Arsantiqva: “Scavengers” – Black Metal from US

Publicado: 05/07/2019 por Pedro Mello em News
Tags:,

logo (4)

Arsantiqva is an extreme metal act hailing from Brooklyn, NY. Their musical style emerged from a combination of traditional black metal and the groove elements of rock n roll. As the band progressed, symphonic elements were also incorporated into their music. Arsantiqva’s lyrical theme and imagery are driven by a post-apocalyptic concept, and dystopian philosophy. The name, Arsantiqva (Ars-Antiqva – Ancient Art), refers to the music from Europe of the late Middle Ages, further signified by the band’s key members’ home countries; France and Russia. The band’s doctrine carries a metaphorical expression of a destroyed civilization taken to its primitive state of existence.

Line-up:
Conqueror – Vocals 

Diktator – Guitars, Keys 
Haeor – Bass 
Ajax7 – Drums 

Choir members 
Taïs Szilagi – Mezzo/Soprano 
Jorge Quezada – Tenor 
Jeffrey Perez – Baritone 
Eliam Ramos – Bass-baritone

Against PR

Drontheim: “Down Below”

Publicado: 05/07/2019 por Pedro Mello em News, Uncategorized
Tags:,

logo (5).jpg

Born from an idea by guitarist -viNd- during a hiatus in his other bands Manes and Atrox, he recruited a group of comrades that he knew had the live and studio experience he needed to get this group off its feet, and thus Drontheim was established.

Drontheim plays music on the edge of post-rock and alternative metal, infused with large amounts of atmospheric and cinematic passages, with the sound being sometimes distorted and strict and other times dark and emotional. The members of Drontheim are or have been involved with bands such as Manes, Atrox, Khonsu, Bloodthorn and more.

Conceptually, Drontheim is rooted in an alternative reality of World War II, and the many “what if’s” in relation to the outcome of the war. The band is strictly non-political with no collective agenda on any level except the artistic one, but the inspiration grew from a strong interest in WWII in general, and more specifically the German vision for Neu Drontheim – New Trondheim – as the new capital for the Germanized Scandinavia. Lyrically it can be considered part documental and part fiction, but as a whole it is focused on the dark and dystopian union of audible, lyrical and visual expressions that enables the artistic atmosphere Drontheim seek to provide.

“Down Below” is their debut album, but they have released a handful of digital singles and music videos earlier. They have been an active live band, and have a tour lined up for early 2019 in support of the album.

For fans of Rammstein, The Prodigy, Seigmen, Zeromancer, Ljungblut, NIN, My Dying Bride, Ulver, Red Harvest, DHG, Faith No More, Peeping Tom, Anathema, Katatonia, Kent, Ved Buens Ende, 3rd & the Mortal, The Soundbyte, Calmcorder, KkoagulaA, Manes, Atrox.

Line-up:
-viNd- : guitars, computers, synth, lyrics
Snorre Hovdal : bass, backing vocals, lyrics, synth
Rune Folgerø : vocals, lyrics
Tom Christian Engelsøy: vocals, lyrics
Geir Knarbakk : drums
Torstein Parelius : lyrics, guitars

Country: Norway
Genre: Industrial Rock / Alternative Metal / Experimental / Avant-garde

Links:

Against PR

Capa (1).jpg

Alcançar 20 anos de carreira é uma marca para poucos artistas no Brasil, ainda mais quando sua vertente é mesclar Blues, Rock e elementos clássicos dos anos 60 e70. Além desses dados, some a isso tudo, seis álbuns lançados oficialmente e apresentações em vários locais do país.

Um grupo que ostenta essa belíssima história e é, uma das pedras fundamentais dos estilos mencionados acima, é o Tublues, que ao completar seus 20 anos de história, apresentou ao público o álbum “Vinte”.

Com 12 faixas cantadas em português, o power-trio, apresenta uma obra bem elaborada, criativa, crítica e com uma excelente produção. O material foi lançado em versão física e digital, interessados em adquirir uma cópia, o registro está sendo vendido por R$25,00 mais frete, através das redes sociais do Tublues. Caso seja usuário de plataformas digitais, basta dar uma busca que facilmente irá encontrar o disco “Vinte” para audição completa.

Confira pelo Spotify:
https://open.spotify.com/album/0AY4dNgd9gjzYILkfI6VGq?si=DrZg3xSTTluZK9sS_zRqWQ

Muitas novidades estão sendo preparadas para os fãs, a primeira delas é confirmar que a partir de agora, o Tublues é assessorado pela Roadie Metal, que com essa parceria, irá criar e fomentar toda a comunicação do grupo com imprensa, público e fãs dessa genial banda de Blues/Rock do Brasil.

Formação:
Cezar Heavy – Baixo/Vocal
Alexandre Freitas: Guitarra
Adriano Neto – Bateria

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/TubluesROCK/
YouTube: http://www.youtube.com/user/Tublues
Site Oficial: http://cezarheavy.blogspot.com.br

Roadie Metal

Pilot Wolf - The Red Baron - Single.jpg

Formada em 2016 na cidade de Vitória da Conquista/BA, a banda PILOT WOLF conta atualmente com Breno Fernandes (vocal), Weslley de Brito Porto (guitarra), Joabe Rios (guitarra), Gleidson Ribeiro (baixo) e Fábio Loureiro (bateria). A sonoridade do grupo é composta por elementos do Heavy Metal tradicional com riffs e solos de guitarra cortantes, refrões marcantes, baixo consistente e levadas de bumbo duplo. Para o baterista Fábio Loureiro, algumas influências foram essenciais para criar a sonoridade pesada e agressiva da banda: “Accept e Grave Digger podem ser apontadas como influências imediatas, mas o som, o peso, vem muito do Thrash, de um modo geral. É como se misturássemos a estrutura do Heavy Metal tradicional alemão com a sonoridade do Sodom, Destruction e Slayer.”.

A parte lírica foca em temas como política, personagens históricos e máquinas de guerra como tanques e aviões. No Heavy Metal é comum encontrarmos referências à história mundial em diversos álbuns e músicas. Dentro desta proposta o PILOT WOLF se aproxima bastante do Sabaton no que se refere à temática. Fábio explica essa conexão: “O Heavy Metal, de um modo geral, é interessante do ponto de vista comportamental. Nesse campo específico, retratando fatos históricos, o estilo talvez se apresente na sua forma mais didática, principalmente para os mais jovens. Acho importante que o Heavy Metal possa despertar o interesse na busca pelo conhecimento científico, social e político.”.

A banda trabalha atualmente na produção do seu álbum de estreia, que apresentará dez faixas e prepara o lançamento do single “The Red Baron”para o dia 04 de julho, quinta-feira. Fábio Loureiro explicou o método de composição das músicas do álbum: “a maior parte das músicas do álbum já existia quando eu formei o grupo. Então, o processo foi bem centralizado, compus as músicas, melodias vocais e depois as letras. Tudo sai de um violão surrado. Escrevo as tablaturas e partituras e envio para os outros membros. Na execução, eles acabam lapidando bastante a parte das cordas e linhas vocais.”.

 Em relação à temática do debut, a ideia não é contar uma história isolada, “mas podemos dizer que a guerra, em sentido amplo, dá o direcionamento da maior parte das letras. O intuito era retratar não apenas fatos históricos, personagens ou armas e veículos, mas sim promover a exposição crítica de como a guerra sempre foi inerente ao homem, seja de forma isolada, culturalmente ou em grandes conflitos”, esclarece Fábio.

 “The Red Baron” fala sobre o piloto de caça alemão que é considerado o “ás dos ases” da aviação e um dos grandes personagens da Primeira Guerra Mundial. Considerando a proposta da banda em resgatar temas históricos, criar uma música sobre Manfred von Richthofen não foi muito difícil: “Na fase de composição eu assisti a diversos documentários e em um deles, sobre a I Guerra, foi citado o Barão Vermelho. Aquilo me chamou a atenção. A música já estava pronta e vi que poderia retratar o personagem na letra. A partir de então passei a uma pesquisa mais direcionada. Apesar da faixa ter sido uma das primeiras composições, sua letra foi uma das últimas a ser feita.”

 A capa do single foi criada pelo artista gráfico Matheus Silva (www.facebook.com/matheusilvailustra), também responsável pela capa do vindouro debut.

 Acompanhe o lançamento do single “The Red Baron”:

https://www.facebook.com/events/1229782143857263/

 Contatos:

Facebook: www.facebook.com/pilotwolfofficial

Instagram: www.instagra.com/pilotwolfofficial

Youtube: www.youtube.com.br/pilotwolfofficial

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press

ORTHOSTAT_Lo_Res2.jpg

O novo álbum dos catarinenses do ORTHOSTAT segue ganhando positivo destaque na imprensa especializada mundial.

Após uma ótima resenha publicada pelo site canadense The Headbanging Moose, foi a vez do programa de web rádio dar destaque ao atual trabalho da banda, que foi executado NA ÍNTEGRA, ouça agora: https://www.mixcloud.com/theheadbangingmooseshow/the-headbanging-moose-show-s03e24-orthostat-monolith-of-time/

Leia a resenha completa EM INGLÊS aqui: https://theheadbangingmoose.wordpress.com/2019/04/30/album-review-orthostat-monolith-of-time-2019/

Encontre “Monolith Of Time” nas principais plataformas digitais:

Spotify: https://open.spotify.com/album/6aUvHqS0brqUaLVt42WRuJ
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/84777342
iTunes: https://itunes.apple.com/br/album/monolith-of-time/1450238435
Napster: https://us.napster.com/artist/orthostat
Claro música: https://www.claromusica.com/album/6834010
Amazon Music: https://music.amazon.com/albums/B07MZM8F16/B07MZMJPY5

Para adquirir no formato físico diretamente com a banda escreva para davidlago@live.com pelo Facebook em www.facebook.com/OrthostatDM.

Contato para shows: davidlago@live.com

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:
https://www.facebook.com/OrthostatDM
https://www.youtube.com/channel/UCcmUFU2I1rpPOZf5BRyL9rQ
https://orthostat.bandcamp.com/
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/ORTHOSTAT/65

Fonte: Sangue Frio Produções

66131474_655634331571731_4226818208100777984_n.png

Sensação do hard rock/glam metal da Finlândia, o Santa Cruz logo extrapolou as fronteiras escandinavas e ganhou fama ao redor do mundo já com o disco de estreia, Screaming for Adrenaline (2013). Atualmente, com nova formação, experiência de ser atração principal de festivais europeus, dois singles recém-lançados e uma sonoridade pesada que resgata elementos tradicionais do gênero, a banda enfim estreia no Brasil numa mini-tour de três shows, com São Paulo na rota, dia 10 de agosto. O show, no Manifesto Bar, terá a abertura da local Inluzt. A produção é da Onstage Agência.

O Santa Cruz está tão em alta no hard rock que é já tem no currículo feitos como gravar músicas para comerciais de carros (Mercedes-Benz) e para canais esportivos (ESPN). Na sua terra natal, é mencionada na imprensa como precursora de uma nova geração glam na Finlândia. De fato, o quarteto leva a proposta a um nível de extremo bom gosto e profissional.

A banda está no radar de fãs de Reckless Love, Crashdiet e Hardcore Superstar, mas que também é, hoje, idolatrada por fanáticos de Guns n’ Roses, Skid Row e Hanoi Rocks.

O vocalista/guitarrista Archie Cruz, remanescente no Santa Cruz, desembarca na capital paulista com os novos integrantes Pavel Cruz (guitarra solo), Toxy Cruz (baterista) e Ero Cruz (baixista), o mesmo agrupamento que gravou o grudento single “Tell Me Why”, que funciona como prévia do novo disco, Katharsis. A música é a síntese da vitoriosa trajetória da banda: com atitude, de riffs fortes e melodiosos, mais fraseados com ganchos cativantes, além do refrão altamente viciante, para se cantar junto, os chamados gang vocals.

Formado em 2007 na capital finlandesa Helsinque, o Santa Cruz tem uma discografia de três álbuns: o debut Screaming for Adrenaline (2013), o homônimo (2015) e o poderoso Bad Blood Rising (2017), disco este que cravou a banda de vez no alto escalão do hard rock/glam/sleeze mundial.

SERVIÇO


Santa Cruz (Finlândia) pela 1ª vez em São Paulo

Evento: https://www.facebook.com/events/1201140746754345/
Data: 10 de agosto de 2019 (sábado)
Horário: a partir das 18 horas (abertura da casa)
Local: Manifesto Bar (rua Iguatemi, 39 – Itaim Bibi, SP/SP)
Classificação etária: 18 anos (Menores de 18 anos apenas acompanhados por responsável legal)
Venda online: http://bit.ly/SantaCruzSP

1º Lote – R$ 100,00 Reais (Ingresso promocional com 1kg de alimento não perecível)
2º Lote – R$ 110,00 Reais (Ingresso promocional com 1kg de alimento não perecível)

1º Lote – R$ 200 Reais (Ingresso Inteira)
2º Lote – R$ 220 Reais (Ingresso Inteira)

*Os ingressos são limitados
[INGRESSO MEIA-ENTRADA – QUEM TEM DIREITO?]
Válido para estudantes, doadores de sangue, acompanhantes de cadeirantes, funcionários da rede pública, maiores de 60 anos.
[INGRESSO PROMOCIONAL – QUEM TEM DIREITO?]
Qualquer pessoa mediante a doação de 1kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

Informações sobre credenciamento: o processo de credenciamento será com a assessoria da Onstage Agência, que enviará formulário para pedido a 15 dias antes do evento. Dúvidas: erick.tedesco@gmail.com

On Stage – Erick Tedesco

Sem título-1.jpg

Sujo, pesado e agressivo, assim foi a primeira gravação feita pela banda Leprosy no ano de 1989. Quando ainda garotos, os músicos da banda entraram em estúdio e utilizando os poucos recursos que existiam naquela época, gravaram uma demo com quatro faixas.

Após 30 anos dessa gravação, o grupo goiano que mescla Thrash e Death Metal em suas linhas harmônicas, resolveram disponibilizar as gravações originais para os fãs em todas as plataformas digitais.

Importante deixar avisado que o material não possuí qualquer tipo de produção, mas sim, a essência da banda em seu início de carreira. O material distribuído é o original captado em 1989 sem qualquer alteração ou edição. Com isso, você que viveu aquela época, ou se for uma geração mais nova, vai pode escutar que mesmo 30 anos atrás e sem acesso a grandes tecnologias, a banda Leprosy já possuía uma pegada forte e marcante.

Escute em todas as plataformas “Killer Sickness” gravado originalmente em 1989. Abaixo deixamos o link do Spotify:

https://open.spotify.com/album/6MDB2dHVXbwb5SLEjt9axc?si=DBDoj4UPRv6P06bETUpwbA

Formação:

Allan Paulino – Vocal
Rinaldo Macedo – Guitarra
Remus Silva – Baixo
Lord Biula – Bateria

Mais Informações:
Facebook: https://www.facebook.com/Leprosy-2893746080665620/
Instagram: https://www.instagram.com/leprosy_br/

Roadie Metal