Posts com Tag ‘Felipe Machado’

Em seu novo videoclipe, “Quinze Anos”, Felipe Machado voltou às origens: a produção dirigida pelo próprio músico foi filmada no auditório do Colégio Sion, no bairro de Higienópolis, onde Felipe, Pit Passarell e Yves Passarell se apresentaram antes mesmo da formação do VIPER. As fotos que ilustram o vídeo revelam uma apresentação da banda Rock Migration, embrião do VIPER, em 6 de novembro de 1982. Felipe tinha 12 anos de idade; Pit, 14 e Yves, 13 anos.

A apresentação do Rock Migration contou ainda com Nando Machado no violão e teve um espectador especial na plateia: Andre Matos, então com onze anos. Em 1985, o VIPER voltou ao mesmo palco, já com Andre no vocal, para tocar no show de talentos da escola. “A música fala sobre a ingenuidade da adolescência, por isso achei que seria uma boa metáfora voltar ao palco onde o VIPER nasceu. Éramos apenas crianças, mas já sonhávamos em seguir a carreira musical”, afirma Felipe.

“Quinze Anos” traz outra participação especial: a filha de Felipe, Isabel, que completa quinze anos em 2021. “Como quase todas as composições do álbum ‘Primata’, essa canção fala sobre a passagem do tempo. Achei que seria simbólico contracenar com minha filha, que tem hoje a idade que eu tinha quando comecei a minha carreira. Vê-la no mesmo palco que eu toquei é um olhar profundo sobre a minha própria vida, uma espécie de espelho onde a gente está dentro e vê o próprio reflexo ao mesmo tempo.” As imagens foram feitas pelo cinegrafista Paulo Rocha aka PROX, e a edição é de Felipe Machado. As fotos do passado são em cores; a filmagem atual é em preto e branco.

“Quinze Anos” foi gravada originalmente pelo VIPER no álbum “Tem Para Todo Mundo”, de 1996. Essa nova versão conta com a participação especial de Yves Passarell, ex-guitarrista do VIPER e hoje integrante do Capital Inicial. A música estará em “Primata”, segundo álbum solo de Felipe Machado, fundador e guitarrista do VIPER. O lançamento é da ForMusic em parceria com FMLabs, produtora de Machado.

A primeira incursão de Machado pela carreira solo foi em 2015, quando lançou “FMSolo”. “Quinze Anos” tem produção de Val Santos e conta ainda com a participação do baixista Rob Gutierrez, da banda Hollowmind. Rob tocou com Felipe Machado na turnê do seu álbum de estréia, “FMSolo”. A mixagem ficou a cargo de Val Santos e de Mauricio Cersosimo (Emicida, Skank, VIPER).

Felipe Machado

Músico com carreira reconhecida no Brasil e no exterior, Machado é fundador e guitarrista do VIPER, com quem lançou álbuns como “Theatre of Fate”, “Evolution” e “Maniacs in Japan”, gravado ao vivo em Tokyo, entre outros. Realizou turnês e gravações pelo Japão, Europa, EUA e América do Sul, e já dividiu o palco de grandes festivais como “Monsters of Rock” e aberturas de shows com bandas como Metallica, Kiss e Black Sabbath. Excursionou como músico convidado de Paul Dianno, ex-Iron Maiden. Em 2013, o vocalista Andre Matos voltou ao VIPER e a banda fez uma turnê pela América do Sul que culminou com um show histórico no Rock in Rio. Em 2015, Machado lançou o álbum “FM Solo”, seu primeiro trabalho como vocalista e compositor. Em 2020, DJs de renome internacional remixaram o repertório no disco em “FMX: FMSolo Remixes”. Além de músico, é jornalista com experiência internacional e já passou pelos maiores veículos do país. É Editor de Cultura da revista Istoé e autor de diversos livros, entre eles ‘Um Lugar Chamado Aqui’, premiado como Melhor Livro de 2016 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, e “Ping Pong – Um Jornalista pela China Olímpica”, indicado ao Prêmio Jabuti.

Felipe Machado:
Instagram: felipemachado_oficial / Twitter: @felipemachado

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Catto Comunicação

O novo single de Felipe Machado, “Quinze Anos”, traz uma canção gravada originalmente por sua banda, VIPER, no álbum “Tem Para Todo Mundo”, de 1996. Conta também com a participação especial de Yves Passarell, ex-guitarrista do VIPER e hoje integrante do Capital Inicial. A música estará em “Primata”, segundo álbum solo de Felipe Machado, fundador e guitarrista do VIPER. O lançamento é da ForMusic em parceria com FMLabs, produtora de Machado.

“Fiz essa nova versão de ‘Quinze Anos’ não apenas porque gostava da música, mas porque a letra me pareceu muito atual, mesmo tendo sido gravada há vinte e cinco anos”, afirma Felipe. “O sentimento de que o mundo havia mudado muito rápido me inspirou na época, mas vejo que era apenas o início de um processo que atualmente é muito mais intenso. A internet havia acabado de chegar ao Brasil e hoje entendemos melhor como a tecnologia impactou a velocidade de transformações na sociedade”. O refrão da música diz: “Agora não é mais o que eu pensei / Quando eu tinha quinze anos / Muitas mudanças que eu não vi / O mundo muda”

Para Yves Passarell, participar da gravação foi uma forma de voltar no tempo – o que também tem a ver com o conceito da canção. “Eu e o Felipe crescemos juntos e já éramos amigos antes mesmo de fazer quinze anos”, afirma Yves. “Participar dessa regravação é muito especial para mim porque compreendo e concordo com o que diz a letra: o mundo muda muito rápido mesmo.”

A primeira incursão de Machado pela carreira solo foi em 2015, quando lançou “FMSolo”. Com um som que misturava diversas influências e trazia o músico pela primeira vez nos vocais, o álbum teve boa repercussão de crítica e público. Suas canções deram origem a um álbum de remixes, “FMX: FMSolo Remixes”, lançado em 2020 e com a versões feitas por DJs com renome no Brasil e no exterior.

“Quinze Anos” tem produção de Val Santos e conta ainda com a participação do baixista Rob Gutierrez, da banda Hollowmind. Rob tocou com Felipe Machado na turnê do seu álbum de estréia, “FMSolo”.

Felipe Machado

Músico com carreira reconhecida no Brasil e no exterior, Machado é fundador e guitarrista do VIPER, com quem lançou álbuns como “Theatre of Fate”, “Evolution” e “Maniacs in Japan”, gravado ao vivo em Tokyo, entre outros. Realizou turnês e gravações pelo Japão, Europa, EUA e América do Sul, e já dividiu o palco de grandes festivais como “Monsters of Rock” e aberturas de shows com bandas como Metallica, Kiss e Black Sabbath. Excursionou como músico convidado de Paul Dianno, ex-Iron Maiden. Em 2013, o vocalista Andre Matos voltou ao VIPER e a banda fez uma turnê pela América do Sul que culminou com um show histórico no Rock in Rio. Em 2015, Machado lançou o álbum “FM Solo”, seu primeiro trabalho como vocalista e compositor. Em 2020, DJs de renome internacional remixaram o repertório no disco em “FMX: FMSolo Remixes”. Além de músico, é jornalista com experiência internacional e já passou pelos maiores veículos do país. É Editor de Cultura da revista Istoé e autor de diversos livros, entre eles ‘Um Lugar Chamado Aqui’, premiado como Melhor Livro de 2016 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, e “Ping Pong – Um Jornalista pela China Olímpica”, indicado ao Prêmio Jabuti.

OUÇA O SINGLE “QUINZE ANOS”

Catto Comunicação

“Na Praia”, segundo single do novo álbum solo de Felipe Machado, ganhou um videoclipe dirigido pelo músico e produzido pela FMLabs, sua agência de conteúdo. A canção é um dos destaques de “Primata”, álbum solo do fundador e guitarrista do VIPER que será lançado até o final do ano.

As imagens do músico cantando e tocando violão foram gravadas na praia da Juréia, litoral norte de São Paulo. “É um lugar que frequento com a minha família e amigos e, como a canção foi composta entre eles, achei que teria tudo a ver imortalizar esse lugar tão lindo no video”, afirma Machado. O clipe traz cenas aéreas filmadas com um drone pelo cinegrafista Sandro Rodrigues.

A letra foi inspirada por “Na Praia”, livro de 2007 do escritor britânico Ian McEwan. “O refrão fala sobre um casal discutindo seu relacionamento, algo que já aconteceu com todos nós. Nunca se sabe para onde essa discussão pode levar”, explica Machado. “Agora é inferno o que era paraíso / Uma palavra fora de lugar / E tudo muda sem qualquer aviso / Um sentimento que não quer falar”, diz a letra.

“A situação pode ser universal, mas o mesmo não se aplica ao cenário: enquanto o livro se passa em Chesil, uma praia pedregosa em Dorset, a 200 km de Londres, o clipe se passa no litoral norte de São Paulo, um dos lugares mais bonitos do Brasil.”

A primeira incursão de Machado pela carreira solo foi em 2015, quando lançou “FMSolo”. Com um som que misturava diversas influências e trazia o músico pela primeira vez nos vocais, o álbum teve boa repercussão de crítica e público. Suas canções deram origem a um álbum de remixes, “FMX: FMSolo Remixes”, lançado em 2020 e com a versões feitas por DJs com renome no Brasil e no exterior.

“Na Praia” tem produção de Val Santos e conta com os backing vocals da filha de Felipe, Isabel Machado, que também participa do videoclipe, e da cantora Bia Rhäissem. A mixagem ficou a cargo de Mauricio Cersosimo (Emicida, Skank, VIPER) e foi realizada em Nova York.

Felipe Machado

Músico com carreira reconhecida no Brasil e no exterior, Machado é fundador e guitarrista do VIPER, com quem lançou álbuns como “Theatre of Fate”, “Evolution” e “Maniacs in Japan”, gravado ao vivo em Tokyo. Realizou turnês e gravações pelo Japão, Europa, EUA e América do Sul, e já dividiu o palco de grandes festivais como “Monsters of Rock” e aberturas de shows com bandas como Metallica, Kiss e Black Sabbath, entre outras. Excursionou como músico convidado de Paul Dianno, ex-Iron Maiden. Em 2013, o vocalista Andre Matos voltou ao VIPER e a banda fez uma turnê pela América do Sul que culminou com um show histórico no Rock in Rio. Em 2015, Machado lançou o álbum “FM Solo”, seu primeiro trabalho como vocalista e compositor. Em 2020, DJs de renome internacional remixaram o repertório no disco em “FMX: FMSolo Remixes”. Além de músico, é jornalista com experiência internacional e já passou pelos maiores veículos do país. É Editor de Cultura da revista Istoé e autor de diversos livros, entre eles ‘Um Lugar Chamado Aqui’, premiado como Melhor Livro de 2016 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, e “Ping Pong – Um Jornalista pela China Olímpica”, indicado ao Prêmio Jabuti.

Catto Comunicação