Posts com Tag ‘Burn The Mankind’

Entrevista feita com integrantes de três grandes bandas da cena gaúcha de Death Metal a respeito dos rumos do cenário musical e quais expectativas para o próximo ano. 

O Rebaelliun, Exterminate e a Burn The Mankind falam sobre a imprevisibilidade dos eventos que vem acontecendo e os desafios de se manter ocupando um espaço cada vez mais disputado. 

REBAELLIUN 

1 – Quais os desafios dessa retomada dos shows? 

Lohy Silveira: Acho que são vários desafios, como reencontrar um mercado com uma inflação que prejudica toda a cadeia de produção de um show, até o poder aquisitivo do público. Produtores que, por conta dessa inflação, estão mais propensos a apostar no “certo”, deixando pouca margem para investir em bandas que estão começando ou que ainda são pouco conhecidas. Mas o principal é manter o interesse do público que parte se dispersou e se acostumou em ver shows somente por vídeos e a outra parte que está sedenta por eventos, mas que pode ser apenas um “fogo de palha”. 

2 – Você acha que está havendo uma oferta muito grande de artistas contra uma baixa oferta de show por parte dos produtores? 

Lohy Silveira: Acredito que essa disparidade sempre existiu, mas se intensificou com a facilidade do acesso à tecnologia. E isso se reflete em vários campos, desde como estudar seu instrumento, passando em como montar um home Studio com poucos recursos e indo até como promover sua banda nas redes sociais. 

3 – Por que está havendo desvalorização dos artistas para os shows? 

Lohy Silveira: Por uma série de fatores…Um deles é o pouco investimento/respeito pela arte no nosso país que se intensificou de maneira obscena desde 2018. E é bem difícil lutar contra isso. Outro é o cenário econômico que influencia diretamente nesse quesito e em vários pontos. Podemos falar também do pouco crédito que se dá para bandas autorais, principalmente nas vertentes mais “leves” do rock e da música pesada. Esses outros fatores levam a pouquíssima valorização dos artistas, principalmente na hora de fazer um show. 

4 – Quais os planos para 2023? 

Lohy Silveira: Tocar muito rs. O máximo que for possível. Divulgar muito o novo disco que deve sair ainda esse ano, aqui e lá fora. Seguir produzindo conteúdo e material de relevância para a cena e para nós mesmos e continuar espalhando a palavra do metal da morte por onde pisarmos. 

BURN THE MANKIND 

1- Quais os desafios dessa retomada aos shows? 

Marcelo Nekard: Acho que o maior desafio é retomar a rotina de ensaios e a velha forma, os sons do BURN THE MANKIND não são dos mais fáceis de se executar, então é bem desafiador se manter afiado, especialmente depois de um hiato de dois anos. 

2 – Você acha que está havendo uma oferta muito grande de artistas contra uma baixa oferta de show por parte dos produtores? 

Marcelo Nekard: Não tenho uma noção tão acurada de como anda atualmente a organização de eventos, mas acredito que no meio que participamos sempre foi meio assim, um número enorme de bandas ótimas, casas de show escassas e especialmente as que abram as portas para o metal extremo. Isso obviamente acontece por conta da procura do público por esse tipo de show, no momento em que show de metal der dinheiro fácil para as casas e produtores isso iria se reverter rapidamente. Só não acho que algo assim vá acontecer por aqui… 

3 – Porque está havendo desvalorização dos artistas para os shows? 

Marcelo Nekard: Acredito que também gira em torno da procura do público. Nesse caso acho que tem mais fatores que envolvem as próprias bandas em relação a se valorizar, mas não fazer isso além da realidade. Afinal, quem organiza show não faz caridade, faz isso por dinheiro, se uma banda não leva público, por mais boa vontade que um organizador tenha, ele não vai estar disposto a tomar prejuízo só por respeito. Isso acaba gerando um efeito cascata e generalização que no fim só é ruim pra quem é artista e leva o próprio trabalho a sério. No fim, sempre gira em torno da procura do público… 

4 – Quais os planos para 2023? 

Marcelo Nekard: Paramos por todo esse tempo e todo mundo teve sua vida pessoal pra tocar também, então agora eu acho meio cedo ainda pra dizer o que acontece, mas a vontade é de fazer shows para divulgar tanto quanto possível o nosso EP que saiu no início da pandemia e já estamos falando em ideias para um novo álbum que siga a linha do Chaos Matter: conceitual, denso e mais sombrio. 

EXTERMINATE 

1- Quais os desafios dessa retomada aos shows?

Marcelo Feijó – São vários fatores, voltar aos ensaios para conseguir o ritmo que perdemos parados devido a COVID. Tentar ganhar espaço nos festivais, pois já tinham muitos eventos agendados que estão retornando agora. Tentar ganhar espaço em outros eventos. O Brasil tem muitas bandas fodas. Tem que estar sempre se puxando pra ser lembrado. 

2 – Você acha que está havendo uma oferta muito grande de artistas contra uma baixa oferta de show por parte dos produtores? 

Marcelo Feijó – O Brasil sempre foi um celeiro de bandas fodas. É difícil o produtor conseguir agradar a todos. Acho que a banda que está disposta a fazer acontecer tem que estar sempre lançando um trabalho novo, um merchandising novo, tem que estar sempre se divulgando. Assim quem produz shows sempre pode estar de olho naquela banda que está sempre na mídia. 

3 – Porque está havendo desvalorização dos artistas para os shows? 

Marcelo Feijó – Quem faz shows sempre quer ganhar dinheiro, assim como as bandas. Essa desvalorização eu acredito que foi devido a COVID, pois tudo subiu de preço. As passagens aéreas são muito caras, gasolina, comida. Mas, tem que chegar em um fator que fique bom para ambos. As bandas têm que ganhar pelo seu trabalho. Todos têm que sair ganhando sempre. 

4 – Quais os planos para 2023? 

Marcelo Feijó – O Exterminate, vai começar a composição do novo álbum esse ano mesmo, para lançar em 2023. Queremos muito lançar o álbum novo e já começar a fazer shows. Acredito que 2023 vai ser bem melhor para as bandas. Muitos eventos devem voltar com força total.  

Para saber mais sobre as bandas acesse:

https://linkr.bio/rebaelliun

https://www.instagram.com/burnthemankind/

https://www.instagram.com/exterminatedeathmetaloficial/

Indy Lopes

BURN_THE_MANKIND_Cover_Lo_Res

O novo trabalho dos gaúchos do BURN THE MANKIND, “Chaos Matter”, já está finalmente pronto e disponível em seu formato físico.

O álbum foi lançado oficialmente pela CIANETO DISCOS no último dia 20/07, e já pode ser adquirido, por apenas R$ 19,99 (+frete), escrevendo para dessoy.gil@gmail.com, pelo WhatsApp (54) 99234-7542 ou acessando o link a seguir: https://cianetodiscos.com.br/produtos/burn-the-mankind-chaos-matter-mcd/

Tracklist:
1 – The Red Rise
2 – Sulfur
3 – Sudden Inversion
4 – Weigh Like Lead

Encontre o single “Sulfur” nas principais plataformas de streaming:

Spotify: https://open.spotify.com/album/7yWYyfCp7TEfENDJGaup6h
Deezer: https://www.deezer.com/album/156671612
iTunes: https://music.apple.com/br/album/1520196340

Assista ao videoclipe de “The Red Rise”, divulgado recentemente:

Ouça “Chaos Matter” NA ÍNTEGRA aqui: https://cianeto.bandcamp.com/album/chaos-matter

Assine a newsletter da CIANETO DISCOS e receba em primeira mão todas as novidades, além de ter um preço especial nas compras: https://www.cianetodiscos.com.br/page/newsletter_signup

Contato: dessoy.gil@gmail.com

Contato para assessoria de imprensa: http://www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:
https://www.facebook.com/cianeto.discos.label/
https://cianeto.bandcamp.com/
http://www.cianeto.loja2.com.br/
https://sanguefrioproducoes.com/clientes-corporativos/CIANETODISCOS/28

 

Fonte: Sangue Frio Produções

Burn the Mankind - Capa EP

Finalmente! O novo álbum dos gaúchos do BURN THE MANKIND, intitulado “Chaos Matter”, está muito perto de ser lançado e contará com suporte da CIANETO DISCOS para sua distribuição nacional.

Previsto mundialmente para julho de 2020, via Emanzipation Productions, o EP contará com 4 faixas e já teve sua capa divulgada, que contou com a assinatura do artista Raphael Gabrio (Insane Visions).

Tracklist:

1 – The Red Rise
2 – Sulfur
3 – Sudden Inversion
4 – Weigh Like Lead

Para mais informações, acesse: http://wargodspress.com.br/wargods/burn-the-mankind-novo-ep-sera-lancado-em-julho-confira-capa-e-track-list

Ouça a faixa “Sudden Inversion” aqui: https://cianeto.bandcamp.com/track/sudden-inversion

Para saber mais sobre como e quando adquirir a versão nacional “Chaos Matter” de forma antecipada, escreva para dessoy.gil@gmail.com, pelo Facebook em www.facebook.com/cianeto.discos.label/ ou pelo site www.cianetodiscos.com.br/contato/ e solicite mais informações.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:
https://www.facebook.com/cianeto.discos.label/
https://cianeto.bandcamp.com/
http://www.cianeto.loja2.com.br/
https://sanguefrioproducoes.com/clientes-corporativos/CIANETODISCOS/28

Fonte: Sangue Frio Produções

Burn the Mankind - Capa EP

Os gaúchos do BURN THE MANKIND agora fazem parte do cast do selo dinamarquês Emanzipation Productions, braço extremo da Mighty Music, que lançou mundialmente o primeiro álbum da banda, “To Beyond”, em 2015. Em nota no Facebook da banda, Marcelo Nekard (baixo/vocal), Marcos Moura e Rafael Barros (guitarras) e Sandro Moreira (bateria) declaram: “Após um período sem notícias e com atrasos, muito relacionado às mudanças dos últimos meses no cenário mundial devido à pandemia, é com grande orgulho que comunicamos que nosso novo EP “Chaos Matter” está finalmente a caminho!”. Sobre a arte da capa, Marcos Moura comenta: “Nosso amigo e artista, Raphael Gabrio, que já fez trabalhos pro Behemoth, Napalm Death, Nervochaos e Misery Index, fez uma arte baseada na pintura “Chaos from Escalier des Sages” (1689) de Coenders Van Helpen e na grande obra alquímica, Opus Magnum. No processo, o Caos, feito de umidade, geada, de zona secretas e de secura, serve de ventre a toda existência”. O EP terá lançamento mundial no dia 31 de julho, em CD e versão digital, e poucos dias antes, em 20 de julho, o trabalho será disponibilizado no Brasil pela Cianeto Discos.

Confira o track list:

1 – The Red Rise

2 – Sulfur

3 – Sudden Inversion

4 – Weigh Like Lead

Todas as músicas descrevem cada uma das quatro fases da Alquimia Humana, que envolve admitir o lado ruim de uma pessoa, desenvolver a autoconsciência, reconhecer o mundo à sua volta e alcançar a ascensão para conseguir sintonia com o mundo em que se vive, obtendo assim equilíbrio. As fases referem-se a elementos químicos e suas cores, sendo: preto (chumbo), branco (prata), amarelo (enxofre) e vermelho (mercúrio). Cada faixa descreve uma pessoa que enfrenta uma dessas fases. Em duas músicas, o BURN THE MANKIND convidou amigos de outras bandas para participar dos vocais. Um representa o tutor da fase negra, o outro é a representação do mundo exterior que precisa ser descoberto.

“Chaos Matter” apresenta quatro novas faixas de Death Metal, às vezes técnicas, rápidas, mas também densas, melódicas, sombrias e cadenciadas. Os convidados especiais são o baixista e vocalista da clássica banda brasileira de Thrash Metal Leviaethan, Flávio Soares, e o vocalista Eder Macedo, do A Sorrowful Dream. Além das faixas inéditas de estúdio, a versão internacional, via Emanzipation Productions, também apresenta três faixas bônus ao vivo, gravadas no Metal Sul Festival, no dia 2 de novembro de 2019, em Bento Gonçalves/RS, sendo elas “Lies”, “Sudden Inversion” e “Everyone is Blind”. 

Assista ao lyric video de “Sudden Inversion”:

 Ouça “Sudden Inversion” no Spotify:

https://open.spotify.com/album/5gkbxbw6yqZ9qiLEAZR5ly

Contatos:
Facebook: https://www.facebook.com/burnthemankind

Instagram: www.instagram.com/burnthemankind

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

 

Wargods Press

ASD - Press 2019

O vocalista da A SORROWFUL DREAM, Éder Macedo, gravou uma participação especial em uma música da banda de Death Metal Burn the Mankind, que será lançada no EP “Chaos Matter”, previsto para março. O EP será sendo gravado no From Hellcords Studios em Porto Alegre, e segundo os integrantes da Burn the Mankind, o registro de Éder foi surpreendente. Conhecido pelas suas vocalizações variadas, Éder já havia sido convidado pelos catarinenses da Sodamned para participar do álbum “The Loneliest Loneliness”, de 2011. Éder explicou como surgiu o convite: O convite partiu do vocalista Marcelo, que é um grande amigo de longa data da banda. Fiquei surpreso e nervoso; primeiro porque gosto da banda, segundo porque temia fazer algo que não ficasse a altura da qualidade do som deles. No final, o pessoal pareceu gostar (risos). E eu mais ainda: o profissionalismo dos músicos é imenso, fora a receptividade: estava entre amigos, não seria diferente”.

Éder Macedo (vocal), Josie Demeneghi (vocal), Geovane “Tuko” Lacerda (baixo), Mari Vieira (teclados), Aurélio Martins (guitarra), Lucas Vargas (guitarra/violinos) e Marcelo Dornel (bateria) seguem trabalhando em material novo, enquanto preparam o lançamento de mais material em vídeo. O último vídeo liberado foi o vídeo clipe da música “Passion”, que dá nome ao último álbum do grupo, lançado em 2015.

Assista ao vídeo clipe de “Passion”:

Conhecidos pelo seu soturno e contagiante Dark Metal, a A SORROWFUL DREAM sempre ousou e desde seu surgimento , em 1996, buscou influências que vão da Música Clássica, passando pelo Pop até chegar ao Heavy, Death, Doom e Gothic Metal. Com o recente falecimento da vocalista Marie Fredriksson, do Roxette, o septeto gaúcho deixa sua homenagem com o cover de “Spending My Time” gravado no Metal Sul Festival em 2017, declarando: “Sempre curtimos a vibe que muitas bandas Pop das décadas de 80/90 tiveram, pois parecia que havia uma dose de melancolia em suas músicas e letras, e com o Roxette não foi diferente. Ao escolhermos a música que faria parte do tributo Heavy Metal à banda em 2017, não pensamos duas vezes. “Spending My Time” é linda e tem melodias marcantes, além de ser conhecida no mundo inteiro. Que o legado de Fredriksson permaneça sempre vivo para os amantes de boas músicas”. O tributo foi lançado pela produtora russa GSP Magazine, contendo inclusive mais duas bandas gaúchas, Seduced by Suicide e From Autumn.

Assista ao lyric vídeo de “Spending My Time”:

Contatos:
Site oficial: www.asorrowfuldream.com
Facebook: www.facebook.com/asorrowfuldream
Twitter: www.twitter.com/asorrowfuldream
Instagram:  www.instagram.com/asorrowfuldream

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wargods Press

BTM - Capa.jpg

A banda gaúcha de Death Metal BURN THE MANKIND revelou que seu próximo trabalho, o EP “Chaos Matter”, será lançado pela Cianeto Discos entre fevereiro e março de 2020. O material foi gravado e mixado no From Hellcords Studios (Porto Alegre), tendo novamente como produtor Henrique Fioravanti, que segundo a banda, “é um profissional de qualidade e que tem somado muito no resultado final e na concepção de diversas ideias ao longo da produção”. Fioravanti já havia trabalhado com a BURN THE MANKIND no debut “To Beyond”, lançado em 2015. Em breve a banda irá divulgar a arte final da capa, detalhes das faixas e seu conteúdo lírico.

Para celebrar esta nova fase, Marcelo Nekard (baixo/vocal), Marcos Moura e Rafael Barros (guitarras) e Sandro Moreira (bateria) lançarão o single “Sudden Inversion” no dia 13 de dezembro, com distribuição em todas as plataformas digitais pela Zabauros Agência. Sobre a arte da capa, Marcos explicou sua concepção: “A capa é uma adaptação de uma arte, já utilizada pela banda, do talentoso Raphael Gabrio (Insane Visions) e teve um tratamento digital feito pelo nosso guitarrista Rafael Barros (2Ways Digital Arts). “

 O lançamento do single “Sudden Inversion”celebrará também os dez anos de atividades ininterruptas da banda, que foi criada pelo guitarrista Marcos Moura em 2009, quatro anos após o fim do Nephasth, uma das mais proeminentes bandas brasileiras de Death Metal da década de 2000, ao lado do Krisiun e Rebaelliun. Nesta uma década de intenso trabalho, o grupo lançou o EP “Burn the Mankind” (2010), o single “Real Slave” (2012) e o álbum “To Beyond” (2015), este último recebendo diversos elogios da mídia especializada ao redor do mundo, como Dom Lawson, da renomada revista inglesa METAL HAMMER, escrevendo as seguintes palavras na edição de fevereiro de 2016: “Além da rara alegria em ouvir uma banda jovem de Death Metal, que realmente compreende o que faz o gênero ser grande, “To Beyond” comprova que o caso de amor do Brasil com o underground extremo gerou um novo monstro aterrorizante”.

Ouça “To Beyond” no Spotify:

https://spoti.fi/38grl9E

Contatos:
Facebook: https://www.facebook.com/burnthemankind

Instagram: www.instagram.com/burnthemankind

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

WargodsPress

3b8d3a5e4d1b731efba7d69d10f1d7a3.jpg

Um dos festivais mais tradicionais do Rio Grande do Sul, o ‘Blasphemic Art Festival’, que tem a banda MORTHUR como destaque, chega a sua sétima edição.

O evento acontecerá neste fim de semana, dia 17/03/2018, na cidade de Carazinho/RS e contará também com as bandas Human Plague, Burn The Mankind, Midnight Jackal e Symphony Draconis, confira:

a32221b1f869de0f41ba922a08635ca5.jpg

Link do evento no Facebook para mais informações: https://www.facebook.com/events/1556037174475963/

Assista ao vídeo promocional do evento:

Em paralelo, o MORTHUR segue divulgando seu debut álbum “Between the Existence And The End” e está com sua agenda de shows aberta, produtores interessados escrevam para contato@sanguefrioproducoes.com ou contato@phobosdarkart.com e solicite mais informações.

Para adquirir o álbum “Between the Existence And The End” na versão física e apoiar a banda acesse o site oficial da SANGUE FRIO RECORDS pelo link a seguir: https://goo.gl/CqdvtA

Ouça-o no Spotify: https://open.spotify.com/album/06PdWJMpYLCWY5j9zdSecl

Encontre-o nas demais plataformas de streaming: https://sanguefrioproducoes.com/n/1031

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:
https://www.facebook.com/morthurband
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Morthur/1

Fonte: Sangue Frio Produções

15775099_1335257123204705_4113491588844653283_o.jpg

 Já está disponível no Youtube o vídeo de Guitar Playthrough para a música “Survive On”, faixa bônus presente no debut do BURN THE MANKIND, “To Beyond”, que completou um ano de seu lançamento em dezembro passado. Produzido em parceria com a Orbit Globat Art e From Hellcords Studios, o vídeo apresenta os guitarristas Marcos Moura e Rafael Barros demonstrando sua técnica no que podemos chamar de “Death Metal Workshop”. Marcos diz que “fazia algum tempo que tínhamos essa ideia de fazer um vídeo do gênero e mostrar um pouco a forma como trabalhamos os riffs e solos no BURN THE MANKIND. Temos um público que admira e nos acompanha desde a época em que tocávamos no NEPHASTH, e nunca tiveram a oportunidade de conferir a dupla em shows, então esse foi um bom momento, ainda mais agora que completamos duas décadas de parceria.”.

Assista ao vídeo:

Lançado no dia 18 de dezembro de 2015, “To Beyond” é o primeiro álbum do grupo, lançado na Europa e EUA pela Mighty Music e posteriormente no Brasil pela Cianeto Discos. Em relação à receptividade que o álbum obteve na imprensa, o grupo declara: Críticas são olhares estranhos e com outras perspectivas sobre seu trabalho, na maioria das vezes elas são construtivas. Outras vezes podem ferir, afinal quem dá a cara a bater, às vezes apanha. Faz parte, isso é a diversão!”. Fechando este ciclo do “To Beyond”, inicia-se outro, com as composições do novo álbum sendo criadas. Rafael Barros mostra-se empolgado: “É hora de nos concentrarmos nas composições do sucessor de To Beyond, pois entre 2017 e 2018 terá disco novo! Mudanças serão bem vindas e restaurar a energia é vital para seguirmos nossa batalha, muito trabalho e mais desafios. Nossa primeira turnê fora do Rio Grande do Sul finalmente irá acontecer neste ano!”.

Para levar a banda para tocar em sua cidade, o BURN THE MANKIND conta com o apoio da agência e produtora de shows Open the Road, basta entrar em contato através do seguinte e-mail: opentheroadtour@gmail.com

 

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/burnthemankind

Twitter: https://twitter.com/burnthemankind

Soundcloud: https://soundcloud.com/burnthemankind

Fonte: Wargods Press

15284868_649811678532493_5073772718028627936_n

No próximo sábado, 03/12, a banda gaúcha de Death Metal BURN THE MANKIND subirá ao palco do Signos Pub Rock ao lado de mais seis bandas para a quarta edição do já tradicional festival Nazareno Arregaço, que também comemora os quatro anos de atividades da The Warriors Prod, encerrando assim um ano produtivo para todos os envolvidos. O BURN THE MANKIND, que recentemente tocou em Santa Maria ao lado do Leviaethan, que também faz parte do evento, celebra um ano do lançamento do debut “To Beyond”, que recebeu diversas criticas positivas mundo afora, como a resenha publicada no site Dutch Metal Maniac: “Acima de tudo, este álbum merece reconhecimento, é um dos melhores álbuns de Death Metal que eu ouvi do Brasil e se iguala as mais populares bandas de Death Metal da Europa e dos EUA.”

O festival terá início às 20h, e o ingresso custa R$ 15,00, somente no local. Ao lado do THE MANKIND e Leviaethan, tocarão as bandas Pull the Trigger, Natural Chaos, Insurgent, Hazze e Nephilim. O Signus Pub fica localizado quase em frente ao Bar Opinião, na Rua Joaquim Nabuco, 272, Cidade Baixa.

Evento com todas as informações:

https://www.facebook.com/events/1785835935027845/

 

O show faz parte da turnê de divulgação de “To Beyond”, lançado no final de 2015 pelas gravadoras Mighty Music (na Europa) e Cianeto Discos (no Brasil). Atualmente o BURN THE MANKIND tem o apoio da agência e produtora de shows Open the Road para o agendamento de shows pela América do Sul. Para contratar o BURN THE MANKIND, basta entrar em contato com Open the Road através do seguinte e-mail: opentheroadtour@gmail.com

 

Contatos:

Site: http://www.burnthemankind.com/

Facebook: https://www.facebook.com/burnthemankind

Twitter: https://twitter.com/burnthemankind

Soundcloud: https://soundcloud.com/burnthemankind

Fonte: Wargods Press

burn_press1

Em entrevista para a última edição da revista Roadie Crew, a banda gaúcha de Death Metal BURN THE MANKIND revelou detalhes sobre o lançamento de “To Beyond”, que saiu primeiro pela gravadora dinamarquesa Mighty Music e logo após no Brasil numa parceria com a Cianeto Discos, especializada em Metal Extremo. Nas palavras do guitarrista Rafael Barros, a Mighty Music “tem excelente estrutura de distribuição física na Europa, nos EUA e também em meios digitais. O diretor executivo, Michael H. Andersen, trabalhou na Warner Music da Dinamarca e dirige a Target Group, que reúne uma gravadora e um grande selo distribuidor de música independente daquele país, então ele entende bastante do mercado musical”. Já no campo nacional, a Cianeto tem feito um ótimo trabalho, destaca Rafael: “O proprietário, Gil Dessoy, é um grande apoiador da música extrema no Brasil. Acreditamos no seu trabalho e profissionalismo e torcemos para que em breve tenhamos um grande selo brasileiro focado em música extrema oriundo do Rio Grande do Sul. A divulgação tem sido feita via contatos e clientes do selo. Nesse sentido, tanto divulgação como venda são bastante pessoais e diretas, mas não menos eficiente”.

Outro tema abordado na entrevista, realizada por João Messias Jr., e que afeta todo o cenário musical, é a provável regulamentação da Internet, limitando o acesso de milhões de usuários ao estabelecer uma franquia de dados, que ao atingir o limite, seria bloqueada ou limitaria sua velocidade. O baixista/vocalista Pedro Webster deu sua opinião: “Essa nova regulamentação é um tremendo retrocesso. Os serviços de ‘streaming’ estão cada vez mais tomando conta do mercado e do meio artístico. É fundamental possuirmos liberdade para, de forma ilimitada, assistir vídeos, ouvir música e consumir materiais de artistas em diversas plataformas e essa regulamentação sugere o oposto disto. Sem dúvida será um soco no estômago de muitas bandas, produtores, público e muita gente que necessita de internet ilimitada para ganhar a vida e divulgar seu trabalho”.

Para ler a entrevista completa, basta adquirir a edição #210 da revista, que pode ser comprada online através do seguinte link: http://goo.gl/5GhmrJ.

Contatos:
Site: http://www.burnthemankind.com/
Facebook: https://www.facebook.com/burnthemankind
Twitter: https://twitter.com/burnthemankind
Soundcloud: https://soundcloud.com/burnthemankind

Fonte: Wargods Press