Posts com Tag ‘News’

mail.jpg

As announced a few weeks ago and about two years after the release of their debut full-length record ‘This Fall Shall Cease’, doom/post-hardcore/sludge mammoths LETHVM just released their new album called ‘Acedia’ and out now for LP, tape & Digital through Dunk!recordsDenses Record & I For Us Records.

In addition to the official release-news, the band also shared an official music video illustrating the song “Ananké”, available on YouTube while the full-record is also up for streaming on Bandcamp.

“Acedia has been composed during a long period. Approximatively just after the release of our first album “This Fall Shall Cease”, we were composing the first riffs of Acedia. It took about a year and a half to write every songs.
Then, we decided to make a selection over all the songs composed to try to make an album as logical, as strong, as meaningful as possible.” (LETHVM)

Stream the whole album on Bandcamp

Buy your LP copy on Dunk records
___
…For the record…

LETHVM, a Belgian band formed in 2015 evolves in a heavy and torn atmosphere, between devastation and candor. The four members draw their influences in the darkness of life by inserting beauty, rage and melancholy in their melodies.

Lêtum, i, n : Dead, defund, erosion, ruined, destruction

After the release of their first EP ‘affable érosion’ in 2016, the band hits the road across Belgium and France playing alongside bands like Bathshiba, Regarde Les Hommes Tomber, Swart Crown, Telepathy, Plèvre…

Throughout the same year, the band composes their first album ‘This Fall Shall Cease’ who was recorded in May 2017 by Nicola Lomartire at Noise Factory Studio in Namur.

The Band searches to transcribe the dark atmosphere that sweats during their live performances and adds the musical richness allowed by the studio sessions. The album gets a strong identity, but also tries to throw a new eye on the underground music world.

For fans of AmenRa, Celeste, early-Cult Of Luna, Hexis, Neurosis…

Domino Media Group

 

I Hear The Voice - Cover Art.png

A banda pernambucana Prelúdio X lança neste dia 15/10 o lyric vídeo para o seu novo single, que tem por nome ‘I Hear The Voice’.

Gravado no home studio do vocalista Leandro Silva no mês de setembro, e com produção,mixagem e masterização por conta da banda, “I Hear The Voice” mostra uma nova fase da Prelúdio X para o público, pois além da evolução natural da composição em relação as faixas apresentadas no EP ‘Triunfo da Vida’, o grupo agora resolveu apostar no inglês, visando conseguir uma promoção ainda melhor do que a que já vem acontecendo no mercado internacional.

Leandro ainda diz que “estamos muito satisfeitos com o resultado obtido. Mesmo com  as falhas e dificuldades que apareceram, o fato de  ser um material totalmente produzido e gravado pela gente muito nos alegra”.

“I Heart The Voice” teve a capa feita pelo guitarrista Gerson Souza (responsável também pelo lyric vídeo), e será uma das faixas presentes no álbum cheio que está sendo gravado e que tem previsão de lançamento para o ano que vem. 

Você pode conferir a música no link abaixo:

– – –

Streaming

Spotify: https://spoti.fi/2Nwc8Hy

Deezer: https://bit.ly/2U9pdcc

Youtube Music: http://bit.do/eJPXS

Amazon Music: https://amzn.to/2EtLYlC

iTunes: https://apple.co/2SYgflx

– – – 

Prelúdio X é: 

Leandro Silva – Vocal

Gerson Souza – Guitarra

Cristiano dos Santos – Baixo

Jorgeano Abreu – Teclados

Tarcílio Soares – Bateria

– – –

Contatos: 

Facebook: facebook.com/officialpreludiox

E-mail: officialpreludiox@gmail.com

Instagram: @preludioxofficial

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCEGQ6gVVrQBfAAX7uC_paDg

– – –

Fonte: Lex Metalis Assessoria

Preto no Metal - Press2.jpg

O projeto PRETO NO METAL será uma reunião de fotografias de músicos negros atuantes no cenário Heavy Metal no Rio Grande do Sul, que resultará em uma exposição de Artes Visuais e um documentário, retratando a realidade destes artistas em um contexto de ainda pouca apropriação étnica versus estilo musical. Historicamente, a música “pesada”, nesse projeto representada pelo estilo Heavy Metal, contou com poucos nomes de personalidades negras, tanto no Brasil quanto internacionalmente. Na região Sul do Brasil, essa representatividade é ainda menor, por ser uma região de colonização predominantemente europeia.

O objetivo principal do projeto é proporcionar ao negro uma forma de ter voz ativa no Heavy Metal e, assim, fomentar o seu ingresso nesse cenário, incentivando-o a ter uma carreira na música pesada, seja como músico instrumentista, vocalista ou ainda produtor musical. O projeto surgiu quando a fotógrafa Indy Lopes captou algumas imagens de um músico negro atuante no cenário da música underground em Porto Alegre para compor seu portfólio. Após o ensaio, juntamente com alguns amigos, surgiu a ideia de realizar um ensaio fotográfico somente com músicos negros atuantes na cena Heavy Metal e transformar este material em uma exposição de Artes Visuais. Essa simples sugestão, inicialmente despretensiosa, deu espaço para vários questionamentos quanto à participação dos negros nesse estilo musical e permitiu vislumbrar a criação de um projeto cultural com a intenção de enaltecer sua maior participação no mundo da música pesada, proporcionando reflexões e diálogos que levem à sua representatividade.

MISSÃO

Elucidar a realidade atual de baixa participação e adesão efetiva do negro no estilo musical Metal, gerando questionamentos na sociedade e criando ao final uma nova proposta cultural na qual o negro sinta-se completamente integrado e devidamente representado nesse estilo musical e na sociedade.

VISÃO

Ser um projeto sociocultural de referência para toda a sociedade no debate da questão da negritude, estilo musical Metal e sua inserção na atualidade, criando assim uma nova proposta cultural.

VALORES

Ações éticas, respeito às diferenças, responsabilidade social, questionamentos sem julgamentos, respeito a todos, dentro e fora do projeto.

OBJETIVOS

• Promover a discussão sobre a falta de representatividade do negro no Metal, discutindo com a sociedade os possíveis motivos desse cenário e questionando a atual realidade do envolvimento do negro no Metal.

• Realizar ações socioculturais para mostrar, questionar, discutir e mudar o atual cenário de baixa representatividade do negro no estilo musical Metal.

• Expor a falta de negros no meio do Metal, levantar essa discussão e incentivar   mais negros a entrarem nesse espaço, através da representatividade.

• Propiciar que mais artistas negros sejam incentivados a começar uma carreira musical dentro do estilo Heavy Metal, sentindo-se mais representados.

Diante desta iniciativa e com estes objetivos definidos acima, um grupo de amigos profissionais das artes, como da Fotografia, Cinema, Publicidade, Produção Cultural e da Música, formaram o Coletivo L.I.V.R.E., que está dando voz ao projeto, elevando o questionamento desta falta de representatividade cultural e étnica no Metal. O projeto visa desmistificar o pensamento de muitas pessoas que insistem em apontar a distinção entre etnia, gênero ou condição social quando se trata da apropriação das Artes, especialmente no Heavy Metal, que é o mote deste projeto. O Projeto Preto no Metal tem como idealizadores e responsáveis Indy Lopes, Dênis Lapuente e Lohy Silveira.

A exposição do projeto PRETO NO METAL contará com um ensaio fotográfico com imagens captadas de músicos negros atuantes na cena Heavy Metal no Rio Grande do Sul. Será realizado também um bate papo com as pessoas envolvidas no projeto. Este material será exibido gratuitamente na próxima semana, nos dias 23 e 24 de outubro, na Casa Obscura (Rua Garibaldi, 776), em Porto Alegre/RS. Em ambas as datas, quarta e quinta-feira, a exposição estará aberta ao público a partir das 19h.

Confira mais detalhes no evento:

https://www.facebook.com/events/518838422242328/

Créditos da foto: Indy Lopes

Contatos:

Facebook: www.facebook.com/pretonoMetal

Instagram: www.instagram.com/pretonoMetal

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press

file1 (1).jpg
Swiss black metallers EVANGELION have released their first official sign of life with the “Sacro Macello” EP, which is set to be released via Auric Records on November 8th, 2019.

This is the first part of a conceptual work dealing with the 30-year war. Written 20 years ago, the 20 minutes of music inside of “Sacro Macello” breathes the spirit of the 90s: epic melodies and sacral atmospheres that will please any fan of bands like Dissection or Dawn.

Links:
https://youtu.be/b5alk7XKxrk
http://www.auricrecords.net
https://auricrecords.bandcamp.com
https://auricrecords.bandcamp.com
https://www.facebook.com/Auric.Records.Zurich
https://www.facebook.com/EvangelionISDoom/

Against PR

AriseCover.jpg

O multi-instrumentista curitibano Julian Barg é uma daquelas pessoas que verdadeiramente ama a música e demonstra muito dessa paixão em diversas incursões pelos mais variados caminhos e vertentes.

A mais nova aposta do músico é o projeto Demaverix, que mistura influências do hard rock e heavy metal em geral, juntamente com a veia artística característica do músico, que não só  gravou todos os instrumentos e fez todos os vocais como também repetiu a parceria feita com  Edson Borth na mixagem e masterização (feita nas dependências do Sonoriq Studios), anteriormente acontecida no projeto Dawn Turbo.

Um EP ainda inomeado já está nos preparativos finais para ser lançado nos próximos meses, mas já é possível conferir uma prévia do material através do single ‘Arise’, que nos brinda com uma capa feita pelo canadense Steven Stahlberg.

‘Arise’ está disponibilizado tanto no Youtube como na maioria das plataformas digitais de streaming e pode ser conferido nos links abaixo:

Youtube: 

https://ditto.fm/arise

– – – 

 Demaverix é:

Julian Barg: Vocais, guitarras, baixo, teclados e programações

– – –

 Julian Barg é representado por:

Mooer Audio Brazil;

Vox Amplification Brazil.

– – –

Canais  Demaverix

Instagram: @demaverix

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC8vKoNoETju5AmBpWKfQAxg

– – – 

Fonte: Lex Metalis Assessoria

792972.jpg

“Pulse?”, defined by Algebra: «This album is a story about who we are and where we are going, building upon the themes from our previous albums and the meaning of our name Algebra: The Universe is all mathematics, therefore those who control the data and know how to use it have the power. This discovery has been in the hands of humanity for centuries and is now, more than ever, propelling our evolution, growth and inequalities. This makes us even more constrained by selfishness and anxiety, on a planet with limited space and resources. We are now worrying and ineffectively talking about sustainability, but the majority of us do not want to give up earning more, a more luxurious lifestyle and more kids. Likewise, companies, organizations and nations do not want to give up their goals of being number one, otherwise they will get crushed by the others.

“Humanity has been worried about the end of the World for millennia, but soon we will not even be able to hang onto hope, since we have increasingly better data and studies to prove climatic, economic and political disasters are near. In these times, we might turn to new religions, praying for technology and artificial intelligence to solve all our problems, when in fact it centralizes power even further and, some day, could even lead to a Singularity that will replace us or maybe an even worst “sci-fi” scenario: use the data from our consciousness to resuscitate us and trap us in a simulation. However, according to simulation theory, this may already be the case and, if so, it would be a great explanation for existence, where God is a Singularity without empathy and we are just data and code.

The goal of these lyrics were to try and make some sense of the World and use these ideas to create an album which can lead to positive outcomes and satisfaction, such as connecting with others who are also feeling a bit lost.”

Line-up:
Ed: vocals and lead guitar
Phil: rhythm guitars
Mat: bass
Tony: drums and acoustic guitar

Country: Switzerland
Genre: Thrash Metal

Links:

https://unspeakableaxerecords.bandcamp.com/album/pulse
https://www.facebook.com/Algebrathrash/
https://www.instagram.com/algebrathrash/
https://www.youtube.com/c/algebrathrashband

 

Against PR

file2 (1).jpg
The vampiresque dark rockers Vampyromorpha will spread their wings under the MDD banner! Jim Grant and Nemes Black have finished the work on their second album and will unleash it to mankind later this year. Entitled “Herzog”, the new album will be released on November 29th with a load of darkness. You can expect 8 songs of depressive doom rock with a playing time of almost 40 minutes. Be prepared, and scared!

Against PR