Posts com Tag ‘News’

foto - Ufrat.JPG 

Prosseguindo na divulgação conceitual das músicas que envolve o álbum “Global Devastation”, a banda paranaense Ufrat, liberou a música “Unceasing Torment” em seu canal do YouTube e revelou todo o conteúdo lírico por trás da letra da faixa.

A música relata, aquele que é considerado o maior genocídio da história do Brasil, ocorrido em Minas Gerais e que vitimou cerca de 60 mil pessoas. O fato ocorreu nos hospitais psiquiátricos da cidade de Barbacena que abrigavam várias pessoas decretadas com problemas psicológicos, mas que na verdade eram dejetos sociais, ou seja, mães solteiras, homossexuais, inimigos políticos, indigentes, viciados ou qualquer um que se opunha contra a ditadura militar vigente na época.

A letra teve inspiração no documentário, “Em Nome da Razão”, dirigido e escrito por Helvécio Ratton, o curta teve seu lançamento em 1979 e é encarado como um divisor na história dos hospitais psiquiátricos no país, tanto que o mesmo foi o responsável pelo surgimento do “Movimento de Luta Antimanicomial”, que visava o fim da violência e tortura nos tratamentos há internos no Brasil.

Confira a música Unceasing Torment:

O documentário “Em Nome da Razão” pode ser visto no link abaixo:

http://www.dailymotion.com/video/x247d5a

Formação:

Caio – Vocal

Alex – Guitarra

Ivan – Bateria

Marcelo – Baixo

 Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/Ufrat-537000909645686/

Roadie Metal Press: https://roadie-metal.com/press/ufrat/

Fonte: Roadie Metal

Anúncios

heavenless-capa

Os músicos da banda Heavenless liberaram na última sexta feira 13, o Lyric vídeo da faixa “Soothsayer” que faz parte do álbum “Whocantbenamed” lançado em 2017.

A faixa teve sua criação e desenvolvimento feitos por Marcelo Silva e liberado no canal oficial do grupo no YouTube.

Confira o Lyric Video de Shoothsayer:

Atualmente os músicos da banda Heavenless estão finalizando as gravações do EP “ Cursed” que irá contar com três novas músicas e com previsão de lançamento para o início de 2018.

A Heavenless é formada por:

Kalyl Werewolf: Vocal/Baixo

Vicente “Madbutcher”: Bateria

Vinicius Carcará: Guitarra

Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/heavenless666/

Roadie Metal News: https://roadie-metal.com/press/heavenless/

 

Fonte: Roadie Metal

Alírio Netto: Assina Contrato de Endorsement Com a Casio

Publicado: 17/10/2017 por Pedro Mello em News
Tags:,

Alirio-Netto-Casio.jpg

O ator e cantor Alírio Netto acaba de assinar contrato de endorsement com a empresa de teclados Casio para uso em todo o seu trabalho autoral e profissional. A marca é uma das maiores referências no mercado de teclados e pianos do Brasil e do mundo. Para mais informações da marca entre no site http://www.casioteclados.com.br/.

No currículo de Alírio, estão ainda várias produções operísticas como o grande sucesso “Carmem” além do papel de Jesus na produção mexicana de “Jesus Cristo Superstar” e de Judas na produção brasileira do mesmo musical pelo qual foi escolhido pelo jornal O Estado de São Paulo como Melhor Ator de Musicais de 2014. Alírio já gravou álbuns com as bandas Khallice e Artemis com quem tocou inclusive no Rock in Rio e acaba de lançar meu primeiro CD solo “João de Deus”. Recentemente, Alírio netto e sua esposa Livia Dabarian, tiveram a grande honra e oportunidade de protagonizar a versão brasileira do musical “We Will Rock You” no papel de Galileo e Scaramouche. Sucesso mundial, “We Will Rock You” já foi visto por mais de 15 milhões de pessoas em 17 países e estreou no Brasil em 2016 sendo um sucesso de crítica e público.

Alírio Netto comenta a parceria com a Casio:

“A Casio entrou na minha vida pra me ajudar em vários sentidos. Conheço a empresa desde quando iniciei minha carreira e sempre foi uma referência de qualidade. É uma honra fazer parte do time desta grande marca. Utilizo muito os teclados nas aulas, shows, workshops, vídeos e em gravações no estúdio. É um instrumento mais do que necessário para quem canta e quer melhorar sua técnica. Uma outra coisa legal da Casio é a quantidade e diversidade de produtos possibilita a qualquer um ter algo de qualidade independente do investimento”.

Links relacionados:
http://www.alirionetto.com/
http://www.casioteclados.com.br/

Fonte: TRM Press

Foto da Banda 2

Um dos maiores celeiros do Metal Nacional se localiza na cidade de Curitiba que mesmo com tantas adversidades que o estilo apresenta, se mantém firme em apoiar e destacar os trabalhos do underground nacional. Visando isso foi anunciado oficialmente a terceira edição do festival “Walpugis Night” e várias atrações já estão confirmadas para uma noite histórica na cidade no dia 23 de dezembro.

Uma das atrações é a revelação do Thrash Metal curitibano Exylle, a banda já possui um EP lançado e intitulado de “Dead When Born By The Church”, que trouxe todo o reconhecimento ao grupo após o lançamento, e recentemente o grupo liberou o single “Burn Your Leaders” que apresenta novas nuances no direcionamento musical do grupo e será a base do novo disco, o primeiro full da carreira que está sendo trabalhado para lançamento em 2018.

O evento “Walpugis Night III” terá também as bandas Enslaver, Hell Gun, Mercy Killing e Tressultor, todas levando seus pesos e estilos voltados ao Death/Thrash.

Os shows serão realizados no dia 23 de dezembro no “92 Graus The Underground Pub, localizado na cidade de Curitiba/PR.

Mais informações sobre o evento no link abaixo:

https://www.facebook.com/events/1927992184115722

Exylle - Walpugis.pngServiço:

Evento: Walpugis Night

Atrações: Exylle – Enslaver – Hell Gun – Mercy Killing – Tressultor

Local: 92 Graus The Underground Pub – AV: Manoel Ribas – Nº 108 – Curitiba/PR

Custo: R$10,00

Início: 21h00min

 

 

 

 

 

Fonte: Roadie Metal

heavenless-capa.jpg

É muito legal ver boas e promissoras bandas surgindo de cada Estado do Brasil. Desta vez, vamos falar um pouco da banda Heavenless, a banda vem do Rio Grande do Norte e apresenta seu primeiro álbum, “Whocantbenamed” ou “Who Can’t Be Named”.

O álbum chama a atenção pela arte sombria exposta na capa, que já indica o que estamos prestes a ouvir, peso, muito peso. A banda é formada por Kalyl Lamarc (Vocal / Baixo), Vinicius Martins (Guitarra) e Vicente (Bateria).

‘Enter Hades’, abre as portas do Inferno para o ouvinte, som pesado, sem firulas ou rodeios, direto e certeiro. Uma perfeita união entre o Death e o Thrash Metal. Já posso imaginar rodas e rodas se abrindo com a execução dessa música. Sem tempo para respirar, ‘Hopeless’, mantém o atropelo iniciado em ‘Enter Hades’, a faixa é o segundo single do álbum e ganhou um vídeo bastante reflexivo, é só procurar no Youtube.

“The Reclaim’ é uma faixa mais cadenciada e chega a flertar com o Doom Metal, som arrastado e obscuro, dando continuidade temos ‘Hatred’, o primeiro single apresentado pela banda, e ‘Soothsayer’, ambas apresentam o som pesado característico do Heavenless, como nas primeiras faixas.

O registro segue com ‘Odium’, mais uma que deve funcionar bem ao vivo e massacrar o pescoço do ouvinte. ‘Deceiver’ e ‘Point-Blank’ encerram o álbum mantendo a agressividade imposta pelo trio.

Produção primorosa, músicos e execução bem acima da média, com certeza a banda tem tudo para trilhar um caminho bem sucedido, vocais agressivos, cozinha marcante e riffs pesados, mistura certeira para um trabalho de qualidade. Nota 09.

 

Faixas:

01. Enter Hades
02. Hopeless
03. The Reclaim
04. Hatred
05. Soothsayer
06. Odium
07. Uncorrupted
08. Deceiver
09. Point-Blank

tupi.jpg

“Invasão Alienígena” é o primeiro EP da banda Tupi Nambha, lançado originalmente em mídias digitais em 2016 e ganhando versão em formato físico agora em 2017, o álbum traz sete canções, com quase 30 minutos de duração, contando um pouco da cultura indígena e seu contato com o homem branco.

A banda brasiliense formada por Marcos Loiola (Vocal), Rogerio Delevedove (Guitarra), traz uma sonoridade única, mesclando elementos regionais ao Heavy Metal, com vocalizações em Tupi. O Tupi Nambha faz parte do projeto, ou movimento, Levante do Metal Nativo, que juntamente com as bandas Aclla, Armahda, Arandu Arakuaa, Cangaço, Hate Embrace, MorrigaM, Tamuya Thrash Tribe e Voodoopriest, visa justamente essa união dos ritmos brasileiros ao Heavy Metal.

Como o nome deixa claro, a banda conta fatos ocorridos, assim como os costumes da tribo Tupinambá. O álbum inicia com ‘Invasão Alienígena’, faixa que dá nome ao EP, o som é bem consistente e as doses entre elementos indígenas e o peso do Metal estão bem equilibradas.

A segunda faixa é ‘Antropofagia’, a música mantém a pegada da faixa antecessora e funciona igualmente muito bem, ‘Tribo Em Guerra’ traz um pouco mais de peso em seu início, mas depois entra em uma cadência tribal bem elaborada, com pontes e refrão contagiantes, com certeza, apesar do Tupi não ser tão difundido, essa música será cantada a plenos pulmões se executada ao vivo.

‘Tupi Nambha’ é um pouco mais experimental com um riff bem marcado, já ‘Galdino Pataxó’ une Heavy Metal ao Maracatu e é uma faixa que pode chegar a ganhar destaque em várias mídias, levando um novo público a conhecer a banda. 

‘Feiticeiro’ é a penúltima faixa, um pouco mais pesada do que as demais, mas mantendo a essência da sonoridade do Tupi Nambha, fechando o álbum e fazendo uma ponte com a temática abordada em ‘Feiticeiro’, temos ‘Ayahuasca’, música que fala sobre a bebida sacramental alucinógena, que liga os pajés ao mundo espiritual.

O álbum contou com produção de Caio Cortonesi , um excelente trabalho diga-se de passagem, deixando todos os elementos musicais bem audíveis e coesos. A arte ficou por conta de João Rafael, uma arte bem orgânica que casa muito bem com a proposta da banda. Não deixe de conferir. Nota: 09.

Faixas:

01. Invasão Alienígena
02. Antropofagia
03. Tribo em Guerra
04. Tupi Nambha
05. Galdino Pataxó
06. Feiticeiro
07. Ayahuasca

u2-vancouver-credito-danny-north-3-920x627.jpg

O U2 retornará ao Brasil na semana em que o Joshua Tree Tour 2017 chega em São Paulo para o que promete ser quatro shows muito especiais. Tendo se apresentado para mais de 2,4 milhões de fãs na América do Norte e do Sul, no Reino Unido, na Europa e no México, com críticas entusiasmadas, The Joshua Tree Tour 2017 reafirmou sua posição como a turnê mais bem sucedida do ano. E agora, os fãs de São Paulo que não conseguiram comprar ingressos terão outra oportunidade para ver o U2 se apresentar no Estádio do Morumbi a partir desta quinta-feira, 19 de outubro, com shows adicionais nos dias 21, 22 e 25 de outubro – que será o grande final de turnê mundial  The Joshua Tree Tour 2017.

u2-seattle-credito-kevin-mazur-3.jpg
U2 em apresentação com a turnê “The Joshua Tree Tour” – Crédito: Kevin Mazur

Em cumprimento à Lei 12.933/13 e Decreto 8.537/15,  a carga de  ingressos de meia entrada disponíveis até 72 horas que antecedem cada show da banda U2 não foi totalmente utilizada. Assim, haverá ingressos de inteira liberados e disponíveis para venda a partir de R$260,00 já a partir das 21h00 de hoje, 16 de outubro. no site  ticketsforfun.com.br e pontos de venda oficiais. Veja abaixo os prazos de liberação de ingressos para os demais shows.

Confira as datas e horários de liberação dos ingressos:

  • 16/10/2017 a partir das 21h00 para o primeiro show do U2, em 19/10/2017
  • 18/10/2017 a partir das 21h00 para o segundo show do U2, em 21/10/2017
  • 19/10/2017 a partir das 21h00 para o terceiro show do U2, em 22/10/2017
  • 22/10/2017 a partir das 21h00 para o quarto e último show do U2, em 25/10/2017

The Joshua Tree Tour 2017, produzida mundialmente pela Live Nation Global Touring, começou em 12 de maio no BC Place, em Vancouver, e estreou nos Estados Unidos em 14 de maio no CenturyLink Field, em Seattle – angariando as críticas mais entusiasmadas da história do U2 na América.

The Joshua Tree: 30 anos

 A edição de aniversário de 30 anos do álbum The Joshua Tree foi recém-lançada pela Interscope Records, em 2 de junho. Junto com as onze faixas do disco, a edição de colecionador inclui uma gravação ao vivo da The Joshua Tree Tour 1987 no Madison Square Garden; raridades do lado B das gravações do álbum original; remixes de 2017 feitos por Daniel Lanois, St Francis Hotel, Jacknife Lee, Steve Lillywhite e Flood; um álbum de 84 páginas com fotografias inéditas dos bastidores tiradas por The Edge durante a sessão de fotos no Deserto de Mojave. The Joshua Tree foi produzido por Brian Eno e Daniel Lanois. Mais detalhes em: http://www.u2.com/news/title/the-joshua-tree-at-30.

U2 The Joshua Tree Tour 2017 é produzida pela Live Nation Global Touring com a  DC SET e a  Move Concerts como co-produtoras no Brasil.  UPS é o provedor oficial de logística da turnê..

Sobre Live Nation Entertainment

Live Nation Entertainment (NYSE: LYV) é a empresa líder mundial do entretenimento ao vivo, compreendendo a Ticketmaster, Live Nation Concerts, Live Nation Advertising & Sponsorship e Artist Nation Management.

Para informações adicionais, acesse www.livenationentertainment.com.

Serviço


São Paulo 19 de outubro (Estádio do Morumbi)

 

DATA: 
19 de outubro

LOCAL: 
Estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Morumbi, São Paulo – SP)

HORÁRIO: 
19h

ABERTURA DOS PORTÕES: 
16h

CLASSIFICAÇÃO: 
14 anos desacompanhado. Menores de 14 anos apenas acompanhados dos pais/responsáveis legais.

MAIS INFORMAÇÕES: 

INGRESSOS 

  • Superior 1: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 2: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 4 (Vip Gold Fan Pack): R$ 1360,00 (inteira) e R$ 910,00 (meia)
  • Inferior A: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Inferior B: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Red Zone: R$ 1250,00 (inteira) e R$ 1000,00 (meia)
  • Pista: R$ 500,00 (inteira) e R$ 250,00 (meia)
  • Arquibancada 1, 3 e 4: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia)
  • Arquibancada 2: R$ 260,00 (inteira) e R$ 130,00 (meia)
São Paulo 21 de outubro (Estádio do Morumbi)

 

DATA: 
21 de outubro

LOCAL: 
Estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Morumbi, São Paulo)

HORÁRIO: 
19h

ABERTURA DOS PORTÕES: 
16h

CLASSIFICAÇÃO: 
14 anos desacompanhado. Menores de 14 anos apenas acompanhados dos pais/responsáveis legais.

MAIS INFORMAÇÕES: 

INGRESSOS 

  • Superior 1: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 2: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 4 (Vip Gold Fan Pack): R$ 1360,00 (inteira) e R$ 910,00 (meia)
  • Inferior A: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Inferior B: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Red Zone: R$ 1250,00 (inteira) e R$ 1000,00 (meia)
  • Pista: R$ 500,00 (inteira) e R$ 250,00 (meia)
  • Arquibancada 1, 3 e 4: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia)
  • Arquibancada 2: R$ 260,00 (inteira) e R$ 130,00 (meia)
São Paulo 22 de outubro (Estádio do Morumbi)

 

DATA: 
22 de outubro

LOCAL: 
Estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Morumbi, São Paulo – SP)

HORÁRIO: 
19h

ABERTURA DOS PORTÕES: 
16h

CLASSIFICAÇÃO: 
14 anos desacompanhado. Menores de 14 anos apenas acompanhados dos pais/responsáveis legais.

MAIS INFORMAÇÕES: 

INGRESSOS 

  • Superior 1: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 2: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 4 (Vip Gold Fan Pack): R$ 1360,00 (inteira) e R$ 910,00 (meia)
  • Inferior A: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Inferior B: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Red Zone: R$ 1250,00 (inteira) e R$ 1000,00 (meia)
  • Pista: R$ 500,00 (inteira) e R$ 250,00 (meia)
  • Arquibancada 1, 3 e 4: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia)
  • Arquibancada 2: R$ 260,00 (inteira) e R$ 130,00 (meia)
São Paulo 25 de outubro (Estádio do Morumbi)

 

DATA:
25 de outubro

LOCAL:
Estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Morumbi, São Paulo – SP)

HORÁRIO:
19h

ABERTURA DOS PORTÕES:
16h

CLASSIFICAÇÃO:
14 anos desacompanhado. Menores de 14 anos apenas acompanhados dos pais/responsáveis legai

MAIS INFORMAÇÕES:

INGRESSOS 

  • Superior 1: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 2: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 4 (Vip Gold Fan Pack): R$ 1360,00 (inteira) e R$ 910,00 (meia)
  • Inferior A: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Inferior B: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Red Zone: R$ 1250,00 (inteira) e R$ 1000,00 (meia)
  • Pista: R$ 500,00 (inteira) e R$ 250,00 (meia)
  • Arquibancada 1, 3 e 4: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia)
  • Arquibancada 2: R$ 260,00 (inteira) e R$ 130,00 (meia)
Ingressos: Tickets
Fonte: Midiorama Entertainment