Posts com Tag ‘Dead Fish’

Dead Fish volta novamente ao nordeste para tocar ao lado dos cearenses da Backdrop Falls no dia 4 de junho em Fortaleza/CE e 12 de junho em Natal/RN.  A banda apresenta sua turnê 30+1, que celebra seus trinta e um anos de estrada, como uma das maiores referências do cenário hardcore nacional. 

Esta turnê contará com um repertório especial do Dead Fish, trazendo o melhor do que a banda criou neste período. Entre as músicas que serão apresentadas, estão as do álbum Ponto Cego, lançado em 2019 com faixas inéditas de forte teor lírico e crítico sobre a situação política, econômica e social do Brasil, e as do álbum Lado Bets, de 2020, que levou as raridades da banda pela primeira vez ao streaming. 

A Backdrop Falls dá continuidade a sua turnê pelo nordeste, tocando os singles do disco novo a ser lançado “Fairytales and Fireworks” e do seu primeiro full lenght que foi lançado em maio de 2019, intitulado “There’s no such place as home”, distribuído em todo o mundo através de 10 gravadoras diferentes. 

SERVIÇO: 

Dead Fish, Backdrop Falls, Diamanita e Reu Podre

Fortaleza/CE – Sábado 04 de Junho às 19:30H – Local: Complexo Armazém

Venda online site da Bilheto: https://www.bilheto.com.br/evento/707/Dead_Fish

Dead Fish, Backdrop Falls e Born to Freedom.

Natal/RN – Domingo 12 de junho ás 16h – Local: Social Rock RN

Venda online:  https://outgo.com.br/deadfishnowhisk

Collapse Agency

Após uma enérgica e lotada primeira edição em 2018 com 19 bandas que se apresentaram em dois palcos, o Insane Music Festival está de volta no dia 28 de agosto deste ano, agora no Carioca Club (São Paulo), novamente com um line-up de bandas clássicas e nomes em ascensão do rock, punk e hardcore nacional.

A realização é da Agência Sobcontrole. Os ingressos são limitados, compre aqui: https://www.clubedoingresso.com/evento/insanemusicfestival.

O 2º Insane Music Festival será palco de um retorno triunfal há tempos aguardado pelos fãs de punk/hardcore. É o evento escolhido pela icônica banda Mukeka di Rato fazer o show de retorno, após cinco anos parados, que ainda celebrará o lançamento do disco Boiada Suicida, previsto para sair próximo à data do fest.

O Mukeka, formado em 1995 na cidade de Vila Velha (Espírito Santo) e cujo baixista/vocalista é o ilustre Fabio Mozine (também da Laja Records), é conhecida pelo humor sarcástico, bases pesadas e vocais velozes.

Outro show especial nesta segunda edição do Insane, que terá mais de oito horas de música, é outra renomada banda capixaba: Dead Fish. O headliner do fest, há tempos uma das formações mais destacadas em todo o Brasil em se tratando de punk/hardcore consciente e desafiador, promete um set list especial, exclusivo para esta apresentação.

Mas além dos prometidos shows emblemáticos de Mukeka di Rato e Dead Fish, o 2º Insane Music terá outras seis bandas de destaque no cenário nacional, nomes que já romperam nichos e estão cada vez mais no radar do público do rock/punk/hardcore.

O icônico Garage Fuzz está em um momento ímpar nos mais 31 anos de carreira. Com novo vocalista (Victor Franciscon, ex-Bullet Bane) e uma sequência ovacionada de shows, a banda santista vem ao Insane com seu hardcore melódico turbinado e ávido por interação intensa do público.

Outra banda confirmada no fest que está a todo vapor é o Matanza Inc., formado em 2019 por ex-integrantes do Matanza. Ao vivo, o quarteto é ainda mais robusto e pesado. No bloco do peso, tem também o power trio santista Surra e seu único thrashcore cativante e crítico, com um invejável currículo de shows Brasil afora em questão de uma década em pulsante ativa.

O hardcore está muito bem representado ainda com o feroz Bayside Kings, o quarteto santista que modernizou seu estilo no mais recente registro, Existência, cantando em português e trazendo elementos new school do HC à sonoridade.

Mais duas bandas completam o altivo line-up do 2º Insane Music Festival: os paulistanos do Ravel, da nova safra que mistura rock alternativo e hardcore com melodias e muita reflexão, e as power trio feminino The Mönic: peso, bpm’s acelerados, vocais rasgados e melódicos são as marcas registradas da banda que te faz viajar diretamente para os anos 90.

Além do shows, o festival terá discotecagem surpresa, extensa área de merch, diversos stands de marcas variadas, tattoo e muito mais.

INSANE MUSIC FESTIVAL 2022

Data: 28 de agosto de 2022
Horário: 14h30 até as 22h
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899
Classificação etária: 16 anos

Ingressos: https://www.clubedoingresso.com/evento/insanemusicfestival

Pista:
1º lote – R$70,00
2º lote – R$80,00
3º lote – R$100,00

Camarote:
1º lote – R$100,00
2º lote – R$120,00
3º lote – R$150,00

Tedesco Mídia

Grande expoente do hardcore nacional, a banda Dead Fish retorna a Curitiba em março, para um show no CWB Hall no dia 25 de março (sexta-feira). A apresentação faz parte da turnê 30 + 1, que celebra as mais de três décadas do lendário grupo na estrada. Durante sua trajetória, Curitiba sempre foi uma constante na rota do grupo capixaba.

Os ingressos para a única apresentação do Dead Fish na cidade estão a venda pela plataforma Bilheto, com valores a partir de 50 reais e possibilidade de parcelamento em até 12x.

A nova turnê do Dead Fish celebra os trinta anos de carreira com um repertório especial com o melhor do que a banda criou neste período. O último álbum de inéditas foi o aclamado Ponto Cego, de 2019, um registro com forte teor lírico, que faz um recorte da situação política, econômica e social do Brasil. No ano seguinte disponibilizaram Lado Bets, nas plataformas digitais, reunindo músicas raras lançadas durante a carreira mas que nunca haviam saído no streaming.

Histórico

O Dead Fish surgiu em 1991 na cidade de Vitória, no Espírito Santo. Após muitos shows e algumas demos, chegaram ao primeiro álbum, Sirva-se, que vendeu mais de dez mil cópias em um ano. Em 2004 lançam pela DeckDisc Zero e Um, com mais de trinta mil discos comercializados  no primeiro ano. Outros grandes momentos foram os DVDs MTV apresenta Dead Fish (2004), Dead Fish 20 anos (2012) e XXV Ao Vivo Em SP (2017).

Com uma sólida discografia e uma integridade musical inabalável, o Dead Fish passou por diversos momentos durante sua caminhada, porém sempre entregando grandes álbuns e shows repletos de energia e conscientização, que os alçaram ao hall das mais importantes de rock do Brasil. A formação atual do Dead Fish conta com Rodrigo Lima (voz), Ric Mastria (guitarra), Igor Tsurumaki (baixo) e Marcão (bateria).

Serviço
Dead Fish em Curitiba
Data: 25 de março de 2022 (sexta-feira)
Local: CWB Hall
Endereço: Rua Dr. Claudino dos Santos, 72 – Largo da Ordem
Horário: 20h (abertura da casa), 21h (show)
Classificação etária: 16 anos

Ingressos

1º lote – promocional

Inteira R$$100

Solidário R$55*

Meia R$50**

2º lote – promocional

Inteira R$$120

Solidário R$65*

Meia R$60**

3º lote

Inteira R$$140

Solidário R$75*

Meia R$70**

4º lote

Inteira R$$160

Solidário R$85*

Meia R$80**

* Solidário: limitados e válidos somente com a entrega de 1kg de alimento não perecível na entrada do show.

** Meia-entrada: para estudantes são válidas somente as seguintes carteiras de identificação estudantil: ANPG, UNE, UBE’s, DCE’s e demais especificadas na LEI FEDERAL Nº 12.933. Não será aceita NENHUMA outra forma de identificação que não as oficializadas na lei.

Pontos de venda

Online (com taxa de conveniência)

https://www.bilheto.com.br/evento/569/Dead_Fish (em até 12x no cartão)

PONTO DE VENDA SEM TAXA:

ESPAÇO CARMELA

(Dinheiro, Débito e Crédito à vista)

Rua Dr. Claudino dos Santos, 72 – São Francisco  – Curitiba/PR

Todos os dias à partir das 11h

PONTO DE VENDA COM TAXA:

HAND MADE

(Dinheiro, Débito e Crédito à vista)

Rua Desembargador Westphalen, 1186 – Rebouças  – Curitiba/PR

Seg. à Sex. das 10h às 18h, sábados das 10h às 14h

LETS ROCK

(Dinheiro, Débito e Crédito à vista)

(Galeria Pinheiro) Praça Tiradentes, 106. Lojas 03 e 04 – Centro – Curitiba/PR

Seg. à Sex. das 9h às 19h, sábados das 9h às 15h00

JOHN BULL CURITIBA

(Débito e Crédito à vista)

Rua Mateus Leme, 2204 – Centro Cívico – Curitiba/PR

Seg. à Sex. das 9h às 19h, sábados das 9h às 14h30

* A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora dos pontos de venda anunciados

** Será proibida a entrada de câmeras fotográficas/filmadoras profissionais e semiprofissionais.

Informações: www.abstratti.com e (41) 99833-2328

Acesso Music

Com a proposta de um festival cultural para fomentar a cena musical do metal brasileiro, cruzando bandas de diferentes gerações e estilos musicais nichados no rock ‘n roll, nasce o Noise Knob. Um evento em formato híbrido que busca resgatar a essência musical. Para o idealizador Leonardo Panara “Noise Knob surge com a necessidade de algo novo no cenário do rock e metal nacional e a minha vontade de inserir essa experiência para o público e para todos que trabalham no setor da música pesada no Brasil”.

O festival conta com bandas de gerações e projeções diversas, fomentar a interatividade entre público e bandas, incentivar e valorizar a cena musical do metal com profissionais e artistas consagrados no gênero e também os que estão entrando agora no cenário.
 
SHOW

O evento será totalmente online e para celebrar o mês do rock acontecerá nos dias 9 e 16 de julho de 2021 das 19H às 21:30H em formato de live.

No primeiro dia, 9 de julho, abrindo o festival com um show totalmente exclusivo, o Surra que tem sido considerada uma das bandas que está movimento a cena underground nacional, seguindo pelo Questions, hoje uma das melhores bandas de hardcore que surgiram na América do Sul. Para fechar a noite, os veteranos do punk rock Ratos de Porão, que desde 1981 conquista fãs no mundo inteiro com suas letras politizadas.

O segundo dia, 16 de julho, conta com abertura do Bayside Kings, apresentando sua música rápida, melódica, agressiva e cheia de questionamentos internos e externos. Seguindo pela banda Glória que volta à ativa com energia total e nova formação. Para fechar o último dia do festival, o Dead Fish chega com o pé na porta tocando suas músicas cheias de críticas direcionadas, mensagens de proatividade e discurso de resistência, encerrando com classe o Noise Knob Festival.

Os shows foram gravados antecipadamente no estúdio High Five, seguindo os protocolos estabelecidos para gravações audiovisuais elaborados em conjunto pela SindCine, APRO e SIAESP – esse protocolo atende as exigências apontadas pela OMS e outros entidades de saúde e vigilância sanitária.  

O festival conta com o apoio das marcas Brutal Kill e o programa Autoral Brasil (Kiss FM), além de abraçar a causa do Instituto Escuta. Atuando desde 2011, o Instituto Escuta investe no desenvolvimento máximo de crianças surdas que usam implante coclear e de suas famílias. Durante os shows haverá um QRCODE para arrecadar doações para o instituto. Conheça mais aqui: http://institutoescuta.org.br
 
PODCAST
 
Noise Knob também conta com um podcast conduzido pelo Leonardo Panara, que receberá os vocalistas João Gordo do Ratos de Porão e  Dead Fish, somando dois podcast exclusivos. Após o festival, o projeto de podcast continuará para produzir conteúdos exclusivos e inserir o formato na cena do rock e metal nacional.

SERVIÇO:

NOISE KNOB FESTIVAL

Ratos de Porão, Questions e Surra
Data: 09 de julho
Horário: A partir das 19H
Local: Canal no youtube do Noise Knob


Dead Dish, Glória e Bayside Kings
Data: 16 de julho
Horário: A partir das 19H
Local: Canal no Youtube do Noise Knob
Link do evento no Facebook:https://www.facebook.com/events/324613405822984?ref=newsfeed

Acompanhe tudo sobre o NOISE KNOB através dos canais oficiais FACEBOOKINSTAGRAM e YOUTUBE

Reverbera Music Media

dead-fish

Dead Fish

Com produção da agência e produtora Orangeira, o Z/O Atomic Festival foi criado com o intuito de movimentar o cenário rock na Zona Oeste de São Paulo e terá a sua primeira edição no dia 11 de agosto na Embaixada Osasco, casa de shows localizada no centro da cidade.

Com Dead Fish (Vitória ES) e Forgotten Boys (São Paulo SP) como atrações principais, o festival ainda recebe as bandas Dry Life (São Paulo), que fará o show de lançamento de seu mais novo álbum, Nove Zero Nove (Rio de Janeiro), Pallets (São José dos Pinhais PR) e Manual (São Paulo SP).

A banda de hardcore Dead Fish começou em 1991, em Vitória ES, e já realizou turnê por todo o Brasil, além de 20 shows fora do país. Entre os lugares estão, Alemanha e República Checa. O grupo já lançou oito discos, gravou diversos clipes e dois DVD’s. É o terceiro ano seguido que a banda se apresenta em Osasco, sempre com casa cheia.

Em 2004, a banda recebeu o VMB de “banda revelação” e lançou, em parceria com a MTV Brasil, o primeiro DVD da carreira: o “MTV apresenta Dead Fish”. Em 2008, ganhou VMB na categoria de melhor banda de hardcore. A formação atual tem Rodrigo, no vocal; Allyand, no baixo; Rick, guitarra; e Marcão, bateria.

A banda paulista Forgotten Boys, que nesse ano completa 20 anos de existência, retornou com a formação original: Gustavo Riviera na guitarra e voz, Zé Mazzei no baixo, Dionisio Dazul na guitarra, Paulo Kishimoto no steel guitar e teclado e Chuck Hipolitho na bateria, e está de volta a estrada, sendo destaque no festival.

forgottenboys

Forgotten Boys

SERVIÇO:
Data: 11 de agosto (sábado)
Local: Embaixada Osasco
Horário: 14h00 (abertura da casa)
Endereço: Av. Maria Campos, 462
Centro – Osasco SP
Vendas: TicketBrasil
Online -> https://goo.gl/LCaq8m

Fonte: TRM Press

img_8001-muqueta-na-oreia-dia-mundial-do-rock-embu-2015.jpg

Banda celebra grande exibição no festival do Dia Internacional do Rock, em Embu das Artes – foto: Lili Souza

Após apresentações em Salvador, Campinas, Osasco, São Paulo, entre outras cidades, a banda Muqueta Na Oreia, uma das grandes e surpreendentes revelações do cenário do rock/metal nacional, finalmente volta a jogar em casa, neste final de semana.

Após protagonizar uma das melhores exibições do festival do Dia Internacional do Rock, em Embu das Artes, o grupo é uma das principais atrações do Rock Fest – Casa Branca, evento que acontece neste sábado (09/04), a partir das 11h, na Praça do Jardim Casa Branca.

O festival tem como headliner o renomado Dead Fish, um dos nomes mais importantes do hardcore nacional e que está celebrando 25 anos de carreira. Flipers, Agosto, Os Ribeiras, Cyrano, Fólio, Vida Una e LaMarca completam o line-up. Visando atrair fãs de toda região metropolitana, o evento tem encerramento às 22h e entrada gratuita.

cartaz-muqueta-dead

Com apenas oito anos de carreira, a banda Muqueta Na Oreia tornou-se uma das grandes e surpreendentes revelações do rock/metal nacional dos últimos anos. Sempre audaciosos e com muita determinação, Ramires (vocal/percussão), Bruno Zito (guitarra), Cris (baixo) e Henry (bateria) vem se destacando no cenário da música independente com muita personalidade.

Apesar de pouco tempo na estrada, o Muqueta Na Oreia cresceu, ganhou respeito, firmou seu nome e conquistou uma legião de fãs, principalmente após performances devastadoras e excelentes reviews com os álbuns “Lobisomem em Lua Cheia” (2010) e “Blatta” (2013).
 
O aumento da popularidade refletiu diretamente na agenda de shows. O reflexo do reconhecimento veio justamente na oportunidade de dividir o palco com nomes consagrados como Korzus, Raimundos, Made in Brazil, Dead Fish, Claustrofobia, Project46, Johnwayne, Olho Seco, entre outros, além de shows como headliner.
 
Links relacionados:
https://www.facebook.com/MuquetaNaOreia
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Fonte: The Ultimate Music Press

img_8001-muqueta-na-oreia-dia-mundial-do-rock-embu-2015.jpg

No início dos anos 90, em Vitória, Espírito Santo, cinco amigos sem muita pretensão montam uma banda, intitulada “Stage Dive”. Não queriam nada mais que andar de skate e levar um som com covers de bandas já consagradas no punk rock internacional.

De covers de Bad Brains, Dead Kennedys e Ramones, a banda passou s compor suas próprias músicas e a fazer seus primeiros shows. É quando surge o nome definitivo, Dead Fish.

Consagrada como uma das melhores bandas de hardcore do Brasil por seu discurso político progressista, a banda aborda, na maioria de suas pesadas canções, a saúde e educação pública, denuncia a desigualdade, desonestidade, preconceito, hipocrisia e violência no país.

Recentemente, a banda bateu o recorde nacional no Catarse – a primeira plataforma de financiamento coletivo do Brasil – com o projeto “Disco novo”. A princípio, a banda precisava arrecadar 60mil reais, mas o que não esperavam, era bater o recorde nacional do Catarse, e arrecadar R$258.766, mais de quatro vezes mais que o esperado.

Com o apoio dos fãs no que pode ser considerado o maior crowfunding já visto na música independente, o disco “Vitória” chega ao Circo Voador.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::: :::::::::::::::::::::::::::::::::::::: ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
DEAD FISH OFICIAL
Turnê Vitória
Abertura: magueRbeS e CadibódE

Data: Sexta, 24 de abril
1º Lote:*
R$ 30 (meia-entrada para estudantes, menores de 21 anos e maiores de 60 anos)
R$ 30 (cliente Clube Sou + Rio)
R$ 30 (ingresso solidário válido com 1kg de alimento)
R$ 60 (inteira)

2º Lote:*
R$ 40 (meia-entrada para estudantes, menores de 21 anos e maiores de 60 anos)
R$ 40 (cliente Clube Sou + Rio)
R$ 40 (ingresso solidário válido com 1kg de alimento)
R$ 80 (inteira)
*Lote sujeito a alteração sem aviso prévio