Posts com Tag ‘News’

Os suecos do Darkane farão um show exclusivo, em São Paulo, no dia 29 de março (quarta-feira) no La Iglesia Borratxeria (Rua João Moura, 515 – Pinheiros – São Paulo), a partir das 18h. A abertura ficará por conta das bandas Inherence e Hammurabi.

Os ingressos antecipados já podem ser adquiridos aqui:

https://www.clubedoingresso.com/evento/darkane

A turnê Latino-Americana do Darkane, promove o seu novo álbum, lançado no final de 2022; “Inhuman Spirits”, sétimo disco de estúdio. Eles estavam sem lançar um álbum de inéditas, desde 2013. “Inhuman Spirits” contém músicas que trazem um mix de sonoridades de seus discos anteriores, e que tem sido bastante elogiado na mídia, mundo afora.

O Darkane foi formado em 1998, fazendo um Death Metal com pitadas de melódico, e Thrash Metal. Sua formação é a original, que conta com Lawrence Mackrory (vocais), Klas Ideberg (guitarra), Christofer Malmström (guitarra), Jörgen Löfberg (baixo) e Peter Wildoer (bateria).

Na discografia do Darkane estão os álbuns; “Rusted Angel” (99), “Insanity” (01), “Expanding Senses” (02), “Layers of Lies” (05), “Demonic Art” (08), “The Sinister Supremacy” (13) e “Inhuman Spirits” (22) – sem deixar de citar o ‘ao vivo’, “Layers of Live” (10).

Assista o vídeo da faixa título do último álbum, “Inhuman Spirits”:

A realização do show do Brasil, é uma parceria entre a Tumba Productions e Xaninho .

Páginas relacionadas:

www.darkane.com  

www.facebook.com/inherenceband  

www.hammurabi.com.br  

www.tumbaproductions.com.br

www.xaninhodiscos.com.br  

www.lpmetalpress.com.br  

www.iglesialaborratxeria.com.br

LP Metal Press

A banda Electric Mob lançou no último dia 27 seu novo álbum. “2 Make U Cry & Dance” chega ao mercado através da gravadora italiana Frontiers Music com a árdua tarefa de suceder o empolgante “Discharge” (2020), responsável por alçar os curitibanos ao posto de destaque do hard rock mundial.
 
Ouça aqui: https://open.spotify.com/album/6yiwqZIQl0vkJKhLZeM7Ut?si=a73e9a9a30c84843
 
Logo em seu primeiro álbum, o Electric Mob conseguiu alguns feitos notáveis, como conquistar o respeito da crítica especializada, tocar em rádios da Europa e dos Estados Unidos, entrar na parada Billboard/BDS Indicator Chart e atingir números realmente expressivos nas plataformas de streaming.

Mas ao que parece, o peso e a responsabilidade de corresponder às altas expectativas – do público, da mídia, da gravadora e até deles mesmos -, não afetou nem um pouco o quarteto formado por Renan Zonta (vocal), Ben Hur Auwarter (guitarra), Yuri Elero (baixo) e André Leister (bateria). “2 Make U Cry & Dance” é mais do que uma evolução natural de “Discharge”, é um salto adiante.

O Electric Mob consegue manter a vibração de antes, ao mesmo tempo em que adiciona novos elementos à sua sonoridade, a tornando ainda mais vigorosa e atual. Em suma, o novo trabalho representa o aperfeiçoamento da fórmula que a banda segue desde sua formação em 2016, explorando a fusão de elementos clássicos da velha escola dos anos 1970 e 1980 com o groove explosivo do rock pesado dos anos 90 e 2000.

As 11 faixas que formam o repertório de “2 Make U Cry & Dance” foram compostas em conjunto pela banda. As músicas foram bem trabalhadas, excessos foram cortados e estruturas complexas foram deixadas de lado em prol de arranjos mais diretos e eficientes. Há um constante equilíbrio entre passagens mais cadenciadas e momentos em que a energia sonora explode. Esse jogo de luz e sombra provoca um efeito interessante capaz de segurar a atenção do ouvinte do primeiro ao último minuto.

A representação perfeita desse raciocínio se exemplifica no último single lançado, “It’s Gonna Hurt”, cujo clipe já está disponível no YouTube. “2 Make U Cry & Dance” foi gravado no Nico’s Studio (Curitiba), com produção de Amadeus De Marchi. A mixagem e a masterização ficaram a cargo de Nico Braganholo.

O guitarrista Ben Hur enfatiza: “Se alguém me perguntar qual é a principal diretriz do sistema de composição do Electric Mob, eu provavelmente responderia que é fazer um som que nós gostaríamos de ouvir. Trabalhamos duro nesse álbum e estamos muito satisfeitos com o que fizemos”.

“Esse é um disco que contém a nossa verdade. Nos últimos tempos atravessamos momentos difíceis, enfrentamos os infortúnios em série da pandemia, perdemos pessoas queridas, mas, mesmo nos piores momentos, nunca abandonamos nossos sonhos. Seguimos em frente e usamos toda essa experiência vivida na hora de compor as novas canções. Não é porque em um dia você está chorando que no outro não pode dançar, não é? Essa é a mensagem de “2 Make U Cry & Dance” – completa Renan Zonta.

Todas as músicas compostas e arranjadas por Electric Mob
Gravado no Nico’s Studio (Curitiba – PR)
Produção: Amadeus De Marchi
Engenharia de som: Amadeus De Marchi e Francisco Desalvo
Edição: Amadeus De Marchi e Nico Braganholo
Mixagem: Nico Braganholo
Masterização: Nico Braganholo

The Bridge Press (parceria com Batucada Comunicação)

The Bridge Press

O novo álbum de Bret Nybo, “Life Revisited”, foi lançado no final de 2022. Bret faz uma revisão pessoal séria em seu primeiro álbum. Ele cantou novamente e reproduziu todo disco, além de adicionar quatro novas faixas. “Life Revisited” é na verdade um remake do primeiro álbum de Bret, “Life and Other Twisted Tales”.

Bret também gosta de Old Time Radio. Ele tem uma paixão não apenas pela música, mas pelas histórias que elas contam. Como resultado, o novo lançamento de Bret, “Life Revisited”, inclui vários clipes da Old Time Radio de a quem ele considera alguns dos grandes nomes, incluindo Boris Karloff, Vincent Price e Peter Lorre.

“Life Revisited”: https://spoti.fi/3FYHDah

“Life Revisited”:

Como resultado, sua música fica em algum lugar entre o rock clássico e o experimental. Segundo Bret, ele escreve música com um pé plantado na era do rock clássico e o outro plantada nos sons de hoje.

Nascido em 12 de março de 1964, Bret Nybo é um artista que entra oficialmente no cenário musical em 2021. Bret sempre gostou de escrever e produzir música, como resultado, Bret transcende sua jornada musical criando não apenas um álbum, mas também uma história de aventura sobre a vida.

Nesta nova entrevista, conversamos com o músico sobre seu novo lançamento, inspiração, influências musicais e planos futuros. Confira abaixo:

O que você pode dizer sobre este novo lançament o álbum “Life Reveisited”? “Life Reveisited” é um avanço de “Life and Other Twisted Tales”. É literalmente uma reprodução. Aprendi tanto em um curto período de tempo que queria voltar e fazer meu primeiro álbum melhor antes de seguir em frente. Eu também adicionei quatro novas faixas no processo. É um álbum conceitual sobre uma pessoa em coma (eu… mas nunca estive lá). Durante esse tempo ele reflete sobre sua vida, ao mesmo tempo em que é “perseguido” ou assombrado por um demônio. Tudo vem à tona na música “Wolves and Sheep”. Já mencionei isso antes, mas sou um grande fã do Old Time Radio. Como resultado, usei clipes de vários shows para ajudar a contar a história.

Como foi o processo de gravação do álbum? Eu gosto muito desse processo. Sou um grande fã de aprendizado, e trabalhar no estúdio é um bom exercício tanto para o lado esquerdo quanto para o lado direito do cérebro. Trabalhar no estúdio definitivamente o manterá afiado em todas as frentes. Também gosto muito de colaborar com outros artistas e atrair talentos de onde posso. Sou um grande fã de uma banda em particular, “The Misanthropes”. Eles aparecem na faixa “Hit and Miss”.

Se você tivesse que escolher uma música, qual você escolheria? Essa é uma pergunta difícil. Eu provavelmente iria com “A Journey of Sorts”. É uma música de 13 minutos, então lá vai. Observação interessante: na verdade, eu selecionei três listas do Spotify. Uma dessas listas, “Lucky 7 Minutes Plus”, na verdade, tem essa música. Na verdade, tenho o objetivo de incluir pelo menos uma música de 7 minutos em cada álbum que quebro, apenas para poder jogá-la em minha lista de reprodução de sete minutos mais.

Qual é sua banda favorita? Agora, essa é uma pergunta muito difícil. Suponho que se você apontar uma arma para minha cabeça e me obrigar a escolher, vou escolher o “Pink Floyd”.

Quem ou o que te inspira a escrever músicas? Sinceramente, gosto de compartilhar meu trabalho com outras pessoas. Meu gosto musical pessoal varia muito, então estou achando divertido lançar coisas por aí e ver o que as pessoas gostam. Acontece que “Disco’s Not Dead” foi o vencedor desta vez. Fiquei empolgado ao ver as danças do Tik Tok e os rolos do Instagram começarem a aparecer com o lançamento daquela música em particular. Isso também me inspira sobre a direção em que me inclino em projetos futuros. Estou interessado em fazer uma conexão com outras pessoas e, como elas votaram em “Disco’s Not Dead” por meio da audiência … Vou manter isso em mente em lançamentos futuros. Você provavelmente verá músicas mais animadas e divertidas saindo como resultado.

Você pode nos dar uma dica de grandes bandas de rock do seu país? Como mencionado anteriormente, eu realmente gosto de “The Misanthropes”. Eles são uma banda bastante nova com um ótimo som. Algumas outras bandas americanas que eu gosto são “Mr. Big”, “Styx”, “Boston” e “Van Halen”. Essas são todas as bandas com as quais cresci. Sinceramente, porém, sinto que a Europa tem o canto no mercado das maiores bandas, mas os EUA lançaram algumas que eu realmente gosto.

Como é a cena independente e underground em seu país? Muito vivo e bem. Os serviços de streaming fizeram um trabalho tremendo ao conectar artistas em vários níveis em todos os níveis. Eu realmente gosto de descobrir novas bandas e fazer conexões. Olhando em volta, vejo que não estou sozinho aqui nos EUA.

Tem material novo chegando em breve? O que podemos esperar? Acontece que estou lançando um single em 10 de fevereiro. Eu queria para o dia dos namorados. É minha primeira música cover oficial e acho que ficou muito bom. Eu não sou muito bom em fazer canções de amor. Isso é o mais perto que consigo. Tem que ser otimista e divertido para mim. Então eu gravei a música “Jungle Love” de Steve Miller. Salvo qualquer complicação, ele será lançado em 10 de fevereiro de 2023. Fique de olho. Eu me diverti muito com este.

Algo a acrescentar? Só mais uma coisa sobre colaboração. Eu absolutamente amo isso. Até agora todos que convidei para fazer parte dos meus projetos aceitaram. Eu queria dizer “obrigado” a todos os artistas e pessoas com quem trabalhei até agora e estou ansioso para trabalhar com mais. Também um grande grito para a “Agência Collapse”. Muito obrigado por tudo que você faz. Eu gosto muito do relacionamento.

Collapse Agency

Vocalista dos dois primeiros álbuns do Iron Maiden (Iron Maiden & Killers), o carismático Paul Di’Anno retorna ao Brasil após 8 anos afastado dos palcos. Emocionado com seu retorno ao Brasil, que considera como segunda casa, Paul promete um repertório matador, com clássicos de sua fase no Iron Maiden e algumas surpresas. 

Esta provavelmente será a última oportunidade de prestigiar as músicas dos dois primeiros álbuns do Iron Maiden sendo cantadas na voz original e caótica que registrou esses clássicos no estúdio. No Rio de Janeiro, o show acontece dia 12 de Fevereiro, no Agyto.

A turnê de retorno de Paul Di’Anno aos palcos será realizada pela Estética Torta, editora que lançou no Brasil mais de uma dezena de livros relacionados ao Iron Maiden.

Classificação : 18 anos. Menores deverão estar acompanhados de pai ou mãe (pagante).

Ingressos disponíveis em https://www.clubedoingresso.com/evento/pauldianno-rj

Local

Agyto

Avenida Mem de Sá, 66 – Centro

Rio de Janeiro – RJ

A banda de Symphonic Prog Metal, FireWing, através de seu líder e fundador, o guitarrista, Caio Kehyayan, anunciou o novo vocalista da banda, Jota Fortinho (Capella, Signum Regis), fazendo o relançamento da música “Time Machine” em todas as plataformas digitais, contando com um vídeo Playthrough no canal da gravadora alemã, Massacre Records.

Confira o vídeo de “Time Machine” abaixo:

“Time Machine” traz novas sonoridades, as quais fazem o ouvinte ter uma incrível experiência e uma imersão no conceito da música por meio de sua letra. O sentimento da perda de um amor, relatado na canção, é visceral.

Ouça o single aqui:

“Cantar uma música que originalmente foi cantada por outro cantor é sempre um desafio. Porque ao mesmo tempo em que você deve achar o equilíbrio pra respeitar o tema original, precisa achar o seu espaço e colocar um pouco de você. Essa música, assim como tantas outras da FireWing, tem uma carga emocional muito forte, então, meu desafio aqui foi criar algo que enfatizasse os mais diversos sentimentos e dinâmicas dessa canção incrível”, comentou Jota Fortinho.

“Time Machine” faz parte do álbum conceitual, “Resurrection” e sua letra trata do despertar de Vahagn, receptáculo dos poderes ancestrais de Ember, que movido pela angústia de perder o amor da sua vida em um ritual sombrio realizado por Vishap, busca transmutar sua alma por meio da meditação para acessar o portal do passado e reencontrar e reconstruir sua antiga realidade. Para isso, Vahagn precisa provar que sua alma é digna de se vincular à Ember. Entretanto, mesmo conseguindo encontrar sua amada no plano espiritual, os dois percebem que não haverá uma chance de reverter a realidade, e assim precisam seguir um propósito maior, e seu vínculo de amor eterno é tudo que resta. No fim, Vahagn precisa ser valente tal qual seu pai, Tigranes, e continuar o seu destino como eterno guerreiro.

“A Time Machine é uma música divisora de águas na minha carreira como compositor e produtor musical! A produção dessa música abriu uma nova gama de possibilidades de como explorar o Universo Conceitual que é a FireWing. O futuro próximo trará uma imersão ainda maior. Nos próximos capítulos, as aventuras do nosso protagonista Vahagn serão eternizadas nas novas composições”, destacou Caio Kehyayan.

“Time Machine” tem produção de Caio Kehyayan, com mixagem e masterização por Jack Kosto, artes por Junki Sakuraba, produção do vídeo por Jota Fortinho e letra, conceito e criação do mundo por Caio Kehyayan.

Saiba mais sobre a FireWing através do site www.firewingofficial.com ou pelas suas redes sociais @firewingofficial onde em breve serão anunciadas outras novidades em relação a banda.

Hell Yeah Music Company

Por mais de quatro décadas, o OVERKILL tem sido o pioneiro na produção de alguns dos momentos mais característicos do mundo do metal. No dia 14 de abril, as lendas do Thrash de Nova Jersey irão atormentar os seus tímpanos com seu vigésimo álbum de estúdio, intitulado “Scorched” que será lançado através da Nuclear Blast Records.
 
Hoje, a banda oferece aos fãs o primeiro gostinho do álbum com o single ‘The Surgeon’. Os ouvintes irão desfrutar de um curso intensivo em OVERKILL 101 com vocais empolgantes, riffs cirurgicamente fragmentados, bateria galopante e o baixo sujo que os fãs sempre procuram. Aproveite o som clássico e a roupagem clássica do thrash de Nova Jersey que você aprendeu a amar por mais de 40 anos através do visualizer para a faixa ‘The Surgeon’ aqui:

Ouça ‘The Surgeon’ em todas as plataformas de streaming:
https://bfan.link/Overkill-TheSurgeon
 
O vocalista Bobby Blitz comentou: “Cara, parece que há muito tempo não nos conversamos!!! Ha! Vou te dizer uma coisa, este é o que mais demorou entre os lançamentos de Overkill, de Fevereiro de 2019 até 23 de abril de 2023.
 
Para mim, tornou-se meu destino ‘peterpandêmico’. Escrevi minha parte, rasguei e repeti várias vezes. Eu me vi ainda trocando partes enquanto Colin estava mixando! Tornou-se o normal em um momento muito anormal, a sanidade no meio da insanidade. Em algum lugar em ‘Scorched’ tudo isso se reflete, um assunto em comum, é o lugar onde fui buscar o que precisava, talvez o que “nós” precisávamos. É diferente, com certeza uma abordagem/mistura old-school em um mundo moderno… valeu a pena esperar? Você que me dirá ……. te vejo na estrada! Horns Up!”

“Scorched” ofereceu um novo ambiente de gravação, já que todos os membros puderam gravar por conta própria. A mixagem do disco foi feita por Colin Richardson e seu engenheiro assistente Chris Clancy. Johnny Rodd ajudou na produção dos vocais e, finalmente, Maor Appelbaum assumiu a masterização e os toques finais. A banda voltou a utilizar os talentos impressionantes do artista Travis Smith para criar a arte da capa do álbum.
 
O OVERKILL está expandindo seu alcance, mas não se engane, a banda continuará sendo a banda imunda e massiva de thrashers que todos nós conhecemos e amamos.
 
Pré-salve “Scorched” no formato de sua escolha aqui: https://bfan.link/Overkill-Scorched
 
Tracklist para “Scorched”:
1. Scorched
2. Goin’ Home
3. The Surgeon
4. Twist OF The Wick
5. Wicked Place
6. Won’t Be Comin Back
7. Fever
8. Harder They Fall
9. Know Her Name
10. Bag O’ Bones

               
O OVERKILL estará indo para o exterior nesta primavera para sua turnê europeia “Killfest” divulgando o novo álbum. A jornada de 14 dias começará no dia 13 de abril e contará com colegas de gravadora e lendas da Bay Area, HEATHEN. Para a turnê, o OVERKILL oferecerá ingressos VIP que incluem a oportunidade de conhecer a banda e tirar fotos. Apenas 20 ingressos VIP estarão disponíveis para cada show.
 
Ingressos normais e ingressos VIP para os eventos podem ser adquiridos aqui: https://overkill.deinetickets.de

Reverbera Music Media

“Desde setembro de 2022, a  Nervosa foi informada que Diva deixaria a banda, e desde então ela cumpriu com todas as atividades com muito profissionalismo e respeito. O motivo de sua saída deve-se por ela optar em investir mais o seu tempo em outros projetos, e em sua banda. Desde sua decisão, entramos num acordo de cumprir com a tour da América-Latina e anunciar sua saída um pouco mais adiante, para que pudéssemos planejar tudo com calma e tempo.

Nós compreendemos e apoiamos sua decisão.

Não é fácil para nenhuma das partes, mas a vida é feita de escolhas e decisões. Não julguem tão duramente, porque é um momento muito doloroso para ambas as partes.

Todo o nosso respeito à Diva, obrigada por toda a sua dedicação e contribuição. Desejamos boa sorte em sua nova caminhada.

A Nervosa já vem trabalhando com uma vocalista nos últimos 2 meses, e também já está trabalhando com uma nova baterista.

As gravações do novo disco começam essa semana, então fiquem ligados nas nossas redes sociais pois vamos postar alguns spoilers.

Obrigada a todos os fãs pelo carinho e apoio.

Nervosa will never die!”

Hoje também foi ao ar uma entrevista exclusiva com Gastão Moreira, em seu canal, Kazagastão. Assista:

Fiquem ligados nos canais oficiais da Nervosa, para mais novidades:

http://www.nervosaofficial.com

http://www.facebook.com/nervosa

http://www.instagram.com/nervosathrash

LP Metal Press

Babymetal: Banda anuncia ‘The Other One’

Publicado: 27/01/2023 por Pedro Mello em News
Tags:,

BABYMETAL postou um trailer para seu primeiro álbum conceitual ‘THE OTHER ONE’ em seu canal oficial do YouTube. O trailer mostra trechos de todas as 10 músicas do lançamento, com imagens visuais para cada faixa. ‘THE OTHER ONE’ terá um lançamento global simultâneo no dia 24 de março, com o lançamento pelo selo Cooking Vinyl fora do Japão.

No ano passado, a BABYMETAL foi “encerrada” no mundo após uma jornada de 10 anos de sucesso. Em abril de 2022,THE OTHER ONE projeto de restauração começou a recuperar o BABYMETAL que nunca soubemos que existia dentro de um mundo virtual chamado METALVERSE. Um total de 10 canções foram reveladas dentro do projeto THE OTHER ONE, com cada canção representando um tema único baseado em 10 mundos paralelos separados que elas descobriram. O próximo álbum conceitual apresenta estas faixas totalmente novas para que possamos vivenciar uma outra história de BABYMETAL que ninguém jamais conheceu.

Dominado novamente pelo lendário engenheiro de masterização Ted Jensen, ‘THE OTHER ONE’ permite que os ouvintes continuem experimentando o somBABYMETAL evoluído que este álbum conceitual tem a oferecer.

Antes do lançamento do ‘THE OTHER ONE’, o 3º single “METAL KINGDOM” já está disponível agora para download e streaming. Isto segue os singles anteriores “Divine Attack – Shingeki -” lançado em outubro passado e o 2º single “Monochrome” lançado em novembro passado. Um dos 10 mundos paralelos descobertos é THRONE e este 3º single centra-se em torno deste tema. É um poderoso hino que anuncia o início de uma nova era, ao mesmo tempo em que representa o poder e a coragem de dar um passo adiante em território desconhecido. A trilha transmite imagens que se erguem poderosamente do trono do silêncio, com uma fanfarra anunciando apropriadamente este novo começo.

Junto com o lançamento de “METAL KINGDOM”, a pré-venda e trailer do próximo álbum conceitual “THE OTHER ONE” já estão disponíveis.

BABYMETAL fará um retorno ao vivo para sua apresentação de 2 dias na Makuhari Messe no Japão intitulada BABYMETAL RETURNS – THE OTHER ONE – nos dias 28 e 29 de janeiro.

BABYMETAL – THE OTHER ONE Trailer

THE OTHER ONE pre-venda
https://bm.lnk.to/theotherone

BABYMETAL Official

Website | Facebook | Instagram | Twitter | TikTok | LINE

Catto Comunicação / For Music

Os visionários do heavy metal ‘n’ roll, dark, conhecidos como AVATAR – vocalista Johannes Eckerström, guitarristas Jonas Jarlsby e Tim Öhrström, baixistaHenrik Sandelin e baterista John Alfredsson – lançaram mais uma faixa de seu próximo álbum Dance Devil Dance, do dia 17 de fevereiro pelo selo Black Waltz Records, distribuído pela Thirty Tigers. Pré-venda do álbum AQUI.

A banda compartilha seu novo single “Violence No Matter What,” um dueto poderoso com a Lzzy Hale do Halestorm.

O vocalista do AVATAR, Johannes Eckerström, diz que “Violence No Matter What” é sobre “uma coisa e só uma coisa”. É bom debater e lutar e pensar diferente. Mas há um limite, e a linha deve ser traçada contra autoridade mantida com violência, uma visão de mundo que não pode sobreviver sem inimigos, um retorno prometido a uma antiga glória fabricada”. A canção é um dueto com a cantora Lzzy Hale. Sobre o single ela diz: “Violence No Matter What” foi um single tão inspirador para fazer parte! Muito obrigado aos meninos por me darem a oportunidade de expressar minha raiva contra os horrores deste mundo através de uma canção tão brilhante”!

O Avatar também voltará à estrada nesta primavera em uma turnê que começa no dia 28 de abril em Omaha e termina 28 de maio em Pittsburgh. Veil of Maya e Orbit Culture abrirão. Todas as datas estão abaixo, incluindo as principais aparições no festival da primavera. (hemisfério norte).

Catto Comunicação / For Music

A banda de Death Metal EVILRISE, radicada em São Paulo, acaba de fechar parceria com a agência de booking Restless Booking Agency, dando início a uma busca ativa por shows no Estado de São Paulo a partir de fevereiro. Com o EP “Necrotech… to take the edge off our hunger” lançado no final do ano passado, o grupo tem participado de diversas ações para sua divulgação, com entrevistas e lives em mídias brasileiras, além de ter realizado o lançamento do vídeo clipe da faixa “Rotting Right Here” no festival online da revista Roadie Crew e posteriormente lançado no canal da banda no YouTube. Em dezembro o power trio formado por Dario Venturi (vocal/guitarra), Mauricio Jorge (baixo) e Flávio Fernandes (bateria) também fez seu primeiro show após o período mais crítico da pandemia, no festival Saravá Metal.

Sobre a parceria de trabalho com a Restless Booking Agency, o guitarrista e vocalista Dario Venturi comenta: “Sempre quisemos contratar uma empresa especializada em shows para organizar nossos eventos, e agora com a Restless buscamos fechar uma série de shows em nosso Estado, fazendo a turnê de divulgação do EP”. Os produtores de shows interessados em agendar datas com a banda podem entrar em contato diretamente através do Instagram da agência, em www.instagram.com/restless_booking_agency. Além disso, a banda participará neste mês de fevereiro de uma série de lives no Instagram promovida pela Wargods Press, a Café com Metal, onde baterão um papo com as bandas Ad Ominous no dia 08/02 e Deep Hatred em 22/02.

Assista ao vídeo clipe de “Rotting Right Here” no YouTube:

Ouça o EP “Necrotech… to take the edge off our hunger” no Spotify:

Créditos da foto: Roberta Torres

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/Evilrise

Instagram: https://www.instagram.com/evilriseband

YouTube: https://bit.ly/3CztC0U

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press