Posts com Tag ‘Rethoryka’

“Eis que tudo se fez novo”, assim a Supernova quer encarar essa nova fase que marca o mais recente lançamento da banda “Poesias Inúteis”.

Supernova é o novo nome da ex-banda Rethoryka, que mudou de nome mas mantém a mesma identidade que caracteriza a banda: um rock clássico com muita modernidade, com pegada potente e letras marcantes, que falam sobre temas fortes e importantes.

Contando com a mesma formação, a Supernova fez uma escolha difícil, a banda já tinha 12 anos de história, e um nome já conhecido no mercado. Neste tempo, passou muitas pessoas que ajudaram a construir a história e a identidade da banda, entre elas alguém de muita estima que sofre de (TPD) Transtorno de Personalidade Borderline, e infelizmente ouvir o nome ou qualquer coisa relacionada a Rethoryka era um gatilho para disparar o comportamento fora do padrão.

A decisão não foi fácil, mas a banda optou pela atitude de amor, e resolveu abrir mão do nome, entendendo que a mensagem que eles querem levar independe do nome que eles carregam.

E com o desejo no coração de contar essa história de forma a ajudar outras pessoas, o novo lançamento da Supernova traz o tema à tona.

O transtorno de personalidade borderline é caracterizado por um padrão generalizado de instabilidade e hipersensibilidade nos relacionamentos interpessoais, instabilidade na autoimagem, flutuações extremas de humor e impulsividade. 

Por conta das mudanças no humor, o transtorno de personalidade borderline é, muitas vezes, confundido com o transtorno bipolar. No entanto, a alteração entre humor extremo e depressão nas pessoas com transtorno borderline geralmente ocorre dentro de horas ou dias, enquanto que na doença bipolar pode durar semanas ou meses.

Estima-se que 6% da população mundial sofre do transtorno de personalidade borderline (TPB). Se por um lado não há estatísticas sobre sua prevalência no Brasil, por outro aproximadamente 10% dos pacientes diagnosticados no nosso país cometem suicídio, segundo estimativa da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

A fim de evitar consequências tão graves, é importante conhecer o problema, saber quais são os sintomas, as causas e o tratamento.

A letra da canção “Poesias Inúteis” discorre sobre o questionamento de como somos suscetíveis às questões da mente, das emoções e do que vivemos. Perguntas estas que são a base do conflito de quem sofre de TPD.

“Onde estou? Pra onde vou?/ E o que fiz pra merecer? O tempo, transcreve, momentos, singelos, dispersos, sinceros, incertos, mistérios/Na vida nascemos, crescemos, vivemos, morremos, mas hoje quem eu sou? Diz parte da letra feita de uma collab entre com a Supernova o compositor e músico Wallace Henrique dos Santos.

A produção e arranjos foi assinada pela própria banda, que costuma produzir os próprios projetos.

A canção, um rock clássico com pegada moderna e riffs marcantes, lançada nas plataformas pela Fluve/Som Livre, está disponível em todas as plataformas digitais. Assim como todo o conteúdo anteriormente lançado com o nome anterior da banda, que está agora disponível nas plataformas no perfil da Supernova.

Ouça “Poesias Inúteis”- Supernova nas plataformas digitais

https://fluve.lnk.to/poesiasinuteis

Acompanhe a Supernova nas redes sociais

https://instabio.cc/SuperNova

AL9 Comunicação

Rethoryka: Confira o novo videoclipe da banda, “Farol”

Publicado: 14/10/2020 por Pedro Mello em News
Tags:,

A Rethoryka lançou na sexta-feira (09) o videoclipe “Farol”, um metal progressivo, fusão do rock progressivo com o heavy metal.

A canção, lançada no início do ano em todas as plataformas digitais, é de autoria de Di Lining, líder e guitarrista da banda, e produção da própria banda. O videoclipe, já disponível no canal da Rethoryka teve a produção de Rodrigo Pinheiro e direção de vídeo da Tizzar.

“Farol” o videoclipe, faz um link com o clipe da canção anterior “Amanhecer”, que traz em sua história uma mensagem profunda de esperança e “Farol” orienta a direção e ilumina o caminho, ambas contam histórias que se entrelaçam.

A canção “Farol”, é uma metáfora entre um farol e o sagrado. O farol é uma torre elevada, com um potente aparelho ótico dotado de fontes de luz e espelhos refletores, que ilumina e orienta os navios durante a noite e tempestades, traçando um paralelo com o sagrado que a tudo ilumina, tudo vê, sua imagem reflete a luz que nos orienta e nos guia durante as noites que nos parece sombrias e as tempestades que enfrentamos na vida.

A canção une compassos com muita vibração, com riffs distorcidos e bem estruturados da guitarra de Di Lining, com a bateria forte e vibrante de Flávio Santos, o baixo de Vítor Pecinini que dita a tendência melódica com acordes balanceados e pulsantes e o som da voz rasgada e drives potentes de Diones Andrade, que impõe à canção a agressividade do estilo e a suavidade da mensagem.

Mais da Rethoryka

A banda existe há 10 anos e lançou profissionalmente seu primeiro single independente “Por você” em 2018, com Arthur de Jesus nos vocais.

Em 2019, já com distribuição da Fluve/Som Livre e contando com os arrojados drives do vocalista Diones Andrade a banda lançou “Graça” que conta também com Di Lining nos vocais.

O single “Sou Nascido” lançado na sequência tem a participação do cantor sertanejo Renato Viana, vencedor do “The Voice -2015”

A irreverência, que é marca da Rethoryka alcançou o worship e a banda ousou, lançando no início de junho o clipe “Ousado Amor” em uma versão do sucesso mundial Reckelles Love.

No mesmo ano a banda lançou “Pedro” que também conta Diego Lining dividindo os vocais com Diones e “Tua Voz”, com um feat do cantor PG, grande referência no rock cristão nacional.

Em 2020 a Rethoryka lançou em áudio a canção “Farol”, o videoclipe “Girassol” uma versão rock in roll da canção de Whyndersson Nunes e Priscilla Alcântara e “Amanhecer” com a participação de Luana Camarah em duas versões, estúdio e acústico.

Todas as canções estão disponibilizadas em áudio nas plataformas de streaming e em vídeo no canal da banda.

A Rethoryka ainda prepara para este ano de 2020 novas canções.

Assista ao videoclipe de “Farol”

Redes

Instagram.com/rethoryka

Facebook.com/rethoryka

http://www.Youtube.com/rethorykaoficial

AL9 Comunicação

PROJETO AMANHECER SINGLE NEW FEAT LUANA

A banda Rethoryka lança, nesta sexta (24) em áudio e vídeo “Amanhecer” um rock moderno com a participação de Luana Camarah, ex vocalista da Banda Malta, referência no rock nacional.

“Amanhecer” é uma canção de esperança, um rock in roll com uma mensagem profunda e atual: depressão.

É muito importante falar sobre, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil, 5,8% da população sofre de depressão, taxa acima da média global, que é de 4,4%. Isso significa que quase 12 milhões de brasileiros sofrem com a doença, colocando o país no topo do ranking no número de casos de depressão na América Latina.

Estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, em todo o mundo, sofram com esse mal. E em 2018 já se previa que até 2020, esta seria a doença mais incapacitante do planeta, na previsão da Organização Mundial da Saúde.

O contexto atual em que vivemos, na esteira do coronavírus e seus desdobramentos, transtornos psicológicos como a depressão já representa uma segunda onda de estragos à saúde. O distanciamento social, a convivência forçada, as incertezas com o futuro e as jornadas triplas (casa/filhos/trabalho) tem intensificado os casos.

Um levantamento feito pela Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) em parceria com o Hospital New Haven, da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostra que os casos de depressão no Brasil aumentaram 90% no intervalo de pouco menos de um mês.

A prevalência de pessoas com estresse agudo subiu de 6,9% para 9,7% (aumento de 40%). Os casos de depressão saíram de 4,2% para 8%. Já os casos de crise aguda de ansiedade foram de 8,7% para 14,9% (alta de 71%)

A importância em se falar do tema é urgente e necessária, a resistência em procurar ajuda em saúde mental pode ser explicada, em parte, pelo preconceito contra as pessoas que têm o transtorno.

O preconceito gera estigma, que só pode ser combatido com conhecimento. O conhecimento gera desmistificação de falsas crenças e estereótipos, fornecendo dados reais acerca da doença e de quem sofre dela. Afinal, as doenças mentais são tratáveis e muitos pacientes se recuperam.

A intenção de “Amanhecer” é trazer uma mensagem de esperança e alento, dizer “Você não está só, há solução e você pode buscar ajuda”, declara Flávio Santos autor da letra e baterista da Rethoryka. A canção é inspirada em experiências pessoais vividas pelo músico. Os arranjos e produção da canção foram feitos pela própria banda e a produção do videoclipe pela Tizzar.

A Rethoryka é uma banda paulista de rock, formada há 10 anos, mas que começou a aparecer no cenário musical em 2017, é formada por Diones Andrade (voz e violão), Di Lining (vocal e guitarra), Vítor Pecinini (baixo e teclado) e Flávio Santos (bateria)

Hoje a banda é agenciada pela AL9 Comunicação e tem seu trabalho distribuído pela Fluve/Som Livre.

A banda lançou profissionalmente o primeiro single “Por você” em 2017 ainda independente.

Em 2019 a banda lançou “Graça” que conta com um videoclipe disponível no canal da banda, já com distribuição Fluve/Som Livre.

Lançou também o clipe “Ousado Amor” uma versão rock n’roll em português do sucesso mundial “Reckless Love”,

E ainda os singles “Sou Nascido” que tem a participação do cantor sertanejo Renato Vianna, vencedor do The Voice 2015, “Pedro” uma balada/rock em áudio e vídeo e “Tua Voz” um hard rock com feat do cantor PG, uma referencia no rock nacional, com clipe no canal da banda.

Em 2020 a Rethoryka lançou “Farol” um rock pesado e potente, e “Girassol” uma versão rock in roll da canção de Whyndersson Nunes e Priscilla Alcântara.

Ouça “Amanhecer” nas plataformas digitais e o clipe no Youtube

https://fluve.lnk.to/Amanhecer

Redes

Instagram.com/rethoryka

Facebook.com/rethoryka

Youtube.com/rethorykaoficial

 

AL9 Comunicação