Posts com Tag ‘Pedrada At Home’

mail (23)

Março de 2020. Tão logo inicia o período de distanciamento social, um time de produtores entusiastas da cena rock une suas vivências e energias para organizar e promover um festival online de rock autoral, o Pedrada At Home. Já em sua 4ª edição, que ocorre entre dias 06/07 e 12/07, esse projeto é referência por agregar diversas apresentações musicais especialmente desenvolvidas para o evento, entrevistas ao vivo e uma programação de palestras com profissionais de destaque em suas atuações sociais e no mercado cultural.

O Pedrada At Home viabiliza que artistas solo e bandas autorais de todas as vertentes do rock – blues, hard, pop, folk, indie, metal, progressivo… – aproveitem as possibilidades do mundo digital para interagir com seus fãs, alcançar um público mais amplo e oxigenar a própria criatividade, ao conectar-se a outros projetos.

Inclusive, para essa edição #4, trazemos uma grande novidade: a participação de artistas de fora do Brasil também, que se inscreveram a partir do projeto Uma Banda Por Dia, parceiro do Pedrada. Ou seja, desde a primeira edição, o festival ultrapassa paredes e distâncias em nome da arte e do entretenimento, neste momento em que a proximidade se tornou tão preciosa, e a cultura serve como alento.

Os shows acontecem sábado e domingo, das 18h às 22h. A cada dia, ocorrem 12 apresentações, totalizando 24 trabalhos selecionados e 8h de transmissão por edição. O formato é de entrevista ao vivo de cerca de 5 minutos com, pelo menos, um dos integrantes, seguidos de 15 minutos de show em média, totalizando aproximados 20 minutos de participação.

Desde a edição #2, a entrevista segue ao vivo, gerando proximidade com o público, mas a apresentação passou a ser pré-gravada, a fim de garantir melhor qualidade no momento da transmissão. Vale ressaltar que nossa fórmula também permite aos músicos organizarem-se melhor, cada um gravando em seu tempo, e participarem com mais interação na hora do evento.

No somatório das três primeiras edições, tivemos mais de 180 inscritos, e a equipe responsável pela curadoria teve bastante trabalho, devido à quantidade de ótimos projetos envolvidos. Entre os participantes do Pedrada At Home #1, Johnny Monster, Drenna, Laura Zennet, Jonnata Doll & Os Garotos Solventes, Nebulosa, Taboo, Manni Moritz, Lowd e Melyra.

Já no Pedrada #2, apresentaram-se Deia Cassali, Bit Beat, Arnaldo Brandão, Astro Venga, Carcinosi, Thamiris Mello, Leela, Facção Caipira, Nove Zero Nove e outros destaques.

No Pedrada At Home #3, tivemos Hipertrópico, Chucky Ramyrez, Centropia, Alan James, Libenter, Der Baum, Radio Front, O Bastardo Maldito e Caverjets entre os selecionados. Confira o line up completo das edições anteriores e os registros em vídeo no nosso canal no Youtube, https://www.youtube.com/c/pedradarocks, como esquenta para os próximos shows, que acontecem nos dias 11 e 12 de julho.

Enfatizamos que o preenchimento do formulário de inscrição é indispensável, e as bandas selecionadas possuem prazo para enviar material promocional, como release, fotos e links, bem como a gravação do show, para assegurar a participação.

Rock e conteúdo andam juntos.
Por isso, durante a semana que antecede o festival, o Pedrada sempre oferece uma programação de palestras ao vivo sobre assuntos relevantes à música, cultura e sociedade: nas edições anteriores, tivemos gestão de carreira (Alexandre Artioli); direitos autorais (Dra. Deborah Sztajnberg); rock como cidadania (Léu Oliveira); redes sociais e o mercado atual (Clemente Magalhães); as FMs e o rock (Bruno Azevedo); direcionamento artístico (Felipe Rodarte); o papel feminino na música (Julianne Lima); plataformas de streaming (Sheila Guimarães); gestão de espaços culturais (Paulo Lopez); privilégio branco na música (Luciano Dom); direção de arte e as novas mídias (Constança Scofield); os desafios do marketing musical (Geovane Bento).

Para a edição #4, a partir de 06/07, recebemos Marcelo Kischinhesky (influências das emissoras de rádio no mercado da música e do rock); Rafa Franco (produção e técnica de estrada); Balaio (transexuais no rock); Drê Ferreira (a importância da construção da persona para as bandas). É muita informação qualificada e gratuita, ao vivo com espaço para perguntas e disponível para rever a qualquer momento no nosso canal no Youtube.

De forma voluntária, o time que coloca toda essa engrenagem para funcionar é formado por produtores e equipe técnica de diferentes estados, como RJ, SP e RS, de larga experiência com produção musical e eventos dos mais diferentes portes e formatos. Inclusive, a equipe presta atenção especial à diversidade, como projetos de fora do eixo RJ-SP, que incluam integrantes não-brancos e mulheres. A propósito, elas são maioria no Pedrada.

Pedrada At Home tem as seguintes missões: oferecer oportunidade e visibilidade a novos talentos junto ao público e à mídia; promover uma experiência sonora e cultural cada vez mais completa e instigante, com interação e engajamento entre quem pensa a música, quem vive dela e quem a consome; fortalecer a cena autoral e independente; facilitar o intercâmbio entre artistas de diferentes sonoridades e regiões, tanto do Brasil quanto mundo afora; apoiar causas sociais e beneficentes.

O momento exige, a paixão pela música nos move. Acreditamos, sobretudo, que o rock precisa unir-se. Assim, para viabilizar todo esse movimento, do núcleo do festival nasceu o Pedrada Rocks: um coletivo inovador e focado no desenvolvimento de oportunidades na música, que abraça a necessidade de integrar, impulsionar e revolucionar o que há de melhor no cenário autoral a todos que buscam informação e possibilidades dentro do rock. Para isso, o Pedrada Rocks atua em diversos formatos – festival, podcast e programa de TV – junto a artistas, produtores e veículos de comunicação, para construir um espaço consistente no mercado e ter um maior alcance, tanto entre os amantes do gênero, quanto o público sedento por novidades e na própria mídia.

Estamos cada vez mais engajados em seguir adiante com os frutos do Pedrada. E quem sabe, em breve, levar o festival aos palcos da vida também. Mas isso já é tema para um próximo capítulo. Afinal, já que o Rock não para, o nosso tempo é agora! Contamos com você!

Acompanhe a programação completa nas redes oficiais:
Youtube: https://www.youtube.com/c/pedradarocks
Instagram: @pedradarocks
Facebook: https://www.facebook.com/pedradarocks/

Na Beira do Palco

mail (1)

Com objetivo de valorizar a indústria de rock independente, a terceira edição do festival online Pedrada at Home trouxe um ciclo de palestras com temática focada no mercado musical, além de apresentação de vinte e quatro bandas ao longo de um fim de semana. O evento recebeu palestras de Paulo Lopez, Luciane Dom, Constança Scofield e Geovane Bento. Toda a programação foi transmitida ao vivo através do YouTube e segue disponível no canal do Pedrada at Home.
 

Assista as palestras da terceira edição do Pedrada at Home:

PAULO LOPEZ – Gestão de espaços culturais e projeções pós-pandemia
https://www.youtube.com/watch?v=OJRIzhkvub0

LUCIANE DOM – O provilégio branco na música
https://www.youtube.com/watch?v=aeQKkyGbKYE

CONSTANÇA SCOFIELD – Direção de arte
https://www.youtube.com/watch?v=O1B0gqsg1Z4

GEOVANE BENTO – Estratégias para music business
https://www.youtube.com/watch?v=ZVnY7hogGB0

Sobre o Pedrada at Home:
Pedrada At Home nasceu em março de 2020, inspirado nos festivais online surgidos para difundir a música durante a quarentena, período no qual tantos shows foram adiados e até cancelados. Estamos em casa, público e artistas, mas dispomos das novas tecnologias para ajudar a diminuir esse nosso isolamento mais do que necessário.

O Pedrada At Home permite que bandas e artistas solo autorais do Brasil inteiro e de todas as vertentes do Rock – blues, hard, pop, folk, indie, progressivo, metal… -, direto de suas residências e em formato intimista, usem do mundo digital para interagir com seus fãs, atingir um público mais amplo e oxigenar a própria criatividade, ao conectar-se a outros projetos.

Ou seja, desde a primeira edição, o Pedrada ultrapassa paredes e distâncias em nome da arte e do entretenimento, neste momento em que a proximidade se tornou tão preciosa, e a cultura serve como alento.

 

Monique – Na Beira do Palcp

programacaopedrada_shows

A terceira edição do festival online Pedrada at Home começará na próxima segunda-feira (01/06). Com objetivo de valorizar a indústria de rock independente, o evento traz um ciclo de palestras com temática focada no mercado musical, além de apresentação de vinte e quatro bandas ao longo do fim de semana. De segunda a quinta, sempre às 19h, a terceira edição conta com palestras de Paulo Lopez, Luciane Dom, Constança Scofield e Geovane Bento. Toda a programação será transmitida ao vivo através do YouTube pelo link: https://bit.ly/PedradaYoutube

O festival conta com um line up de bandas de diversos estilos dentro das vertentes do rock e do metal. O formato online contribui com a diversidade do evento, que permite a interação entre artistas de várias partes do país. “Nossa intenção é revelar artistas e conectá-los ao trabalho e ao público uns dos outros, gerando uma rede que pode fortalecer o nosso mercado e perdurar após a quarentena. Com as palestras, visamos também pontuar as dificuldades de gerenciamento de carreira dos músicos e profissionalizá-los, aumentando a qualidade da produção musical do país”, explica Monique Ferreira, uma das produtoras do festival.

Confira a programação das apresentações:

SÁBADO, 06/06

18h00 – Pedras Pilotáveis

18h20 – Post Human Sounds

18h40 – Luis Guto D.

19h00 – O Hipertrópico

19h20 – Granmostarda

19h40 – Chucky Ramyrez

20h00 – Centropia

20h20 – 3 Pipe Problem

20h40 – Alan James

21h00 – Greco

21h20 – Luan Bates

21h40 – Libenter

DOMINGO, 07/06

18h00 – Teorias do Amor Moderno

18h20 – Der Baum

18h40 – Radio Front

19h00 – Dois Na Janela

19h20 – Flavinho Cardoso e os Valetes Modernos

19h40 – Salvadores Dali

20h00 – Concreto Armado

20h20 – Big Bear

20h40 – O Bastardo Maldito

21h00 – Conte!

21h20 – Rural Roads

21h40 – Caverjets

 
Sobre o Pedrada at Home:
 
Pedrada At Home nasceu em março de 2020, inspirado nos festivais online surgidos para difundir a música durante a quarentena, período no qual tantos shows foram adiados e até cancelados. Estamos em casa, público e artistas, mas dispomos das novas tecnologias para ajudar a diminuir esse nosso isolamento mais do que necessário.

Pedrada At Home permite que bandas e artistas solo autorais do Brasil inteiro e de todas as vertentes do Rock – blues, hard, pop, folk, indie, progressivo, metal… -, direto de suas residências e em formato intimista, usem do mundo digital para interagir com seus fãs, atingir um público mais amplo e oxigenar a própria criatividade, ao conectar-se a outros projetos.

Ou seja, desde a primeira edição, o Pedrada ultrapassa paredes e distâncias em nome da arte e do entretenimento, neste momento em que a proximidade se tornou tão preciosa, e a cultura serve como alento.

Os shows acontecem sábado e domingo, das 18h às 22h. A cada dia, ocorrem 12 apresentações, totalizando 24 trabalhos selecionados e 8h de transmissão por edição. O formato é de entrevista ao vivo de cerca de 5 min com, pelo menos, um dos integrantes, seguidos de 15 minutos de show em média, totalizando aproximados 20 minutos de participação. Lembrando que o evento é essencialmente voltado a repertório autoral.

No somatório das duas primeiras edições, tivemos mais de 120 inscritos, e a equipe responsável pela curadoria teve bastante trabalho, devido à quantidade de ótimos projetos envolvidos. Entre os participantes do Pedrada #1, podemos citar Johnny Monster, Drenna, Laura Zennet, Jonnata Doll & Os Garotos Solventes, Nebulosa, Taboo, Manni Moritz, Lowd e Melyra.

Já no Pedrada #2, tivemos Deia Cassali, Bit Beat, Arnaldo Brandão, Astro Venga, Carcinosi, Thamiris Mello, Leela, Facção Caipira, Nove Zero Nove, entre vários outros. Vale conferir o line up completo das edições anteriores e os registros em vídeo no nosso canal no Youtube, como esquenta para a próxima Pedrada, que acontecerá nos dias 06 e 07 de junho.

Desde a edição #2, investimos em um novo formato: a entrevista segue ao vivo, gerando proximidade com o público, e a apresentação passa a ser pré gravada, a fim de garantir melhor qualidade no momento da transmissão. Vale ressaltar que nossa fórmula também permite aos músicos organizarem-se melhor, cada um gravando em seu tempo, e participarem com mais interação na hora do evento.

Rock e conteúdo andam juntos. Por isso, durante a semana que antecede o festival, o Pedrada sempre oferece uma programação de palestras ao vivo sobre assuntos relevantes à música e cultura, com convidados referência em cada tema: gestão de carreira (Alexandre Artioli), direitos autorais (Dra. Deborah Sztajnberg), rock como cidadania (Léu Oliveira), redes sociais e o mercado atual (Clemente Magalhães), as FMs e o rock (Bruno Azevedo), direcionamento artístico (Felipe Rodarte), o papel feminino na música (Julianne Lima) e plataformas de streaming (Sheila Guimarães). Informação diversificada, de qualidade e gratuita.

Importante também destacar que, no decorrer da programação, realizamos campanha de doações junto ao público a favor da ONG Cine & Rock, que promove a inclusão social de crianças e adolescentes através de ações culturais e esportivas. 100% do valor recolhido é direcionado ao projeto.

Tão logo encerra a etapa de curadoria, são divulgadas a programação de palestras, bem como as atrações musicais da respectiva edição. Fundamental enfatizar que as bandas selecionadas possuem prazo para enviar material promocional, como release, fotos e links, e a gravação do show, para assegurar a participação.

De forma voluntária, o time que coloca toda essa engrenagem para funcionar é formado por produtores e equipe técnica de diferentes estados, como RJ, SP e RS, de larga experiência com produção musical e eventos dos mais diferentes portes e formatos. E as mulheres são maioria no Pedrada.

Pedrada At Home tem as seguintes missões: oferecer oportunidade e visibilidade a novos talentos junto ao público e à mídia; promover uma experiência sonora e visual cada vez mais completa e instigante, com interação e engajamento entre quem pensa a música, quem vive dela e quem a consome; fortalecer a cena autoral e independente; facilitar o intercâmbio entre artistas; apoiar causas sociais.

Acreditamos, sobretudo, que o Rock precisa unir-se. Para isso, precisamos trabalhar juntos, produtores e artistas, para construir um espaço consistente no mercado e ter um maior alcance, tanto entre amantes do estilo quanto os sedentos por novidades.

O momento exige, a paixão pela música nos move. Por isso, o objetivo é seguir adiante com o projeto At Home, com profissionalismo e energia. E quem sabe, quando a quarentena tiver passado, levar o Pedrada aos palcos da vida. Mas isso já é tema para um próximo capítulo. Afinal, já que o Rock não para, o nosso tempo é agora!

Acompanhe a programação e todos os detalhes em nossas redes oficiais:

Instagram: @pedradaathome

Facebook: https://www.facebook.com/pedradaathome/

Youtube: https://bit.ly/PedradaYoutube