Posts com Tag ‘O Terço’

image00131

Enquanto a banda Terço prepara o seu novo trabalho com Flávio Venturini e Sérgio Magrão, Sérgio Hinds e Cezar de Mercêsresolvem fazer uma turnê com um show semi-acústico tocando os Rocks Rurais do Terço e da dupla Sá e Guarabira. Eles sempre caminharam juntos tocando, compondo e gravando. Sá e Guarabira, por exemplo, gravaram com O Terço o disco “Nunca”. Com 20 CDs, 3 DVDs e 1 Blu Ray 3D gravados ao longo da carreira musical, Sergio e Cezar fazem , dia 2, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca, em 2 horários: às 17h e às 20h.

O show “Dois Terços de Rock Rural” preparado pra o Rival Petrobras em parceria com a Banca do Blues contém as principais músicas acústicas da banda e da dupla e que originaram o Rock Rural. Além das músicas contam histórias engraçadas da relação estreita que tiveram com Sá, Guarabira e o maestro Rogério Duprat quando trabalharam e gravaram juntos no Estúdio Vice e Versa do Duprat em São Paulo.


Serviço

Data:02/02/2019
Local: Centro da Música Carioca Artur da Távola
Endereço: Rua Conde de Bonfim, 824
Horário: em dois horários: 17h e 20h
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada)

Fonte: SG Assessoria de Imprensa

image001 (1).jpg

Enquanto a banda Terço prepara o seu novo trabalho com Flávio Venturini e Sérgio Magrão, Sérgio Hinds e Cezar de Mercês resolvem fazer uma turnê com um show semi-acústico tocando os Rocks Rurais do Terço e da dupla Sá e Guarabira. Eles sempre caminharam juntos tocando, compondo e gravando. Sá e Guarabira, por exemplo, gravaram com O Terço o disco “Nunca”. Com 20 CDs, 3 DVDs e 1 Blu Ray 3D gravados ao longo da carreira musical, Sergio e Cezar fazem show em única apresentação no Teatro Rival Petrobras, na Cinelândia, no dia 24 de novembro, sábado, às 19h30.

O show “Dois Terços de Rock Rural” preparado pra o Rival Petrobras em parceria com a Banca do Blues contém as principais músicas acústicas da banda e da dupla e que originaram o Rock Rural. Além das músicas contam histórias engraçadas da relação estreita que tiveram com Sá, Guarabira e o maestro Rogério Duprat quando trabalharam e gravaram juntos no Estúdio Vice e Versa do Duprat em São Paulo.


Serviço

Teatro Rival Petrobras

Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro.

Data: 24 de novembro (Sábado).

Horário: 19h30.

Abertura da casa: 18h.

Ingressos: R$ 50,00 (Inteira), R$ 35,00 (promoção para os 100 primeiros pagantes), R$ 25,00 (meia-entrada).

Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/Ingressos2z0P23j.

Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h

Censura: 18 anos.

www.rivalpetrobras.com.br

Informações: (21) 2240-9796.

Capacidade: 350 pessoas.

Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo

Fonte: SG Assessoria de Imprensa

O Show é uma mostra de algumas obras não tocadas há 30 anos e outras que não fazem parte do set list atual do Terço, como: Lagoa das Lontras, Adormeceu, Deus, Gente do Interior, Mudança deTempo, a obra Amanhecer Total com 6 movimentos, Blues do Adeus e outras. Muitas foram escolhidas baseadas em pedidos feitos pelos fãs durante os últimos shows e pesquisa feita no facebook.

Também será uma homenagem a um dos fundadores do Terço Jorge Amiden que faleceu recentemente no dia 28/06/2014.

Dois Terços:

Sérgio Hinds www.sergiohinds.com, www.oterco.com.br e Fred Barley www.fredbarley.com baterista, dividem o palco com Silvio Izy http://www.silvioizy.com.br baixista e Davis Esposito, francês filho de italianos, nos teclados.

Eles interpretam os arranjos originais das gravações da época.

Releases:

“SÉRGIO HINDS” www.sergiohinds.com (guitarrista do grupo O Terço e do 3HD)

Considerado na década de 70 como o melhor guitarrista de rock progressivo do Brasil, mas também respeitado no cenário da MPB, Sérgio Hinds, traz para o cenário musical a magia dos anos 70 sob olhar dos anos 2000.

Ganhou festivais como o de Juiz de Fora e Belo Horizonte. Classificou-se por duas vezes em terceiro e quarto lugares respectivamente no Festival Internacional da Canção. Durante 15 anos fez de 150 a 200 shows por ano em grandes ginásios lotados pelo país afora. Também conseguiu o recorde de público com “O Terço” (11000 pessoas) no Luna Park em Buenos Aires. Além de fazer shows no Miden em Canes (França) e em outros lugares da Europa. Foi convidado especial do festival de rock progressivo na UCLA em Los Angeles. Tem 19 Cds gravados e 2 DVDs, sendo um com uma sinfônica de 70 músicos, com arranjos de Rogério Duprat e

regência de Julio Medaglia e outro recente ao vivo com “O Terço” que foi lançado pela gravadora Som Livre e o novo Blu Ray full HD surround em 3D preste a ser lançado.

Guitarrista e cantor do 3HD, grupo novo com um CD lançado pela Movie Play. Também acompanhou artistas como: Ivan Lins,Belchior, Sá e Guarabira e Donny Nichilo (bluseiro de Chicago) “Fred Barley”http://www.fredbarley.com (atual baterista do Terço) é um músico conhecido no cenário musical paulista, atuando há mais de quinze anos na Capital como músico e professor.

Com vasta experiência internacional já se apresentou em todo o Brasil (principais capitais e grandes cidades), Europa (Itália, Mônaco, Espanha, Grécia, Croácia, França, Turquia), África (Marrocos, Egito), Américado Sul (Ilhas Falkland, Argentina, Uruguai, Chile) e até Antártica. Já trabalhou com grandes nomes da música brasileira e internacional, como Daevid Allen (Gong/Soft Mcahine)-USA, University of Errors-USA, Klaus Blasquisz (Magma)-FRA, Juanjo Hermida-ARG, Grooveline-USA, Amilton Godoy (Zimbo Trio), Daniela Mercury, Marina Lima, Vinícius Dorin, Gabriel Sater, Edgard Scandurra (IRA!), The Central Scrutinizer Band, Fábio Golfetti, Violeta de Outono, Manito (Os Incríveis), Chico Oliveira (Jô), Yessongs, Groofboogaloo, Trincheira, JulianoLemos, Vehlotrol, Compacta Trio, CBS Tap Factory, Hispalis Cia de Flamenco.

Citado na revista Modern Drummer Brasil nº17 na reportagem “Histórias da Bateria Brasileira”, por Zé Eduardo Nazário, ao lado dos maiores nomes da bateria brasileira como Cuca Teixeira, Alaor Neves, Ricardo Confessori, João Barone, entre outros.

“Silvio Izy” www.silvioizy.com.br (baixista do 3HD) compositor, cantor, instrumentista, arranjador e produtor musical. Com 25 anos de experiência, Já atuou nas áreas de shows ao vivo, produção e gravação de discos e trilhas sonoras para vídeos e peças de teatro.

Trabalhou junto a nomes como; Fafá de Belém, Angélica, Arnaldo Saccomani, Fernando Deluqui ( R P M ), entre outros. Já tocou em bandas como – Eclipse, Interpol, Califórnia Country, S. O. S. Alkatraz, The Noni Brothers e Rock Memory entre outras. Gravou e lançou os CDs; “Metal Rock” pela RGE e osindependentes, “Signos” e “Âmago”.

“Davis Esposito” francês filho de italianos que vive na Itália desde criança, tecladista completo, jazz, rock, pop, programador e arranjador. Foi músico de vários artistas famosos italianos e já tocou em vários países.

 

Serviço: SERGIO   HINDS

Teatro Rival Petrobras
Dia  2 de outubro, quinta-feira, às 19h30
Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia

Preço:

Setor A / Mezanino:

R$ 70 (Inteira)
R$ 35 (Estudante / idoso / professor da rede municipal)

Setor B:

R$ 60 (Inteira)
R$ 40 (Promoção para os 200 primeiros pagantes)
R$ 30 (Estudante / idoso / professor da rede municipal)

Classificação: 16 anos

Capacidade: 458 lugares

Fonte: Assessoria de Imprensa Teatro Rival Petrobras – Sheila Gomes