A INÓRBITO confirmou que já estão disponíveis em seu canal oficial do YouTube os dois primeiros episódios da série “Música por Música”, onde a banda discorre sobre o processo criativo de cada faixa do álbum recém lançado, “Idade Mídia”, e como cada uma delas se encaixa no conceito do full length.

Em paralelo, o grupo confirmou que iniciou os ensaios para o seu show de estreia, onde tocarão na íntegra as faixas do referido material e algumas músicas de bandas que serviram como inspiração para a identidade musical do projeto.

Para mais informações sobre as atividades da banda INORBITO e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Links relacionados:

https://www.instagram.com/inorbitoficial/

MS Metal Press

Estonian industrial metal veterans Pedigree released the last single “Defenestrated Child” from the new studio album “Funeral Child”, which will see the light of day on 20th November.

Pedigree from Estonia is playing alternative industrial metal with heavy post-metal/sludge/doom and electronic elements. Established since 1993, Pedigree has released 12 studio and remix albums, singles and many videos and has toured and shared stages with bands like Metallica, Massive Attack, Godflesh, Fear Factory, Cult of Luna, Dälek, Ufomammut, Filter, AmenRa, Scorn, Napalm Death, Crowbar and many more. Their album “Satanic Disappointment” was awarded at EMA (Estonian Music Awards) as Best Metal Album 2012 and “Standard Sundown” as Best Metal Album 2017.

“We thought it was time to remind everyone that a full-length album is coming soon. The selection of the song was quite spontaneous, we decided to release a song that is one of the newest for us,” says the band’s leader Holden Laamann.

Pedigree’s new album “Funeral Child” will be released on November 20 on all digital channels. Presentation shows are currently scheduled for the first half of December.

Damn Loud Agency

SACRIFIX: divulga sua formação oficial!

Publicado: 27/10/2020 por Pedro Mello em News
Tags:,

A nova banda de Thrash Metal paulistana SACRIFIX, fundada esse ano por Frank Gasparotto (ex-Anthares, ex-Goatlove, ex-Infamous Glory, atual Spiritual Hate e Masmorra) divulgou hoje sua formação oficial definitiva com:

Frank Gasparotto – Vocal/Guitarra
F. Blackmortem – Guitarra (Spiritual Hate, Ode Mortvm, ex-Justabeli)
Kexo – Baixo (Infamous Glory, Death By Starvation)
Gustavo Piza – Bateria (Infamous Glory)

O SACRIFIX encontra-se atualmente no North Greenhouse Studios, em São Paulo/SP, gravando todos os vocais e instrumentos para o álbum de estreia, cujo título provisório é “World Decay 19”,e tem data prevista de lançamento para dezembro desse ano (2020).

Este trabalho será produzido por Frank Gasparotto e terá mixagem a cargo do experiente produtor Marco Nunes (Chaosfear, ex-Goatlove), que já produziu bandas como Genocídio, Goatlove, Chaosfear, Masmorra, entre outros. Serão sete faixas do mais puro, visceral, cru e old school Thrash Metal repleto de influências de grandes nomes como Sodom, Slayer, Testament, Exodus, Megadeth e Kreator, e com letras em inglês que abordam temas característicos do estilo, como por exemplo guerra, ocultismo, críticas sociais, questões existenciais e violência.

O SACRIFIX não tem a intenção de ser apenas “mais uma” banda no meio de milhares de outras de Thrash Metal em nosso país, mas sim mostrar como fazê-lo da forma mais intensa, honesta, vigorosa e violenta possível, respeitando os primórdios de sua criação, sem frescuras e estrelismos.

“Em meio ao cenário caótico de pandemia em que vivemos, nada melhor do que tocar um Thrash Metal com sangue nos olhos. E ter todos esses grandes músicos e amigos juntos comigo nessa nova empreitada é revigorante”, comentou Frank Gasparotto.

Confira o teaser da faixa “Let Him Die” em:

Confira o teaser de “World Decay 19” em:

Formação:

Frank Gasparotto – Vocal/Guitarra
F. Blackmortem – Guitarra
Kexo – Baixo
Gustavo Piza – Bateria

Mídias sociais:

Instagram:www.instagram.com/sacrifix_official
Facebook:www.facebook.com/sacrifix_official
YouTube:www.youtube.com/channel/UC5W2er0ttoIDf4K-V0k30DA

JZ PRESS

A banda paranaense HELL GUN confirmou presença nos festivais online Brado Noise Fest e Caio Indica Fest, dando sequência na divulgação de seu debut, “Kings of Beyond”. O Brado Noise Fest, organizado pelo selo Brado Distro será realizado no dia 14 de novembro, às 20h, com transmissão realizada pelo coletivo Barulho Sem Nome. Já o Caio Indica Fest II terá exibição em três dias de festival, em 18, 19 e 20 de dezembro. O vocalista Matheus Luciano comenta o convite de ambos os festivais: “Ficamos realmente felizes com os convites, e é através dos festivais online que temos conseguido divulgar o lançamento do debut. Uma coisa interessante destas ações virtuais é notar o quanto as bandas estão não apenas se movimentando, mas também apreendendo novas tecnologias e desta forma, quando a pandemia passar, sairemos com novos conhecimentos e parcerias”.

Confirma presença no Brado Noise Fest:

https://www.facebook.com/events/1906972212773239/

“Kings of Beyond” foi lançado em agosto e desde então tem rendido uma série de resenhas e entrevistas para o grupo. Em resenha publicada no blog Arte Metal (https://blogartemetal.blogspot.com/2020/10/hell-gun-kings-of-beyond.html), destaca-se: “A banda aposta numa sonoridade enraizada nos anos oitenta, mas sabiamente consegue dar uma roupagem que fazem com que as composições não soem datadas e se tornem atemporais. Isso aumenta o peso e a já mencionada agressividade. Riffs cortantes bem elaborados, com uma cozinha cheia de pegada e vocais bem versáteis dão a tônica do disco”.

Já o site Acesso Music (https://acessomusic.com.br/2020/10/24/hell-gun-o-primeiro-passo-de-uma-jornada-promissora) além de uma resenha completa, concedeu espaço para uma entrevista com o grupo. Na resenha, o redator Clóvis Roman destacou: “A audição é um deleite, por apostarem em uma pegada mais cadenciada, e remeterem imediatamente aos anos 1980. Bem-vindas referências a nomes como Overkill, Savatage ou Metal Church se fazem presentes, entretanto, sem fazer o som do quinteto curitibano soar como um mero pastiche oitentista”. E no excelente bate-papo com o vocalista Matheus Luciano, os reflexos da pandemia foram abordados. Questionado sobre a não possibilidade de fazer shows, o vocalista respondeu: “A quarentena tem sido cruel, não conseguimos ensaiar, mal estamos nos vendo e a saudade dos palcos só aumenta. É complicado lançar um disco nesse momento, pois não temos como fazer shows. Estamos fazendo o possível com a internet, plataformas de streaming e festivais online e de certa forma o álbum tem atingido um número bacana de views e ótimas resenhas. Obviamente gostaríamos de estar divulgando o trabalho nos palcos, mas o apoio dos fãs tem sido muito positivo e muita gente tem nos procurado para adquirir merchandising e o disco, o que é ótimo”.

Matheus, ao lado de Lucas Licheski e Jean Fallas (guitarras), Marllon Woicizack (baixo) e Sidnei Dubiella (bateria) também tem investido na confecção de merchandising, com belíssimas linhas de camisetas e moletons, em parceria com a Villin Store. Para adquirir o merchandising (CDs, camisetas) direto com a banda basta enviar uma mensagem através da página do Facebook, e para adquirir o CD basta acessar o site da Classic Metal Records: https://www.classicmetal.com.br/hell-gun/kings-of-beyond-pre-venda/

Assista ao video clipe de “Revolution Blade”:

Ouça o álbum no Spotify:

Contatos:

Facebook: www.facebook.com/bandaHellGun

Instagram: www.instagram.com/hellgun_official

Gravadora: www.classicmetal.com.br

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press

Astrakhan: Banda sueca lança registro ao vivo

Publicado: 27/10/2020 por Pedro Mello em Uncategorized

O clássico musical “Jesus Christ Superstar” é uma história de amor, paixão e morte e poucas são as bandas que conseguem transpassar tais elementos para as músicas quando a executam. Um dos raros casos que conseguiram tal feito são os suecos do Astrakhan.

Com a turnê realizada pela Escandinávia em 2018, o grupo fez com que faixas selecionadas da trilha sonora do musical soassem ainda mais “cinemáticas”, cheias de vida e realçando a experiência dramática da história. Tudo isso unido ao seu já conhecido Prog Rock/Metal.

Era esperado um registro dessa série de shows e aconteceu que que show realizado no Spira Concert Hall na cidade de Jönköping (Suécia) foi gravado e está sendo lançado hoje com o nome de ”Astrakhan’s Superstar Experience” em formato limitado em CD, além de streaming e download legal pelo selo Melodic Passion Records tendo a distribuição por conta da Sound Pollution.

A banda informa ainda que a cada sexta feira será lançada um vídeo curto sobre o álbum, começando neste dia 23/10 com a faixa “Heaven On Their Minds” e a participação especial de Mats Léven, que pode ser conferido logo abaixo:

https://www.facebook.com/Astrakhan.band/videos/353407962384700

Track list “Astrakhan’s Superstar Experience – Live”

01 – Heaven On Their Minds
02 – Whats The Buzz/Strange Thing, Mystifying
03 – Everything’s Alright
04 – Simon Zealotes
05 – Poor Jerusalem
06 – Pilates Dream
07 – The Temple
08 – I Don’t Know How To Love Him
09 – Damned For All Time/Blood Money
10 – The Last Supper
11 – Gethsemane(I Only Want To Say)
12 – Judas Death
13 – Trial Before Pilates including drum solo)
14 – Superstar

O vocalista Alexander Lycke, dito por muitos como uma das melhores vozes da Suécia, interpreta Jesus Cristo e o guitarrista Johan Hallgreen (Pain Of Salvation) faz as vozes do apóstolo Pedro e de Pilatos. A formação oficial da banda é completada pelo baixista e backing vocal Per Schelander (ex House Of Shakira e Royal Hunt), Jörgen Schelander (Moog, Mellotron e Piano) e Martin Larsson na bateria. A Astrakhan contou ainda com a participação de Mats Léven (Denner’s Inferno, Candlemass, Therion entre outros) no papel de Judas Iscariotes. Karolina Karner (backing vocal e percussão) e Teresa Perreli (backing vocal) dividirão o papel de Maria.

Live Medley Video:


Astrakhan é:

Alexander Lycke – Vocal
Johan Hallgren – Guitarra
Per Schelander – Baixo e backing vocal
Jörgen Schelander – Moog, Mellotron, Piano
Martin Larsson – Bateria


Ouça Astrakhan nas plataformas digitais:

Spotify: https://spoti.fi/3iwxvXb
Deezer: https://bit.ly/3jouIAd
Apple Music: https://apple.co/3inIWAm
Youtube: https://bit.ly/3cRSMt9
Tidal: https://bit.ly/33l0rga


Foto por: Theres Stephansdotter/Björk


Contatos:

Facebook: facebook.com/Astrakhan.band
Instagram: instagram.com/astrakhan-official


Lex Metalis Assessoria

Não restam dúvidas ao ser afirmar que a banda goiana Sunroad é um dos nomes mais relevantes da cena Hard Rock/AOR de toda a América do Sul. Afinal, são mais de 20 anos de carreira, oito discos lançados, shows por várias regiões do Brasil e outros países da América do Sul, alguns, inclusive, ao lado de grandes nomes do rock mundial de todos os tempos como Joe Lynn Turner, Doogie White, Petra, Stryper, L.A. Guns, Whitecross, Narnia, etc.

Banda estradeira, o Sunroad estava dando sequência a turnê de divulgação de seu mais recente disco, “Heatstrokes”, indicado ao Prêmio Dynamite de Música Independente como um dos “Melhores Álbuns de Rock de 2019”, quando precisou cancelar várias datas por conta da pandemia do novo coronavírus, inclusive uma turnê que faria por várias regiões do Brasil ao lado do ex-vocalista do Yngwie Malmsteen, Mark Boals.

De forma a manter-se ativa durante o período da pandemia, a banda decidiu voltar aos estúdios e iniciar o processo criativo de seu novo e próximo disco, que vem agora ser anunciado: “Walking The Hemispheres”. Previsto para ser lançado no primeiro semestre de 2021, “Walking The Hemispheres” vai reunir 11 faixas: “Walking The Hemispheres”, “Living In A Dream (Red Sign Mirror)”, “The Tides Patterns”, “Silence Erupting Inside”, “Written In The Mist”, “The Mess And Its Key”, “Halo Of Hearts”, “Detached Picture Of Venus”, “Victim Of Nowhere”, “Shoot The Clock” e o cover do UFO, “Try Me”.

Uma grande novidade é que “Walking The Hemispheres” está sendo composto em parceria com o grande vocalista e multi-instrumentista francês Steph Honde, mais conhecido pelo seu super projeto de hard rock Hollywood Monsters que reúne músicos lendários como Don Airey e Vinny Appice, entre outros.

De acordo com o baterista Fred Mika, a parceria e amizade com Honde foi crescendo e evoluindo ao longo dos anos.

“Já conhecia o Steph Honde há uns cinco anos através do saudoso Milton Arthur, que me incentivou abrir meu próprio selo, MusiK Records, no final de 2016. E um dos primeiros lançamentos do selo foi justamente um álbum do Steph. Anos depois, em 2019, eu fui convidado para regravar uma das faixas para o terceiro álbum de seu projeto fixo, Hollywood Monsters, que tinha vários músicos famosos da cena mundial, o que foi uma honra. Além do mais, ele gostou das artes que vinha desenvolvendo para o Sunroad e acabei por fazer a capa daquele disco, “Thriving On Chaos”. Depois disso, em várias conversas informais que tivemos, eu lhe disse que já estava trabalhando nas composições do próximo disco do Sunroad, uma vez que estávamos inativos para shows por conta da pandemia, foi quando o Steph logo perguntou se poderia participar. E, nesse processo, começamos a trocar ideias e o Steph acabou participando ativamente das composições como coautor em nove das 11 faixas.”

Ainda de acordo com Fred, “Walking The Hemispheres” será um álbum ainda mais musicalmente sofisticado que seu antecessor, com uma sonoridade esteticamente voltada ao AOR.

“No Sunroad sempre exploramos e aprimoramos novos horizontes dentro do melodic hard rock com um pé no AOR e até no heavy metal mais tradicional e trabalhado. Esse disco terá mais camadas de vozes, mais links melódicos de guitarras, mais grooves e até inclusão inédita de órgão Hammond B3 e várias camadas de strings em algumas faixas, o que deve fazer alguns ouvintes lembrarem de bandas como Deep Purple.”

As gravações de “Walking The Hemispheres” estão sendo realizadas simultaneamente no SH Studio em Manosque, França, e no Brasil nos estúdios Musik em Goiânia, sob produção de Fred Mika e Netto Mello.

A arte da capa do álbum foi criada pelo desenhista alemão Lars Nilssen.

Mais Informações:
www.facebook.com/sunroadofficial

www.instagram.com/sunroadofficial

www.soundcloud.com/sunroad-group

www.facebook.com/officialmusikrecords


Press Release e Gestão Cultural:Eliton Tomasi – SOM DO DARMA
eliton@somdodarma.com.br
www.somdodarma.com.br
(15) 99134-3443


Informações para Imprensa:Susi dos Santos – SOM DO DARMA
susi@somdodarma.com.br
www.somdodarma.com.br
(15) 99117-6613

 

Crédito Foto: Divulgação

Som do Darma

Aline Happ: lança tributo em homenagem a Eddie Van Halen

Publicado: 27/10/2020 por Pedro Mello em News
Tags:, ,

A cantora e compositora Aline Happ, conhecida por seu trabalho a frente do Lyria, lança em seu canal no YouTube tributo ao Eddie Van Halen, com a canção Little Dreamer. O guitarrista que nos deixou no início de outubro por decorrência do câncer, será sempre lembrado como um ícone do rock, tornando-se inspiração para muitos músicos. A versão que une influências do folk e da música celta, traz simbolismos sobre seguir seus sonhos. 

“Queria fazer uma homenagem ao Eddie Van Halen e essa música é cheia de significado. Apesar de não ser tão conhecida quanto outras, gosto muito da mensagem que Eddie nos passa: nunca pare de sonhar, não importa o que os outros pensem ou que tentem te ridicularizar, você pode realizar seus sonhos com muita perseverança e trabalho.”, revela Aline Happ, vocalista.

A temática do sonho é recorrente no vídeo, seja pelas crianças ou pelos objetos os quais elas interagem. Os brinquedos de madeira, as ferramentas, o bolo e a plantação de sementes em vasos. Todas estas imagens recorrem ao subtexto de que é preciso paciência e trabalho para a realização de nossos desejos mais íntimos.

“As crianças simbolizam o desenvolvimento de um sonho, do meu sonho, nesse caso, do pequeno sonhador (nome da canção). O bolo, por exemplo, necessita dos ingredientes certos, de seguir um plano, uma receita, precisa esperar o tempo certo para que ele cresça e você possa enfim saboreá-lo. Todos estes elementos simbolizam nossos sonhos e conquistas, pois primeiro você sonha, imagina e começa então a tomar as atitudes para que aquilo dê certo.”, analisa Aline.

A simbologia também continua em relação ao arco-íris, que traz a ideia de alcançar o que, ao olhar alheio, parece impossível. Aline Happ conta que com perseverança e dedicação é possível transformar os sonhos em realidade: “Todos nós já fomos pequenos sonhadores, por isso nunca podemos deixar aquela criança interior desaparecer, nunca podemos deixar de sonhar.”, aconselha.

Outra referência importante no clipe é a borboleta e o coelho, enquanto o primeiro representa a mudança em seu estado máximo, o segundo traz a ideia de astúcia e inteligência: “Com tempo e esforço é possível se tornar uma borboleta! Os sonhos são assim, as pessoas podem te desacreditar, te desencorajar, mas você precisa levantar a cabeça e seguir seu coração. O coelho, apesar de pequeno, usa de sua astúcia para triunfar perante às adversidades e desafios.”, finaliza Aline Happ.

Com auxílio de sintetizadores, teclados, percussão, coro e instrumentos de orquestra, a versão de “Little Dreamer” traz uma atmosfera leve para a canção. Para que a releitura ficasse ainda mais imersiva no mundo dos sonhos, Aline Happ conta que adaptou a música para sua voz, trazendo um estilo mais etéreo, realçando as influências celta, folk, new age e, neste caso, também os vocais líricos. E a artista conta com a ajuda dos fãs para realizar mais um sonho: o disco solo.

Assista a versão de Little Dreamer:

Aline Happ lança crowdfunding para CD solo

A quarentena obrigou os artistas de todo o mundo a se reinventarem e buscarem novas formas de divulgar o seu trabalho. Para Aline Happ, vocalista da banda de metal sinfônico Lyria, foi o incentivo para iniciar um projeto que adiava há bastante tempo: ter o seu próprio canal no YouTube. A iniciativa que visa aproximar-se dos os fãs, e mostrar um lado desconhecido da cantora de metal, agora também se tornará um álbum solo via financiamento coletivo.

A iniciativa de contar com a ajuda dos fãs já funcionou antes na carreira da artista. A primeira vez foi antes de lançar “Catharsis”, o disco de estreia do Lyria, em 2014. Com ajuda daqueles que acreditavam no sonho da banda, os músicos alcançaram 8 mil dólares, superando a meta. Quatro anos depois, foi a vez de unir forças para o álbum “Immersion”, que seguiu a mesma fórmula de sucesso e superou a marca anterior, chegando a 13 mil dólares, que também foi utilizado para a gravação do clipe “Hard to Believe”, que hoje supera as 200 mil visualizações no YouTube.

A campanha para o lançamento do primeiro trabalho solo de Aline Happ, que contará com versões folk de músicas do rock, já está disponível no site oficial do Lyria. Os esforços acontecerão, simultaneamente, em português e inglês, permitindo que os fãs de todo o mundo possam ajudar na realização deste sonho. Entre as recompensas estão:

– Agradecimento online;

– Álbum digital;

– CD autografado;

– Mini poster autografado;

– Agradecimento nos créditos do CD;

– Bate-papo online com Aline e outros fãs para a premiere do álbum;

– Fotolivro autografado;

– Caixa feita à mão pela Aline Happ;

– Camiseta;

– Caneca;

– Escolha de uma música para tornar-se versão.

São nove formas de apoiar o trabalho de Aline Happ e ainda, receber recompensas exclusivas desta campanha, sendo algumas acumulativas. Os valores na versão brasileira do site são diferenciados, pensados especialmente para o público. As recompensas já incluem o valor do frete e taxas.

Contribua para o financiamento coletivo do álbum de Aline Happ: 

Brasil – www.lyriaband.com/alinehappbr

Outros países – www.lyriaband.com/alinehapp

Orbe Comunicação

Prevista para acontecer em junho de 2020 e adiada em virtude da pandemia global do COVID-19, das medidas de isolamento determinadas pelo governo e da proibição de aglomerações em espaços públicos, a turnê nacional da banda Jethro Tull tem novas datas para acontecer no Brasil.

Inicialmente marcados para os dias 25, 26 e 27 de junho, os shows chegaram a ser remarcados para março, mas diante da insegurança com o atual cenário sanitário, decidiu-se junto à banda que as apresentações no país deveriam acontecer mais próximas do final do ano.

Assim, as novas datas confirmadas para a passagem da turnê no país, são:

  • Quarta-feira, 10 de novembro de 2021 – Teatro Positivo – Curitiba
  • Sexta-feira, 12 de novembro de 2021 – Auditório Araújo Vianna – Porto Alegre
  • Sábado, 13 de novembro de 2021 – Tom Brasil – São Paulo

Os ingressos já adquiridos continuam válidos para as novas datas, sem necessidade de troca.

A turnê “THE PROG YEARS” é baseada no material dos álbuns mais progressivos do Jethro Tull, particularmente nos hits mais pesados do catálogo Tull, álbuns clássicos como Stand Up, Benefit, Aqualung, Thick As A Brick, Passion Play e até um toque de Thick As A Brick 2 de 2012.

Midiorama Entertainment

Já passando de 15 mil views, o recém lançado novo clipe da banda paranaense SCULPTOR tem recebido inúmeros elogios e uma ótima receptividade por parte da imprensa mundial, abrindo caminho para o lançamento do álbum “Untold Secrets” em dezembro e também para o próximo video clipe, a ser lançado no dia 11 de novembro. O clipe da música “No Control”, que também foi lançada em formato de single nas plataformas digitais, marca a entrada da banda para o cast da gravadora europeia Frontiers Music SRL, sendo a primeira banda de Death Metal a assinar com o selo. Em entrevista para o blog Metal Sirius (https://metalsirius.com/2020/10/sculptor-conta-em-entrevista-as-inspiracoes-para-novo-clipe), o vocalista Rick Eraser comentou sobre as expectativas em relação ao álbum: “Untold Secrets é um álbum muito especial porque as letras falam dos nossos próprios segredos, porque às vezes temos medo de falar sobre como nos sentimos, e às vezes queremos desistir de tudo. Mas precisamos lutar e seguir em frente. Quando escrevi essas músicas, estava lutando contra a depressão e a música me ajudou a superar. Espero que todos que ouvirem essas músicas possam falar sobre seus próprios ‘Untold Secrets’”.

Confira “No Control” no Spotify:

https://open.spotify.com/album/2lywko5QFeXAT6C1UYgh2t

Na mesma entrevista o músico falou sobre o conceito do vídeo clipe, produzido por Alceste Ribas (Estúdio 9) e gravado na região metropolitana de Curitiba: “Toda a estética e influência foram baseadas no terror dos anos 80 como Freddie Krueger, Jason etc. E o roteiro foi inspirado em filmes de ficção científica no estilo do filme “Contra o Tempo” (“Source Code”) de 2011, que mostra bem essa questão de loop atemporal”. Rick Eraser (vocal), Vinne (vocal/guitarra), Caco Ramos (baixo), Fabricio Reis (guitarra) e Mateus Schran (bateria) lançarão o próximo video clipe no dia 11 de novembro, para a música “Untouchable Truth”. No Brasil “Untold Secrets” será lançado em formato físico pela Hellion Records, apresentando uma produção esmerada, com mixagem assinada por Linus Corneliusson do estúdio sueco Fascination Street Studios e capa criada pelo concorrido Marcelo Vasco, responsável por capas do Slayer, Soulfly, Vintersorg, Assassin, Kreator e Machine Head.

Assista ao vídeo clipe de “No Control”:

Faça a Pré-Save de “Untold Secrets” aqui:

https://orcd.co/sculptor

Créditos da foto: Gustavo Franco

Contatos:

Site oficial: http://www.sculptorofficial.com

Facebook: https://www.facebook.com/Sculptormusic

Instagram: https://www.instagram.com/sculptorofficial

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press

FIXION: Lança versão em vinil do novo disco, “Encrucijada”

Publicado: 27/10/2020 por Pedro Mello em News
Tags:,

“Encrucijada”, o mais recente lançamento da banda uruguaia de gothic alternativo Fixion, acaba de ganhar versão em vinil, quatro meses depois das versões CD e no streaming. 

Encrucijada em vinil, diferente do formato digital, apresenta graves mais profundos e a sonoridade fica ainda mais envolvente e ressaltam as harmonias, além de ter dinâmica musical menos comprimida. 
O vinil, de 140 gramas e na cor preta, foi prensado no Canadá pela Precision Record Pressing, subsidiária da GZ Media, líder mundial na produção de Lps. A masterização para esta edição ficou a cargo mais uma vez por Mika Jussila, do renomado Finnvox Studios, da Finlândia.

O disco é enviado para qualquer parte do mundo. Os pedidos devem ser pelo e-mail contactofixion@gmail.com ou diretamente com a banda em suas redes sociais (FacebookInstagramTwitter). 
É o primeiro álbum da Fixion que ganha versão em vinil e não à toa. Encrucijada é um disco especial para a banda uruguaia. Mais pesado do que os três registros de estúdio anteriores, Encrucijada traz distorções e a dureza do metal em primeiro plano por meio de andamentos, clamadas de teclado e loops. 
As 12 faixas de Encrucijada tratam de distopias, carma, entre outros temas, muitos deles que ganham força por meio de um coro sinfônico
“Somos admiradores fervorosos do formato físico de álbuns e consideramos o vinil a expressão máxima da experiência sonora. Esperamos que muitos possam ouvir Encrucijada em vinil e experimente, em suas mãos e ouvidos, toda a paixão que colocamos nesta realização, que ainda apoia o trabalho de pessoas talentosas”, afirma a banda. 

Encrucijada foi gravado e produzido pelo produtor, vocalista e guitarrista da banda, Daniel Cesar, no InZen Studios em Montevidéu, no Uruguai. FIXION aind recrutou o renomado engenheiro de som Javier Longhi, para ajudar na mixagem e masterização ao lado do internacionalmente famoso produtor Mika Jussila (Amorphis, Avantasia, Apocalyptica, Children of Bodom, Moonspell, Nighwish, Sonata Arctica, Stratovarius, entre outros), do Finnvox Studios (Finlândia).

ENCRUCIJADA já está disponível no Spotify, clique aqui

IDL Press