Posts com Tag ‘Hammathaz’

A Som do Darma é uma produtora cultural especializada em gestão de carreira que soma mais de 25 anos de experiência. Atualmente conta com 16 artistas em seu cast, entre elas as bandas Hellish War, Warshipper e Hammathaz que fazem shows neste fim de semana.

HELLISH WAR em Várzea Paulista/SP
O Hellish War é considerado um dos grupos de heavy metal tradicional mais relevantes do Brasil. Recentemente a banda realizou uma turnê no Brasil ao lado do Steve Grimmett’s Grim Reaper e Brave, onde esteve promovendo seu mais recente álbum, “Wine OF Gods”, financiado pelo Proac Editais.

“Wine OF Gods” é apontado por imprensa e público como um dos melhores trabalhos da carreira do quinteto paulista. Além de ter ficado entre os cinco álbuns mais vendidos da loja Die Hard, “Wine Of Gods” colecionou elogios de alguns dos mais importantes jornalistas e críticos de rock do país: “Melhor álbum do Hellish War!” (Leandro Coppi – Roadie Crew); “Uma aula de como se fazer o estilo” (Vitor Franceschini – Arte Metal); “Assombroso no quesito música de qualidade” (Celso Lopes – Rumors Mag). Entre as dez faixas que compõe o disco, “Warbringer” traz a participação especial de Chris Boltendahl do Grave Digger.

Fará parte da turnê deste álbum o show que o Hellish War realiza neste sábado, dia 06 de Agosto, no Bar Phomet em Várzea Paulista/SP. O show está programado para começar às 15h e contará com abertura da banda Underfyre. Os ingressos custam R$ 20,00 e estão à venda pelo Clube do Ingresso: https://bit.ly/3QonqwO. O Bar Phomet fica na Rua São José do Rio Pardo, 360 no Jardim Paulista.

O Hellish War é formado por Bil Martins nos vocais, Vulcano e Daniel Job nas guitarras, JR no baixo e Daniel Person na bateria.

Ouça “Wine Of Gods” nas plataformas digitais:
Spotify: https://spoti.fi/33bJsuG

Deezer: http://bit.ly/2M68TbY

iTunes: https://apple.co/2OFK7RN

Youtube: http://bit.ly/33iVKRX

WARSHIPPER em Belo Horizonte/MG
Com 10 anos de carreira recentemente completados, o Warshipper vive seu melhor momento. Lançado em Agosto de 2020, “Barren…”, terceiro e mais recente álbum do Warshipper, é uma obra da arte grotesca com traços de genialidade. São aqueles raros momentos onde um artista parece planar sob um tempo futuro, dando início a novas vanguardas.

Tal definição é sustentada pela excelente repercussão que o disco obteve na imprensa especializada. Na votação segundo os redatores da Roadie Crew, “Barren…” foi citado entre os “Melhores de 2020” por cinco diferentes colaboradores. Já na votação segundo os leitores da revista, o Warshipper apareceu em três categorias: “Melhor Vocalista Nacional”, “Melhor Baterista Nacional” e “Melhor Baixista Nacional”. “Barren…” também apareceu em outras listas de “Melhores do Ano” como no blog Combate Rock do UOL, Metal Mind Reflections, Rock Master, Rock Breja, Resenhando, Goblin TV, Mundo Metal, etc.

Neste sábado, dia 06 de Agosto, o Warshipper viaja para a capital mineira, Belo Horizonte, para ser uma das atrações do Death Take Us All. O festival acontece no Demotape a partir das 15h e também contará com shows do Drowned, Sepulchral Voice e Double Cross. Os ingressos custam R$ 40,00 e estão à venda pelo Sympla: https://bit.ly/3SprlLn. O Demotape fica na Rua Batista Carneiro, 140, Salgado Filho.

O Warshipper é formado por Renan Roveran (vocal/guitarra), Rodolfo Nekathor (baixo), Rafael Oliveira (guitarra), Theo Queiroz (guitarra/bateria) e Roger Costa (bateria).

Ouça “Barren…” nas plataformas digitais:
Spotify: https://spoti.fi/2YPYPse

Deezer: https://bit.ly/2De7Wv9

iTunes: https://apple.co/2EAejtH

Youtube: https://bit.ly/2ETHR4V

HAMMATHAZ em Marília/SP
O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira! Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio. Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas e artistas renomadas como Angra, Shaman, Ratos de Porão, Mike Portnoy, entre outras. “The One, álbum de estreia do grupo, foi lançado em 2020 pela Voice Music no Brasil e pela Defense Records da Europa. Produzido por Thiago Bianchi, o disco foi indicado na categoria Melhor Álbum Nacional pelos leitores da revista Roadie Crew e ao Prêmio Dynamite 2021 na categoria Melhor Lançamento de Heavy Metal.

Fará parte da turnê de divulgação de “The One” o show que o Hammathaz realiza neste domingo, dia 07 de Agosto, no Cão Pererê em Marília/SP. O show está programado para começar às 17h e também contará com shows do Eternal Putrefaction e Immortuos. Os ingressos custam R$ 10,00 e estarão à venda no local. O Cão Pererê fica na Rua Cel. José Bras, 1627 – Alto Cafezal.

O Hammathaz é atualmente formado por Fernando Xavier (vocal), Thales Stat (guitarra), Rodrigo Marietto (guitarra), Anderson Andrade (baixista) e Lucas Santos (bateria).

Para ouvir “The One”, acesse:

Spotify: http://spoti.fi/2KhledY

Deezer: http://bit.ly/3h02IT8

Apple Music: https://apple.co/38cxaFM

Youtube: http://bit.ly/34qlsq0


Mais Informações:

HAMMATHAZ
www.facebook.com/hammathaz

www.instagram.com/hammathazofficial

WARSHIPPER
www.facebook.com/warshipper  

www.instagram.com/warshippermetal  


HELLISH WAR
www.facebook.com/hellishwar
www.instagram.com/hellishwa
r

Som do Darma

Com produção da Som do Darma, a segunda edição do projeto “Viva o Metal” acontece nesta sexta-feira, dia 15 de Julho, a partir das 20h, no La Iglesia (Rua João Moura, 515 – Pinheiros) em São Paulo. Criado para ser um novo espaço periódico e exclusivo para bandas de heavy metal autoral brasileiras, nesta segunda edição apresentam-se as bandas Drowned, Warshipper e Hammathaz.

Os ingressos estarão à venda no local por R$ 40,00 e também estão disponíveis pelo Clube do Ingresso: https://www.clubedoingresso.com/evento/vivaometal-15-07

HAMMATHAZ
O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira! Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio. Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas e artistas renomadas como Angra, Shaman, Ratos de Porão, Mike Portnoy, entre outras. “The One, álbum de estreia do grupo, foi lançado em 2020 pela Voice Music no Brasil e pela Defense Records da Europa. Produzido por Thiago Bianchi, o disco foi indicado na categoria Melhor Álbum Nacional pelos leitores da revista Roadie Crew e ao Prêmio Dynamite 2021 na categoria Melhor Lançamento de Heavy Metal.

O Hammathaz é atualmente formado por Fernando Xavier (vocal), Thales Stat (guitarra), Rodrigo Marietto (guitarra), Anderson Andrade (baixista) e Lucas Santos (bateria).

Para ouvir “The One”, acesse:

Spotify: http://spoti.fi/2KhledY

Deezer: http://bit.ly/3h02IT8

Apple Music: https://apple.co/38cxaFM

Youtube: http://bit.ly/34qlsq0

WARSHIPPER
Com 10 anos de carreira recentemente completados, o Warshipper vive seu melhor momento. Lançado em Agosto de 2020, “Barren…”, terceiro e mais recente álbum do Warshipper, é uma obra da arte grotesca com traços de genialidade. São aqueles raros momentos onde um artista parece planar sob um tempo futuro, dando início a novas vanguardas.

Tal definição é sustentada pela excelente repercussão que o disco obteve na imprensa especializada. Na votação segundo os redatores da Roadie Crew, “Barren…” foi citado entre os “Melhores de 2020” por cinco diferentes colaboradores. Já na votação segundo os leitores da revista, o Warshipper apareceu em três categorias: “Melhor Vocalista Nacional”, “Melhor Baterista Nacional” e “Melhor Baixista Nacional”. “Barren…” também apareceu em outras listas de “Melhores do Ano” como no blog Combate Rock do UOL, Metal Mind Reflections, Rock Master, Rock Breja, Resenhando, Goblin TV, Mundo Metal, etc.

Esse show do Warshipper no La Iglesia será o primeiro da banda desde a pandemia de Covid-19 e também marcará a estreia de um novo line-up que será anunciado, ao vivo, no palco.

Ouça “Barren…” nas plataformas digitais:

Spotify: https://spoti.fi/2YPYPse

Deezer: https://bit.ly/2De7Wv9

iTunes: https://apple.co/2EAejtH

Youtube: https://bit.ly/2ETHR4V

DROWNED
Um dos grandes nomes do death metal brasileiro, o Drowned surgiu em 1994 e é legítimo representante da cena mineira de metal que é uma das mais relevantes de todo mundo.

Até aqui, são dois EPs, três trabalhos ao vivo e sete discos de estúdio, entre eles alguns clássicos como o debute “Bonegrinder” de 2001, a grande maioria lançados pelo lendário selo Cogumelo Records.

O Drowned já se apresentou em várias regiões do Brasil, participou de importantes festivais como o Porão do Rock em Brasília e fez uma turnê europeia em 2008 com shows na Alemanha, Bélgica, República Tcheca, Áustria e Suíça. A banda volta à São Paulo depois de longos anos sem se apresentar por aqui para promover o novo EP “Confinement By Sickness” gravado pela formação clássica da banda que conta com Fernando Lima (vocal), Rafael Porto (guitarra), Marcos Amorim (guitarra), Rodrigo Nunes (baixo) e Beto Loureiro (bateria).

Ouça “Confinement By Sickness” nas plataformas digitais:

Spotify: https://spoti.fi/3IBVL8H 

Deezer: https://bit.ly/3NVM9Xy

Youtube: https://bit.ly/3uHQmrc

Mais Informações:

HAMMATHAZ
www.facebook.com/hammathaz

www.instagram.com/hammathazofficial

WARSHIPPER
www.facebook.com/warshipper  

www.instagram.com/warshippermetal  

DROWNED
www.instagram.com/drowned_band   

www.facebook.com/DrownedMetal 

Som do Darma

Realizado em Varginha, no sul de Minas Gerais, desde 1998, o Roça ‘N’ Roll é um dos principais festivais de rock e heavy metal do Brasil!

A vigésima edição do Roça ‘N’ Roll, que seria realizada em 2018, foi adiada para 2020 devido a dificuldades operacionais na época. Por conta da pandemia de covid-19, e a possibilidade de incentivo cultural pela Lei Aldir Blanc, a organização decidiu realizar o festival em 2021, de forma online.

O “Roça ‘N’ Roll 2.0” será realizado durante oito dias, de 23 a 30 de Junho, e vai reunir 31 bandas de diversos estilos de rock e metal.

Os shows serão transmitidos, gratuitamente, a partir das 20h pelo canal oficial do Roça ‘n’ Roll no Youtube: https://www.youtube.com/rocanrollfestival

Entre as bandas participantes, estão Uganga, Warshipper, Sunroad, Hammathaz, Suck This Punch e Psychotic Eyes.

UGANGA | Sexta-Feira (25/06) | 20hs
Há mais de 25 anos na estrada, o Uganga é um dos mais relevantes nomes do rock pesado do Brasil. Seu mais recente álbum “Servus” foi eleito como um dos “Melhores de 2019” em mais de 20 votações na imprensa especializada. “Servus” foi parcialmente financiado pela fundação alemã Wacken Foundation, ligada ao importante festival. Em termos de shows e turnês, já percorreram quase todos os cantos do Brasil, fizeram duas turnês pela Europa e já participaram de importantes festivais como April Pro Rock, Goiânia Noise, Festival DoSol, etc.
Instagram (Novo perfil): @ugangaofficial | Youtube: @uganga

WARSHIPPER | Segunda-Feira (28/06) | 20hs
No ano em que completa 10 anos de estrada, o Warshipper vive seu melhor momento. “Barren…”, terceiro e novo álbum da banda, é uma obra da arte grotesca com traços de genialidade, como confirmado pela imprensa especializada. Na votação segundo os redatores da revista Roadie Crew, “Barren…” foi citado entre os “Melhores de 2020” por cinco colaboradores da publicação. Já na votação segundo os leitores, o Warshipper aparece em três categorias. “Barren” ainda ocupou duas vezes o primeiro lugar entre os “Melhores do Ano” e apareceu em mais de 10 listas de outros diferentes veículos.
Instagram: @warshippermetal | Youtube: @warshipperband

PSYCHOTIC EYES | Segunda-Feira (28/06) | 20hs
Relevante nome do death metal paulistano. Conta com mais de 20 anos de carreira. Já lançaram dois discos de estúdio e um EP que mudou a história do metal, já que “Olhos Vermelhos” foi o primeiro registro acústico de death metal da história! O show no Roça N Roll marca o retorno da formação original da banda.
Instagram: @psychoticeyesband | Youtube: @psychoticeyesbrazil

SUNROAD | Terça-Feira (29/06) | 20hs
Veterana banda de hard rock/AOR de Goiânia. São mais de 20 anos de carreira, sete discos lançados, shows por várias regiões do Brasil e exterior, inclusive alguns ao lado de grandes nomes do rock como Joe Lynn Turner, Doogie White, Petra, Stryper, L.A. Guns, Whitecross, Narnia, etc. O Sunroad lança em breve seu novo álbum, “Walking The Hemispheres”, o primeiro com o novo vocalista, o francês Steph Honde (Hollywood Monster).
Instagram: @sunroadofficial | Youtube: @SunroadOfficial

HAMMATHAZ | Terça-Feira (29/06) | 20hs
O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira! Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio. “The One, álbum de estreia do grupo, acabou de ser lançado pela Voice Music no Brasil e pela Defense Records da Europa.
Instagram: @hammathazofficial | Youtube: @HammaTubeChannel

SUCK THIS PUNCH | Quarta-Feira (30/06) | 20hs
Originária de Limeira/SP, a Suck This Punch foi formada em 2015 e no mesmo ano lançou seu álbum de estreia, “Fire, Cold And Steel”, com uma sonoridade que propõe uma releitura do classic rock pela perspectiva do peso e agressividade do thrash metal contemporâneo. Depois de cinco anos de shows em várias regiões do Brasil, o Suck This Punch acaba de lançar, pela Voice Music, seu segundo álbum, “The Evil On All Of Us”.
Instagram: @suckthispunch | Youtube: @suckthispunch

O Roça ‘n’ Roll 2.0 também apresentará shows com Aneurose, Attomica, Badlands Hero, Cangaço, Chaosfear, Deadliness, Dionísio, Drowned, Final Disaster, HellGarden, Hot Rats and Leo Rapozão, Loss, Mother Trouble, New Democracy, Path to Nihil, Pesto, Silent Hall, Sinaya, Stay Clean, Subrosa, The Neverknow, Vingador e Venomous. A vocalista May Undead, da banda Torture Squad, o jornalista Ivanei Salgado e o organizador Bruno Maia ficaram responsáveis pelas apresentações dos shows na edição online do festival.

O Roça ‘n’ Roll 2.0 é realizado com apoio cultural da Lei Aldir Blanc, do governo de Minas Gerais e da Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federal. A produção é da Braia Produções e RB Produções.

Mais Informações:
www.rocanroll.com.br
www.facebook.com/FestivalRocaNRoll
www.instagram.com/rocainroll
www.youtube.com/rocanrollfestival

Som do Darma

Hammathaz_Capa The One

O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira!

Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio.

Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas renomadas como Mike Portnoy, Angra, Shaman, Ratos de Porão, entre outras.

Mas em termos de estúdio o Hammathaz também acumula experiência. Sua discografia é formada por duas demo-tapes (“Antahkarana” de 2006 e “Downfall” de 2009), dois EPs (“Crawling” de 2011 e “Inner Walls” de 2013) e três singles (“Cursing” de 2010, “Enslaved” de 2012 e “So it Comes” de 2018).

Convictos naquilo que querem para a banda, mesmo em tempos onde o conceito de “álbum cheio” é deixado de lado, o Hammathaz lança neste ano de 2020 o seu primeiro registro nesse formato. Intitulado “The One”, o álbum reunirá nove faixas gravadas no Estúdio Fusão em Cotia/SP com produção de Thiago Bianchi (Noturnall/Shaman): “Farewell”, “Devil On My Shoulder”, “From The Grave”, “Bringing Hell”, “New Blood”, “Self-Chained”, “Tear The Walls”, “Irrational Beings” e “The End”.

“The One” é a síntese do desenvolvimento musical pelo qual o grupo passou durante essa uma década e meia de estrada: um diálogo contemporâneo entre o death e o thrash metal que claramente idealiza o novo!

“Nós não nos limitamos ou rotulamos em relação à estética-sonora do The One”, afirma o guitarrista Thales Statkevicius. “Durante todo processo de produção nós fugimos das receitas prontas. E em relação as músicas como composições, temos de tudo lá, desde heavy metal tradicional até seus subgêneros como death, thrash e até mesmo black metal. Eu diria que existe um pouco de cada fase do Hammathaz, elementos mais “old school” da banda, mas também coisas mais contemporâneas. Penso que se uma banda não é capaz de inovar e experimentar coisas novas, ela está morta artisticamente. E é isso que mantém o Hammathaz vivo.”

A capa de “The One” foi desenvolvida pelo artista Jean Michel e, de acordo com o baixista Anderson Andrade, reflete toda a diversidade de temas explorados nas letras.
“As letras das músicas do ‘The One’ abrangem desde um contexto de cotidiano até batalhas internas, especialmente a maior questão da vida: sobre quem somos e de onde viemos! A capa representa mais ou menos tudo isso. O anjo simboliza nossa alma, ofuscada pelos sete pecados capitais. Ela ainda traz uma corrente nos pés (escravização pelo sistema) e o símbolo do infinito (espírito). E ao seu lado direito, o jardim do Éden, em sua representação original numa progressão pelas pirâmides maias até os tempos atuais. Há ainda referência aos anjos caídos, o símbolo do alfa e o ômega. É, de fato, uma capa cheia de símbolos.”

“The One” vai ser lançado no segundo semestre de 2020 em data a ser anunciada.
“Fomos forçados a alterar todo nosso planejamento inicial para lançamento do The One por conta da pandemia por coronavírus. Mas já temos um novo plano de trabalho adaptado à nova realidade e bastante promissor. Creio que em poucas semanas poderemos anunciar detalhes do lançamento”, esclareceu o manager do grupo, Eliton Tomasi.

Por enquanto, fãs e seguidores do Hammathaz podem ouvir “New Blood”, o primeiro single do álbum que já está disponível nas plataformas de música:
Spotify: https://spoti.fi/2SmCw9E
Deezer: http://bit.ly/2UvJbRi
Google Play: http://bit.ly/38aSMRS
Amazon: https://amzn.to/380dBiC
iTunes: https://apple.co/3858u0G
Youtube: http://bit.ly/31v5loi

Além de Thales Statkevicius e Anderson Andrade, o Hammathaz também é formado por Thiago Pasqualini (vocal), Rodrigo Marietto (guitarra) e Lucas Santos (bateria).

Mais Informações:  
www.facebook.com/hammathaz
www.youtube.com/HammaTubeChannel
www.instagram.com/hammathazofficial
www.soundcloud.com/hammathaz

Som do Darma

O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira!

Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio.

Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas renomadas como Mike Portnoy, Angra, Shaman, Ratos de Porão, entre outras.

Mas em termos de estúdio o Hammathaz também acumula experiência. Sua discografia é formada por duas demo-tapes (“Antahkarana” de 2006 e “Downfall” de 2009), dois EPs (“Crawling” de 2011 e “Inner Walls” de 2013) e três singles (“Cursing” de 2010, “Enslaved” de 2012 e “So it Comes” de 2018).

Convictos naquilo que querem para a banda, mesmo em tempos onde o conceito de “álbum cheio” é deixado de lado, o Hammathaz lança ainda no primeiro semestre de 2020 o seu primeiro registro nesse formato. Autointitulado, o álbum reunirá nove faixas que estão sendo gravadas no Estúdio Fusão em Cotia/SP com produção de Thiago Bianchi (Noturnal/Shaman). Uma delas é “New Blood” que acaba de ser lançada como single.

“New Blood” é a síntese do desenvolvimento musical e identitário pelo qual o grupo passou durante essa uma década e meia de estrada: um diálogo contemporâneo entre o death e o thrash metal que claramente idealiza o novo!

“New Blood epiloga ideias e influências de cada um dos membros da Hammathaz”, afirma o guitarrista Rodrigo Marietto. “A ideia foi obter uma sonoridade distinta, não só dos trabalhos anteriores do Hammathaz, mas também entre cada uma das faixas que irão compor o álbum. Como elo dessa diversidade temos o elemento agressivo, seja sob uma faceta contemporânea de metal moderno, ou mais old school do death e black metal tradicionais.”

Já para Anderson Andrade, baixista e membro fundador do Hammathaz, os shows ao vivo serão sempre o principal referencial para o que acontece em estúdio.

“A resposta do público nos shows para a “New Blood” sempre foi excelente. Tirar um som pesado é o que fazemos melhor e a favor disso sempre tivemos a resposta do público nos shows”.

Para ouvir “New Blood” nas plataformas de música, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/2SmCw9E
Deezer: http://bit.ly/2UvJbRi
Google Play: http://bit.ly/38aSMRS
Amazon: https://amzn.to/380dBiC
iTunes: https://apple.co/3858u0G
Youtube: http://bit.ly/31v5loi

Além de Rodrigo Marietto e Anderson Andrade, o Hammathaz também é formado por Thiago Pasqualini (vocal), Thales Stat (guitarra) e Lucas Santos (bateria).

Data de lançamento e mais informações sobre o disco de estreia do Hammathaz serão divulgadas em breve.

Mais Informações:  
www.facebook.com/hammathaz
www.youtube.com/HammaTubeChannel
www.instagram.com/hammathazofficial
www.soundcloud.com/hammathaz

Som do Darma

Hammathaz - So It Comes_Capa.jpg

O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira!

Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio.

Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas renomadas como Angra, Shaman, Ratos de Porão, entre outras.

Mas em termos de estúdio o Hammathaz também acumula experiência. Sua discografia é formada por duas demo-tapes (“Antahkarana” de 2006 e “Downfall” de 2009), dois EPs (“Crawling” de 2011 e “Inner Walls” de 2013) e três singles (“Cursing” de 2010, “Enslaved” de 2012 e “So it Comes” de 2018). 

“So It Comes”, o trabalho mais recente do Hammathaz em estúdio, é na verdade uma prévia do álbum de estreia da banda que é previsto para 2020 e está sendo gravado no Estúdio Fusão em Cotia/SP com produção de Thiago Bianchi (Noturnal/Shaman). 

“So It Comes” é a síntese do desenvolvimento musical e identitário pelo qual o grupo passou durante essa uma década e meia de estrada: um diálogo contemporâneo entre o thrash e o death metal que claramente idealiza o novo!

De acordo com Anderson Andrade, baixista e membro fundador do Hammathaz, a proposta musical de “So It Comes” é uma consolidação, mas não um fim.

“Quando começamos a banda não tínhamos um caminho definido a ser seguido”, comenta o músico que é o único remanescente da formação original do Hammathaz. “As primeiras músicas foram nascendo de forma natural e elas espelhavam o que a maioria de nós ouvia na época, muito classic rock, metal e progressivo. A primeira demo tape do Hammathaz acabou soando como um metal progressivo, com músicas longas de até sete minutos. Com o passar do tempo passamos a estudar mais e ampliar nossas possibilidades musicais. Na verdade desde o início eu tinha um desejo de que a banda soasse mais pesada, e foi então que partimos por essa direção. O primeiro passo foi adotar os vocais guturais, e com a mudança de integrantes e entrada de novos músicos, priorizamos àqueles que tinham esse perfil. A partir de 2006 o Hammathaz já era uma banda que seguia pelo caminho que estamos hoje: afinação baixa, peso e agressividade. Mas apesar de ‘So It Comes’ representar o que eu sempre desejei para o Hammathaz em termos de sonoridade, ainda há muitas possibilidades em aberto para os próximos trabalhos”

Ainda de acordo com Anderson Andrade, a experiência nos palcos foi referencial para a evolução sonora da banda.

“A resposta do público nos shows durante esses anos todos e a troca de experiência com outras bandas que dividimos palco, nos ajudou muito nesse processo. Acredito que ainda há um pouco da nossa sonoridade inicial no que nos propomos fazer hoje e daqui em diante. O aspecto progressivo do som, por exemplo, pode ser mensurado pelas passagens mais técnicas que temos. Mas tirar um som pesado é o que fazemos melhor e a favor disso sempre tivemos a resposta do público nos shows”. 

Para ouvir “So It Comes”, acesse: 

Enquanto o disco de estreia não fica pronto, o Hammathaz continua fazendo o que mais gosta: tocar ao vivo!

A banda, que além de Anderson Andrade também é formado por Thiago Pasqualini (vocal), Thales Stat (guitarra), Rodrigo Marietto (guitarra) e Lucas Santos (bateria), tem uma agenda de shows bastante movimentada para os próximos meses. Confira as datas:

03/08 – Casa Rock – Campinas/SP

04/08 – Casa de Cultura do Butantã – São Paulo/SP

17/08 – Rock Bar Quartel – Boituva/SP

21/09 – Rock Nation – Sorocaba/SP

27/09 – Plebe Bar – Indaiatuba/SP

08/11 – Rio de Janeiro/RJ

08/12 – Brutal Fest – Sorocaba/SP

Mais informações sobre os shows e o disco de estreia do Hammathaz serão divulgadas em breve.

Mais Informações:  
www.facebook.com/hammathaz
www.youtube.com/HammaTubeChannel
www.instagram.com/hammathazofficial
www.soundcloud.com/hammathaz

Som do Darma

A revista online Die Fight tem a honra de apresentar o cast para a nova Edição de um dos festivais que mais cresce no Brasil. E para esta nova edição a organização escolheu mais uma grande banda para fechar o festival. Estamos falando dos paranaenses do Dragonheart, uma das mais respeitadas bandas de Power Metal do Brasil, e neste mesmo show iremos contar também com a banda de Death Metal, Vulture, a qual se encontra em um grande momento na cena metalica extrema nacional e que acaba de lançar seu mais novo álbum. O cast ainda contará com mais 5 grandes bandas convidadas, as quais irão mostrar que a cena está voltando a seu  melhor momento.Segue abaixo o cast, e em breve sairá maiores informações:

III DIE FIGHT FESTIVAL

Bandas: DRAGONHEART (PR), VULTURE (SP), DREAM WILD (VOTORANTIM), DEAD CRUSH (PIEDADE), BRAVE (ITÚ), WITCHLUST (TATUÍ), HAMMATHAZ (SOROCABA).

Data: 05 de Maio de 2012 (Sábado)

Horário: 19:00 hs

Local: Clube América – Vila Assis S/Nº – Sorocaba/SP

Ingressos: R$ 20,00 (Antecipados0 / R$ 30,00 (Na Hora)

Informações: contato@diefight.com.br

Vendas Online: www.ticketbrasil.com.br  

Pontos de venda:

Gallery Rock – Centro – Sorocaba /SP

San Telmo – Centro – Piedade / SP

Estúdio Ponto Sonnoro – Sorocaba/SP

Underground Cd´s – Itú e Salto/SP