vouglas “O Eremita” se define como “viciado em musicalidades alternativas”. Atua como Mc/Toaster e Dj, sempre transitando pelo submundo sonoro. O Eremita agrega em seus sons os valores da cultura hip hop original, a musicalidade do reggae e a busca pelo conhecimento. O músico possui três trabalhos lançados, os EPs “Caminhando além das Montanhas de concreto” e “Palavras em Movimento”, ambos lançados como artista solo, e o EP “Beats Rimas e Derivados Vol.1” lançado com o coletivo 3Dfato.
https://www.facebook.com/eremitaroots
https://www.instagram.com/eremitaroots


Uganga
O Uganga é um dos grupos mais expressivos e relevantes do rock pesado brasileiro. Acumula mais de 25 anos de carreira, lançou cinco álbuns de estúdio, um disco ao vivo gravado na Alemanha e um DVD. Já realizou shows por quase todas as regiões do Brasil, participou dos mais importantes festivais e fez duas turnês europeias que juntas somam 28 shows em 13 países. Seu mais recente trabalho, “Servus”, lançado em março de 2019, é, sem dúvidas, o mais bem-sucedido do grupo mineiro até aqui. Além de ter sido financiado por dois relevantes prêmios, entre eles um internacional (Wacken Foundation da Alemanha), “Servus” foi indicado entre os “Melhores Álbuns de 2019” por mais de 20 veículos especializados!
https://www.facebook.com/ugangaband
https://www.instagram.com/uganga


Trem das Gerais
Formada por uma família de músicos de Araguari, o grupo Trem da Gerais há 24 anos vem celebrando a música regional mineira por todo Brasil. Seu público considera-os como “um grupo defensor da cultura popular e do Cerrado Mineiro”, uma vez que suas canções exaltam temas como a cultura, preservação do Cerrado e as lutas cotidianas de seu povo. Na carreira possuem passagens por grandes festivais e dois álbuns lançados: “Cantos Gerais” e “Embornal de Cantoria”.
https://www.facebook.com/GrupoTremDasGerais


Canábicos
Entre as bandas do triângulo mineiro, o Canábicos é certamente uma das mais produtivas e criativas. O grupo foi formado em 2013 pelo guitarrista Murcego González e pelo vocalista Clandestino, e até aqui já lançou cinco discos: “La Bomba” (2013), “Reféns da Pátria” (2014), “Alienígenas” (2015), “Intenso” (2017) e “Canábicos V” (2020). Hard/Classic Rock dos bons com referências que vão de Beatles à Black Sabbath, ou de Rolling Stones à Led Zeppelin, cantados no bom e velho português.
https://www.facebook.com/oscanabicos
https://www.instagram.com/canabicos/


Black Pantera
Com nome inspirado no revolucionário Partido dos Panteras Negras norte-americano, o Black Pantera é uma banda brasileira de crossover formada em Uberaba/MG no ano de 2014. Composta desde o início por Charles Gama (guitarra/vocal), Chaene da Gama (baixo) e Rodrigo “Pancho” Augusto (bateria), todos negros, em suas letras a banda aborda temas como política, racismo e discriminação. Influenciados por Bad Brains, Rage Against the Machine, Tupac, Motörhead, James Brown, entre outros, já se apresentaram em festivais como o Afropunk e o Download Festival, além de terem aberto shows e tocado com bandas como System of a Down, Slayer, O Rappa e Sepultura. Possuem dois álbuns lançados: “Project Black Pantera” (2015) e “Agressão” (2019).
https://www.facebook.com/BlackPanteraoficial
https://www.instagram.com/blackpanteraoficial


O “Pegando Fogo Online Festival” é realizado com recursos da Lei Federal N 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc, Edital n.16/2020 da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais – SECULT.

Mais Informações:
https://www.facebook.com/vitrolaambientecultural
https://www.instagram.com/vitrolaambientecultural
http://youtube.com/vitrolaambientecultural

Som do Darma

A MS METAL RECORDS, gravadora do vocalista EDU FALASCHI, disponibilizou em seu canal oficial do YouTube, o último capítulo de uma Websérie de três episódios abordando uma nova perspectiva sobre o processo de composição, produção e lançamento de um dos álbuns mais aguardados do ano, “Vera Cruz”, primeiro trabalho solo do vocalista Edu Falaschi. O material audiovisual contou com a direção artística da KAHANKA PRODUÇÕES. O debut álbum da fase solo do artista será disponibilizado nacionalmente neste mês de maio, com lançamento prévio pelo Japão na próxima quarta-feira, dia 12.

“Vera Cruz” é o nome do primeiro álbum solo gravado com repertório inédito por Edu Falaschi, cantor e compositor paulistano projetado nos anos 2000 como vocalista da banda Angra, na qual permaneceu até 2012. O trabalho teve o início das gravações em novembro de 2020 no Rio de Janeiro e está sendo produzido por Edu Falaschi e Roberto Barros e coproduzido por Thiago Bianchi. O disco conta com a participação dos mesmos companheiros de banda de Falaschi que o acompanham desde o início da carreira solo: Aquiles Priester, Fábio Laguna, Raphael Dafras, Roberto Barros e Diogo Mafra.

Ícone da música brasileira, Elba Ramalho, foi confirmada como a primeira convidada especial do álbum “Vera Cruz” e irá realizar um dueto mais do que especial com Edu Falaschi no novo disco. Reforçando a lista dos convidados chega o lendário Max Cavalera (Soulfly / Cavalera Conspiracy / Killer Be Killed / Go Ahead and Die) que apresentou aos fãs o nome da primeiro titulo do Vera Cruz, a faixa que ele participa chamada “Face of the Storm”. Ambientado entre Brasil e Portugal nos tempos do descobrimento da ilha de Vera Cruz pelos colonizadores lusitanos, o romance é o mote da criação do repertório autoral composto por Falaschi, o conceito das letras foi criado por Edu Falaschi e desenvolvido por Fabio Caldeira. As orquestrações do álbum foram inicialmente idealizadas por Edu Falaschi e produzidas, criadas e finalizadas por Pablo Greg. O álbum “Vera Cruz” será mixado e masterizado na Europa pelo lendário produtor Dennis Ward (Angra, Helloween, Pink Cream 69, Unisonic). “Poder estar com o Dennis novamente é extremamente emocionante, estar com ele de novo me traz muitas lindas recordações e ele sabe exatamente o que eu gosto em termos de sonoridade, sem contar que ele tem um bom gosto absurdo para mixagens”, afirma Edu sobre trabalhar com o Dennis Ward.

Adquira AGORA o Digibook avulso de capa dura, CD e DVD, livreto com o resumo da estória e letras. Cópias autografadas e com dedicatória personalizada do artista. Link: https://edu-falaschi.lojaintegrada.com.br/digibook-veracruz

Links relacionados:

MS Metal Agency

ZENITZSCHE: disponibilizada arte da capa do vindouro EP

Publicado: 12/05/2021 por Pedro Mello em News
Tags:,

A ZENITZSCHE disponibilizou a arte da capa do seu vindouro EP, “Ghost Of The Past”, em que o conceito foi idealizado pelo baterista @andreydrakesilveira e a ilustração a cargo do renomado designer Rômulo Dias (@rdd.artwork). O lançamento do novo trabalho precisou ser adiado devido ao cenário da pandemia mas segue com previsão para o corrente ano.

Em paralelo, A ZENITZSCHE divulgou que lançará lyric vídeo de “Green”, mais uma música do vindouro EP, em meados do mês de junho.

Para mais informações sobre as atividades da banda ZENITZSCHE e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Links relacionados:

https://www.instagram.com/zenitzsche_prog/

MS Metal Agency

SINDROME K: banda é destaque no canal Under Martyrs

Publicado: 12/05/2021 por Pedro Mello em News
Tags:,

A SINDROME K foi destaque em vídeo do YouTube do canal Under Martyrs intitulado “Dez bandas que você precisa conhecer”. A banda recebeu muitos elogios, tais como: “A banda faz ‘O thrash metal’…Os caras são muito bons, são um power trio e cantam em português (…) é um thrash metal oitentista com inserções modernas.”

Em paralelo, a banda lançou recentemente o seu debut álbum, “Aqui Se Paga”. O álbum, composto e gravado em 2020, contém 12 faixas que passeiam entre o Thrash Metal mais tradicional e o moderno. A concepção gráfica do material foi elaborada pelo designer Rômulo Dias (@rdd.artwork). 

Para mais informações sobre as atividades da banda SINDROME K e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Links relacionados:

MS Metal Agency

Já está com data de lançamento confirmada pelos paulistas do CHROMESKULL o novo single, intitulado “You Burn In Hell”, que apresentará de forma oficial a nova sonoridade da banda aos seus fãs e seguidores.

Em suas redes sociais, o grupo anunciou que no próximo dia 20/05/2021, o trabalho integrará todas as principais plataformas digitais do mundo, além de divulgar a belíssima capa, desenvolvida pelo guitarrista e designer Vinnie Aguiar.

Para ouvir este e todos os futuros lançamentos do CHROMESKULL em primeira mão, siga-os em seu serviço de streaming mais utilizado acessando o link a seguir: https://li.sten.to/Chromeskull

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:
https://facebook.com/ChromeskullSpeedMetal/
https://www.instagram.com/_chromeskull_/
https://www.youtube.com/channel/UCy49QeJxPU7xbQGe9PtEZWw
https://sanguefrioproducoes.com/bandas/CHROMESKULL/86

Fonte: Sangue Frio Produções

Com o lançamento do EP “Speculorum” agendado para o dia 01/06, os cariocas do CARMINIUM divulgam mais uma prévia do material, com o lyric vídeo e single de “Social Phobia”. Assim como “Lady Coldness (Black Aura)”, divulgada anteriormente, a música é um dos destaques do EP, que contará ainda com as faixas “Blind Machine”, “Train of Souls” e “Taxi Driver”. O lyric vídeo contou com a direção de arte de Débora Navega, enquanto a produção musical do single ficou a cargo do Meu Quartinho Studios, onde todo o EP foi produzido.

Assista ao lyric vídeo de “Social Phobia”

Confira “Social Phobia” no Spotify:

Caudo Feitosa (vocal/teclado), Lucas Duarte (guitarra), Matheus Campos (baixo) e Thiago Barra (bateria) buscaram em “Speculorum” uma maneira de trazer à tona um problema que afeta milhares de pessoas: depressão. Com letras inspiradas a partir das visões sobre a interação do ser humano com o mundo ao seu redor, a banda busca entender as razões de tantos problemas psicológicos que atormentam a sociedade nos dias de hoje. Além disso, a cor vermelha, origem do nome da banda, representa a intensidade que os quatro querem levar para as apresentações. Segundo os integrantes, “É essa intensidade, essa observação e esses extremos sociais que nos aproximam e nos conectam com o nosso público. São eles que moldam a nossa vida, nossas subidas e descidas e, claro, as nossas letras. Sabemos que a vida pode nos dar muitas descidas, mas nós não contamos com a sorte e queremos que você faça o mesmo”. Atualmente o CARMINIUM conta com o baterista Caio Ferreira no lugar de Thiago Barra.

Créditos da foto: Igor do Vale

Contatos:

Site oficial: https://carminium.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/BandaCarminium  

Instagram: https://www.instagram.com/bandacarminium

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press

O selo WarCore Records, capitaneados pelos integrantes do HOLOCAUSTO WAR METAL, está divulgando uma promoção de seus últimos lançamentos, com todos os itens com frete incluso. Somente a coletânea “Reborn To Eternity” (com Sextrash, BHell, Obsessed e Holocausto WM) não está em promoção. Seu valor é R$30,00 + frete. Os itens da promoção são: “Batismo de Fogo” (Holocausto War Metal), o split “Rawwar” projeto com integrantes do Holocausto WM, Goatpenis e Wolflust, a coletânea “Reborn To Eternity – Extremo BH Old School” com BHell, Holocausto WM, Obsessed e Sextrash, o split “Exterminio”/”Back from the South of Hell” com Holocausto WM e Obsessed,  o split “Nationunderground” com Lou Cyfer e BHell e o split “War Against All” com Holocausto WM e Belial Throne. Para encomendar quaisquer itens, basta entrar em contato com Valério Exterminator pelo Whatsapp 31999428882, com a promoção valendo até o dia 15/05.

Valores da promoção:

2 CDs = R$ 60,00

3 CDs = R$ 75,00

4 CDs = R$ 85,00

5 CDs = R$ 95,00

Para conhecer os CDs acesse:

https://bit.ly/YTExterminator

O álbum “Batismo de Fogo”, do HOLOCAUSTO WAR METAL, dá seguimento aos mais de 30 anos de história do guitarrista Valério Exterminator com a criação War Metal do Holocausto. Hoje, com Manfredo War Tank (bateria e vocal), Rafão The Trigger (baixo e vocal), o HOLOCAUSTO WAR METAL dá continuidade a esta história, vide os inúmeros lançamentos do último ano.

A coletânea “Reborn To Eternity” é uma homenagem à clássica coletânea “Warfare Noise”, da Cogumelo Records, e contou com o talento e experiência do designer gráfico Fernando Lima, vocalista da também mineira Drowned. O BHell participa da coletânea com as músicas “Christians Predators” e “Theory of Divine Chaos”, o Holocausto WM com “Grind Enemy Furiously” e “Kristallnacht”, o Obsessed com “Back From the South of Hell” e “Cries of Pain” e o Sextrash com “Buried Alive” e “Red Light”. Segundo Valério Exterminator, “Não se trata apenas de reviver o passado, mas também de anunciar no presente, que enquanto nós unirmos em torno de um ideal, o futuro nos será sempre favorável”.

Confira o vídeo clipe de “Guerra”:

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/exterminator.wargeneral

Youtube: https://bit.ly/YTExterminator

E-mail: vallexterminator@gmail.com

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press