Posts com Tag ‘Brave’

A revista Roadie Crew, em parceria com a produtora Som do Darma, apresentam nesta sexta-feira, dia 13 de Janeiro, às 19h30, a 34ª edição do “Roadie Crew – Online Festival”.

O evento online, realizado mensalmente, dá continuidade à sua missão de celebrar e promover o trabalho das bandas brasileiras e fortalecer a cena do heavy metal nacional, sempre com estreia e transmissão “Streaming-Live” exclusiva pelo canal oficial da Roadie Crew no Youtube – www.youtube.com/roadiecrewmagtv

Vencedor da categoria “Melhor Evento” do Prêmio Dynamite 2021, o “Roadie Crew – Online Festival” tornou-se a principal referência na fruição da cena brasileira de heavy metal que é, quantitativa e qualitativamente, uma das mais relevantes do mundo. Até aqui, mais de 500 bandas já passaram pelo festival online!

Essa edição de Janeiro, a primeira de 2023, traz um especial com os Melhores de 2022. A curadoria do festival online selecionou os 24 melhores vídeos/bandas entre os 192 exibidos ao longo das 12 edições de 2022 e compilou-os para esse especial. São elas: The Giant Void – “Beltalowda”, Warshipper – “Morphine”, Brave – “Fight”, Deathgeist – “Living Dead Melody”, Gestos Grosseiros – “Blind Lamb”, VersOver – “Bob And Jack”, Funeral Sex – “Genesis”, Inventtor – “Traído pela Intuição”, Losna – “Constellation Drama”, Dark Witch – “Invencível”, Heretic – “Hybrid Fear”, Muqueta na Oreia – “Vingança”, Midgard – “Crying At The Party”, Goaten – “Hunting The Damned”, Mothercow – “Unstoppable”, Terrorsphere – “Lunatic Devotion”, Cras – “Valleys Of Concrete”, Rider – “False Messiah”, Dysnomia – “Necropolítica”, Santo Graal – “Sunshine II”, Lifeforce – “Knights Of Apocalypse”, Devorah – “Devil’s Business”, The Roadrunners – “This Desert Feels Like Home” e Godhound – “Deathmask Trucker”.

A apresentação do festival fica por conta de Eliton Tomasi da Som do Darma.

Acesse www.youtube.com/roadiecrewmagtv e se inscreva em nosso canal. Ative o sininho para receber todas as atualizações.

Serviço:
“Roadie Crew – Online Festival” – 34ª Edição | Especial Melhores de 2022
Data: 13 de Janeiro de 2023
Horário: 19h30
Local: Canal da Roadie Crew no Youtube – www.youtube.com/roadiecrewmagtv
Bandas: The Giant Void, Warshipper, Brave, Deathgeist, Gestos Grosseiros, VersOver, Funeral Sex, Inventtor, Losna, Dark Witch, Heretic, Muqueta na Oreia, Midgard, Goaten, Mothercow, Terrorsphere, Cras, Rider, Dysnomia, Santo Graal, Lifeforce, Devorah, The Roadrunners e Godhound.


Mais Informações:
www.roadiecrew.com.br
www.somdodarma.com.br
https://fb.me/e/2g97cnHy1  (Evento Facebook)

Press 11 / Som do Darma

É fato que tem havido uma evasão de público nos shows de heavy metal no mundo inteiro. Várias podem ser as razões, assim como as soluções. Com produção da Som do Darma, a proposta do “Viva O Metal – Gerações” é oferecer novas possibilidades para os shows de metal autoral e assim torná-los mais interessantes para o público efetivo e também abrir espaço para novas gerações de músicos e artistas jovens e mobilizar novos públicos.

“Viva O Metal – Gerações” será realizado no dia 11 de Novembro a partir das 19h no Teatro Municipal Teotônio Vilela em Sorocaba/SP. Haverão shows especiais de duas já experientes bandas: o Brave que, durante seu set, contará com a participação especial do grupo de performance medieval Ordo Draconis Belli, e o Hammathaz que convida para uma participação muito especial a unidade de Sorocaba do grupo feminista de maracatu Baque Mulher.

Também se apresentarão três novas bandas formadas por alunos infantojuvenis da escola de música Studio Mozart de Sorocaba: Rock Roulette, Starbugs e Choque Térmico. Haverá, ainda, uma participação muito especial da MegaBanda Studio Mozart contando com diversos músicos no palco.

Os ingressos para o “Viva O Metal – Gerações” já estão à venda pelo Clube do Ingresso e custam R$ 30,00 promocional (disponível para todos os públicos mediante a doação de 1kg de alimento), R$ 60,00 inteira ou R$ 30,00 meia-entrada. Para adquirir, acesse: https://www.clubedoingresso.com/evento/vivaometal-geracoes

“Viva O Metal – Gerações” – Várias gerações, um propósito: celebrar o heavy metal!

SOBRE AS ATRAÇÕES:

HAMMATHAZ convida BAQUE MULHER

O Hammathaz já é um nome bastante conhecido no underground nacional. Afinal, são mais de 15 anos de carreira! Banda estradeira, conseguiu formar seu público muito mais através de apresentações ao vivo do que lançando material de estúdio. Já fizeram shows em várias regiões do Brasil, participaram de importantes festivais como Virada Cultural e Grito Rock e abriram para bandas e artistas renomadas como Angra, Shaman, Ratos de Porão, Mike Portnoy, entre outras. “The One, álbum de estreia do grupo, foi lançado em 2020 pela Voice Music no Brasil e pela Defense Records da Europa. Produzido por Thiago Bianchi, o disco foi indicado na categoria Melhor Álbum Nacional pelos leitores da revista Roadie Crew e ao Prêmio Dynamite 2021 na categoria Melhor Lançamento de Heavy Metal.
O Hammathaz é atualmente formado por Fernando Xavier (vocal), Thales Stat (guitarra), Rodrigo Marietto (guitarra), Anderson Andrade (baixista) e Lucas Santos (bateria).

Ouça “The One” nas plataformas digitais:

Spotify: http://spoti.fi/2KhledY

Deezer: http://bit.ly/3h02IT8

Youtube: http://bit.ly/34qlsq0

Já o Baque Mulher é um grupo de maracatu fundado em 2008 pela Mestra Joana Cavalcante na comunidade do Bode em Recife/PE e é composto somente por mulheres. Seu objetivo é unir mulheres e meninas que, além de aprender a tocar o maracatu, refletem sobre todos os tipos de violência contra a mulher, sobre o racismo contra a mulher negra, a valorização das matriarcas nas tradições do maracatu, o poder feminino e o legado das mulheres mais velhas que também lutaram por seus direitos. Esse movimento vem crescendo cada vez mais e hoje o Baque Mulher já tem mais de 40 grupos espalhados pelo Brasil e pelo mundo! O Baque Mulher Sorocaba é um deles e desde 2016 busca trazer um pouco do que é o maracatu de baque virado para Sorocaba.

Hammathaz e Baque Mulher prometem promover no palco do TMTV o encontro entre o heavy metal e o maracatu na tentativa de diminuir os espaços entre tradições e culturas além de desenvolver potencialidades expressivas, estimular a sensibilidade, ampliar a comunicabilidade, contribuir para a autoestima e auxiliar na formação de cidadãos, uma vez que o fazer artístico pressupõe e trabalha a consciência e o respeito aos outros.

BRAVE convida ORDO DRACONIS BELI

São mais de 20 anos de estrada! Várias Demos, EPs, três álbuns e dezenas de shows e participações em festivais. Na imprensa especializada, não apenas sobram elogios, mas a alcunha de “criadores do brutal power metal”. Esse é o Brave!
O Brave lançou em 2020 seu terceiro e mais celebrado disco até aqui, “The Oracle”. O disco foi indicado pelo Prêmio Dynamite 2021 na categoria “Melhor Álbum de Heavy Metal” e recebeu resenhas bastante positivas: “Indicadíssimo” (Collector’s Room);”The Oracle é um excelente registro do Brave.” (Rock Master); “The Oracle é uma prova da capacidade dos brasileiros de nos surpreender sempre.” (Rock On Stage); “(…) o Brave está consolidado e é um grande nome do Metal nacional.” (Arte Metal).
Em 2021 a gravadora Metal Relics relançou o segundo álbum da banda em formato luxuoso e que contou com a regravação da faixa “Power In Battle” com a participação de Steve Grimmett, vocalista da lenda da NWOBHM, o Grim Reaper, com quem o Brave excursionou em Abril de 2022.
O Brave é atualmente formado por Sidney Millano (vocal), Carlos Bertolazi (guitarra), Ricardo Carbonero (baixista) e Rafael Gonçalves (bateria).

Ouça “The Oracle” nas plataformas digitais:
Spotify: https://spoti.fi/3ak1eAF  
Deezer: https://bit.ly/3Dp1cnw  
Youtube: https://bit.ly/3FoC961  


A Ordo Draconis Beli foi formado em 2011 e consiste em apresentar performances de batalhas e combates medievais. O grupo se apresenta por todo Brasil, sempre caracterizado com vestimentas, armas e equipamentos típicos.

Brave e Ordo Draconis Beli levarão para o palco do TMTV um pouco mais sobre a cultura medieval promovendo, ainda, um diálogo multicultural entre música, artes cênicas e arte da performance.

CHOQUE TÉRMICO, STARBUGS, ROCK ROULETTE e MEGABANDA STUDIO MOZART

As três bandas são formadas em Sorocaba por músicos de 11 a 17 anos, todos estudantes da escola de música Studio Mozart da cidade de Sorocaba/SP.

A banda Starbugs faz um som baseado na estética do heavy metal tradicional e recentemente lançou seu primeiro videoclipe da música “Metal Tradicional” no “Roadie Crew – Online Festival”. Essa será a faixa título do primeiro álbum da banda com lançamento programado para o final de 2022. A Starbugs é formada por Anthony (vocal), Adrian (bateria), Cauã (baixo), Otávio (guitarra) e Francisco (guitarra).
Para assistir o vídeo, acesse: https://youtu.be/rZq0oBNkVGk

A Choque Térmico foi formada em 2015 com a proposta de ser um grupo autoral de classic rock. O grupo conta com os integrantes Otávio (voz e guitarra), JP (guitarra), Arthur (baixo) e Mateus (bateria). Lançaram recentemente o clipe do single  “Don’t Stop The Fight” no “Roadie Crew – Online Festival”, também disponibilizado no formato físico em CD. Para assistir, acesse: https://youtu.be/cS06rVncUno

A Rock Roulette foi formada em 2022 com o objetivo de fazer covers de algumas das bandas mais importantes do metal pesado como Metallica, Slayer e Slipknot além de significar um espaço para que seus integrantes possam realizar outras experimentações musicais. O grupo é formado por Otávio (vocal), Arthur (guitarra), Marco (guitarra), Nicolas (guitarra), Marcos (baixo) e Arthur (bateria).

Por fim, a Megabanda da Studio Mozart é formada por integrantes das bandas Starbugs, Choque Térmico, Rock Roulette entre outros músicos de grupos formados na escola e por alunos da Studio Mozart. A Megabanda da Studio Mozart será responsável por fazer um grande show de abertura no “Viva O Metal – Gerações”.

Mais Informações:
HAMMATHAZ
www.facebook.com/hammathaz

www.instagram.com/hammathazofficial
www.youtube.com/HammaTubeChannel
BRAVE
www.facebook.com/warshipper  

www.instagram.com/warshippermetal
www.youtube.com/BRAVEPowermetal   
BAQUE MULHER SOROCABA
www.instagram.com/baquemulhersorocaba
ORDO DRACONIS BELI
www.instagram.com/ordodraconisbelli
STARBUGS

www.instagram.com/bandastarbugs
CHOQUE TÉRMICO
www.instagram.com/bandachoquetermico

ROCK ROULETTE
www.instagram.com/bandarockroulette
STUDIO MOZART
www.instagram.com/studiomoza
rt

Som do Darma

Brave: “Fight”, novo single já disponível

Publicado: 06/06/2022 por Pedro Mello em News
Tags:,

São mais de 20 anos de estrada! Várias demos, EPs, três álbuns e dezenas de shows e participações em festivais. Na imprensa especializada, não apenas sobram elogios, como a alcunha de “criadores do brutal power metal”. Esse é o Brave!

O quarteto, natural da cidade de Porto Feliz/SP, acabou de retornar de uma bem sucedida turnê ao lado do Steve Grimmett’s Grim Reaper e Hellish War. Os repertórios desses shows foram baseados em seu mais celebrado disco até aqui, “The Oracle”. O terceiro álbum de estúdio da banda reúne oito faixas inéditas e demonstra que o Brave não apenas mantém uma tradição, mas disponibiliza-a para novas possibilidades de interpretação. “The Oracle” foi indicado ao Prêmio Dynamite 2021 na categoria “Melhor Álbum de Heavy Metal” e recebeu resenhas bastante positivas: “Indicadíssimo” (Collector’s Room);”The Oracle é uma prova da capacidade dos brasileiros de nos surpreender sempre.” (Rock On Stage); “(…) o Brave está consolidado e é um grande nome do Metal nacional.” (Arte Metal).

“Fight”, novo single do Brave, é a primeira composição gravada e lançada pela banda após “The Oracle”.

O grupo filmou um videoclipe para a música que estreou na 25ª edição do “Roadie Crew – Online Festival” e agora está disponível no canal da banda no Youtube.

Para assistir, acesse: 

Ouça “Fight” também nas plataformas digitais:

Spotify: https://spoti.fi/3zdu7MA

Deezer: https://bit.ly/3MdRvwp

Amazon: https://amzn.to/3NbJzgh

O Brave é formado por Sidney Millano no vocal, Ricardo Carbonero no baixo, Carlos Bertolazi na guitarra e Rafael Gonçalves na bateria.

Mais Informações:
www.instagram.com/bravepowermetal
www.facebook.com/BravePowerMetal

Som do Darma

A lenda da New Wave Of Britsh Heavy Metal, o Grim Reaper, esteve no Brasil em Abril. Atualmente liderado pelo seu vocalista e principal líder, Steve Grimmett, por isso mesmo hoje chamada de Steve Grimmett’s Grim Reaper, a banda realizou três novas apresentações no Bar da Garagem em Sorocaba/SP, no Wox Club em Pomerode/SC e no La Salsa em São Paulo/SP.

Diferentemente das passagens anteriores do Grim Reaper no país, dessa vez Steve Grimmett esteve acompanhado pelos músicos brasileiros Vulcano (guitarra), Bil Martins (contrabaixo) e Rafael Gonçalves (bateria) e entregou um repertório exclusivamente formado por músicas dos três clássicos discos do Grim Reaper: “See You in Hell” de 1984, “Fear No Evil” de 1985 e “Rock You to Hell” de 1987.


Nos três shows da turnê, o Grim Reaper foi acompanhado por duas bandas brasileiras, o Hellish War e o Brave, estimulando a integração entre culturas através desse movimento cultural pluralista que é o heavy metal.


O Hellish War é considerado um dos grupos de heavy metal tradicional mais relevantes do Brasil e nesses shows com o Grim Reaper esteve promovendo seu mais recente álbum, “Wine OF Gods”, que foi financiado pelo Proac Editais. “Wine OF Gods” é apontado por imprensa e público como um dos melhores trabalhos da carreira do quinteto paulista. Além de ter ficado entre os cinco álbuns mais vendidos da loja Die Hard, “Wine Of Gods” colecionou elogios de alguns dos mais importantes jornalistas e críticos de rock do país: “Melhor álbum do Hellish War!” (Leandro Coppi – Roadie Crew); “Uma aula de como se fazer o estilo” (Vitor Franceschini – Arte Metal); “Assombroso no quesito música de qualidade” (Celso Lopes – Rumors Mag).
Entre as dez faixas que compõe o disco, “Warbringer” traz a participação especial de Chris Boltendahl do Grave Digger.


JR, baixista do Hellish War, comentou um pouco sobre como foi a experiência de excursionar com o Grim Reaper e Brave peloo Brasil.
“Esperávamos ansiosos pelo dia em que voltaríamos aos palcos, mas não imaginávamos que seria tão foda como foi. Foram apenas três shows, mas foram dias intensos de muito heavy metal, correria, camaradagem, empatia, entrega e muito aprendizado. Termos o privilégio de tocar ao lado do Steve Grimmett, que é um verdadeiro “metal heroe”, não tem como explicar a sensação. Acho que falar dele é como chover no molhado, mas preciso ressaltar sua força de vontade e humildade, que foi uma lição para todos nós. O cara com 62 anos de idade, sem uma das pernas, e em um país atrasado em relação às necessidades dos deficientes físicos, ainda por cima entregou shows memoráveis e sem reclamar uma única vez. Ele não é uma lenda da NWOBHM à toa. Isso eu digo. Foi muito bom rever velhos e novos amigos, encontrar os fãs. Podermos tocar músicas do nosso último álbum, “Wine Of Gods”, que saiu pouco tempo antes da pandemia se instaurar. Estarmos com nossos “brothers of metal” do Brave, que é uma excelente banda e excelentes pessoas para se excursionar juntos, sem palavras mesmo. Só temos a agradecer a oportunidade proporcionada pela Som Do Darma e pela confiança em nosso trabalho. Poder participar desta empreitada, foi algo único. Depois de todo o caos dos últimos dois anos, essa tour foi um sopro de alívio e agradecimento”.

Além de JR, o Hellish War é formado por Bil Martins nos vocais, Vulcano e Daniel Job nas guitarras e Daniel Person na bateria.

Já os shows do Brave foram baseados no repertório de seu mais celebrado disco até aqui, “The Oracle”. O terceiro álbum de estúdio da banda de Porto Feliz/SP reúne oito faixas inéditas e demonstra que o Brave não apenas mantém uma tradição, mas disponibiliza-a para novas possibilidades de interpretação. “The Oracle” foi indicado pelo Prêmio Dynamite 2021 na categoria “Melhor Álbum de Heavy Metal” e recebeu resenhas bastante positivas: “Indicadíssimo” (Collector’s Room); “The Oracle é uma obra intensa e verdadeiramente honesta de quem acredita no heavy metal” (Um Metal por Dia); “…oito faixas completamente novas e de qualidade muito acima da média. The Oracle é resultado direto de mais uma bem vinda etapa de amadurecimento sonoro do Brave” (Sonorizando); “The Oracle é um excelente registro do Brave que mostra, mais uma vez, a força que o heavy metal ainda tem no Brasil” (Rock Master); “The Oracle é uma prova da capacidade dos brasileiros de nos surpreender sempre.” (Rock On Stage); “(…) o Brave está consolidado e é um grande nome do Metal nacional.” (Arte Metal).

Sidney Millano, vocalista do Brave, também comentou sobre a turnê com o Grim Reaper e Hellish War.
“Que grande satisfação relatar o quão foi importante e significativa a experiência para o Brave de realizar esse turnê com o Steve Grimmett’s Grim Reaper! O heavy metal, além de um meio de expressão artística, é sem dúvida também uma parceria entre semelhantes. Sem o qual não criaríamos laços de amizades suficientes para alcançarmos objetivos como esse! Foi muito além de dividir o palco com essa lenda viva (Steve Grimmett) acompanhados pelos irmãos do Helish War e mediados pela Som do Darma. Realizamos uma de nossas metas que é tocar em outro estado e apresentar músicas do nosso mais recente trabalho, o álbum “The Oracle”, além, é claro, de reprisar nossa faixa “Power in Battle” com a participação especial de Steve. O que dizer?! Estarmos juntos de uma lenda viva da New Wave of British Heavy Metal?! Vivenciamos a estrada, as situações e principalmente a nós mesmos como companheiros no projeto. Tudo isso em prol de fazermos o que adoramos, que é estar num palco interagindo com o público através do metal. Foi uma longa viagem, porém válida em cada momento! Tanto nas risadas quanto nos obstáculos. Steve é uma pessoa incrível, carismático, atencioso e muito humorado. Além de um grande exemplo de determinação! Realmente, foi uma honra estarmos juntos nessa “viagem”. Obrigado a todos, principalmente ao público de Sorocaba (Bar da Garagem), Pomerode/SC (Wox Club) e de São Paulo (La Salsa). Vocês foram demais! Valeu Susi, Eliton, Sr. Milton (Toshiba) e ao Hellish War. Foi uma experiência ímpar.”

Além de Sidney, o Brave é formado por Ricardo Carbonero no baixo, Carlos Bertolazi na guitarra e Rafael Gonçalves na bateria.

Mais Informações:
www.instagram.com/hellishwar
www.facebook.com/hellishwar
www.instagram.com/bravepowermetal
www.facebook.com/BravePowerMetal

Som do Darma

A lenda da New Wave Of Britsh Heavy Metal está de volta ao Brasil! O Grim Reaper, atualmente liderado pelo seu vocalista e principal líder, Steve Grimmett, por isso mesmo hoje chamado de Steve Grimmett’s Grim Reaper, retorna ao país para três novas apresentações em Abril: dia 21 no Bar da Garagem em Sorocaba/SP, dia 22 no Wox Club em Pomerode/SC e dia 23 no La Salsa em São Paulo/SP.

Diferentemente das passagens anteriores do Grim Reaper no país, dessa vez Steve Grimmett será acompanhado pelos músicos brasileiros Vulcano (guitarra), Bil Martins (contrabaixo) e Rafael Gonçalves (bateria) e promete um repertório exclusivamente formado por músicas dos três clássicos discos do Grim Reaper: “See You in Hell” de 1984, “Fear No Evil” de 1985 e “Rock You to Hell” de 1987.

Nos três shows da turnê, o Grim Reaper será acompanhado por duas bandas brasileiras, o Hellish War e o Brave, estimulando a integração entre culturas através desse movimento cultural pluralista que é o heavy metal.

Sobre o Grim Reaper:

Considerada uma das maiores representantes da New Wave Of Britsh Heavy Metal ao lado de Iron Maiden, Motörhead, Judas Priest, Saxon e Venom, o Grim Reaper surgiu em 1979 em Droitwich Spa, Inglaterra, formado pelo vocalista Steve Grimmett, o guitarrista Nick Bowcott e o baixista Dave Wanklin (a posição de baterista foi ocupada por diferentes músicos ao longo da carreira da banda).

Em 1984 foi lançado pela Ebony Records o primeiro disco do Grim Reaper, o estrondoso “See You in Hell”, gravado em apenas quatro dias. O álbum foi considerado o 73º melhor na tabela da Billboard daquele ano. A música da banda era selvagem demais para conseguir um lugar entre as 40 melhores com exposição somente pelo rádio, mas um videoclipe foi gravado e circulou bastante pela MTV, o que ajudou a vender mais álbuns, dando-lhes uma turnê nacional naquele mesmo ano. A banda também recebeu elogios de críticos como Robert Hilburn do Los Angeles Times, que deu o primeiro lugar no seu ranking das bandas de heavy metal.

Depois de concretizado o sucesso do primeiro álbum, o Grim Reaper volta sua atenção para a sequência com “Fear No Evil”. Lançado em maio de 1985, o álbum atingiu os mais vendidos em poucas semanas. As vendas desse segundo álbum aumentaram com outra turnê e outro poderoso clipe, “Fear No Evil”, dirigido por Chris Gaberin, que trabalhara em clipes de diversos artistas, desde John Cougar Mellencamp até Quiet Riot. O vídeo foi feito na parte oeste de Londres, próximo ao Aeroporto de Londres Heathrow. Neste foi apresentado o mascote da banda, uma personagem meio homem, meio lobo, cujo lema era “Tema o ceifador: ninguém escapa do poder maligno”. “Fear no Evil” tornou-se um dos videoclipes de heavy metal mais assistidos em toda história da MTV.

Em 1986 a banda começou as gravações do que seria então o terceiro disco, intitulado “Rock You To Hell”, junto ao produtor Max Norman (que trabalhava com Ozzy Osbourne). O disco saiu no ano seguinte e de cara transformou-se em outro best-seller do grupo. Apesar do sucesso, houve problemas na banda que culminaram em uma separação após “Rock You to Hell”. Nick Bowcott se tornou um dos escritores da revista Circus e mais tarde chegou a trabalhar para Marshall Amps em Nova Iorque. Steve Grimmett fez muito melhor a si mesmo juntando-se ao Onslaught. Depois do Onslaught, Grimmett formou o Lionsheart, que era mais melódico, ainda com um toque hard rock presente em seus trabalhos anteriores.

Em 1994 o clipe “See You in Hell” foi brevemente reavivado quando apareceu em um episódio da série da MTV, “Beavis and Butthead”.

Atualmente o vocalista Steve Grimmett é o único remanescente da formação original do Grim Reaper e continua a fazer turnês por todo mundo como Steve Grimmett’s Grim Reaper.

Sobre o Hellish War:

Formada na cidade de Campinas/SP em 1995, o Hellish War é considerado um dos grupos de heavy metal tradicional mais relevantes do Brasil.

O Hellish War lançou seu primeiro registro em estúdio em 1996, a demo-tape “The Sign”. “Defender Of Metal”, o álbum de estreia, saiu em 2001 e propagou pelos sete mares a proposta do grupo: uma sonoridade alicerçada no heavy metal da década de 80. Mais de dez anos depois de seu lançamento, “Defender Of Metal” tornou-se obra cult, sendo considerado por alguns headbangers europeus como “o melhor disco Brasileiro de Heavy Metal de todos os tempos”!

“Heroes Of Tomorrow”, de 2008, trouxe a banda para níveis superiores em termos de técnica e musicalidade. Não obstante, foi a prova de que era possível se extrair o melhor das produções contemporâneas sem descaracterizar a essência do heavy metal antigo. A imprensa na época também destacou as características “europeias” do som do Hellish War. “Heroes Of Tomorrow é um trabalho que muitas bandas europeias gostariam de ter lançado…” publicou o site grego Metal Temple.

A primeira turnê europeia do Hellish War aconteceu em 2009 e significou o coroamento de um trabalho. Batizada de “European First Assault Tour”, o Hellish War fez oito shows pela Alemanha, Bélgica e Suíça, incluindo três apresentações em festivais, entre eles o mítico “SwordBrothers Festival” na Alemanha.

“Live In Germany” lançado em 2010, é o primeiro disco ao vivo da carreira e trouxe o registro dessa turnê. O álbum foi eleito pelo site Heavy Metal Brasil como um dos “melhores discos ao vivo do heavy metal brasileiro de todos os tempos” e praticamente encerrou um ciclo na história da banda.

O disco seguinte foi intitulado “Keep It Hellish” (eleito em 2013 o 9º Melhor Disco de Heavy Metal do Brasil em eleição realizada pelos leitores da revista Roadie Crew) e marcou a manutenção da identidade da banda. A turnê de divulgação de “Keep It Hellish” teve início com alguns shows no Brasil e logo estendeu-se para a Europa. A segunda passagem do Hellish War pelo velho mundo aconteceu em Outubro de 2013 e foi ainda mais bem sucedida do que a primeira, somando sete apresentações em seis países diferentes: Alemanha, Bélgica, Suíça, França, Holanda e Polônia.

O mais recente disco do Hellish War é intitulado “Wine OF Gods” e foi financiado pelo Proac Editais. “Wine OF Gods” é apontado por imprensa e público como um dos melhores trabalhos da carreira do quinteto paulista. Além de ter ficado entre os cinco álbuns mais vendidos da loja Die Hard, “Wine Of Gods” colecionou elogios de alguns dos mais importantes jornalistas e críticos de rock do país: “Melhor álbum do Hellish War!” (Leandro Coppi – Roadie Crew); “Uma aula de como se fazer o estilo” (Vitor Franceschini – Arte Metal); “Assombroso no quesito música de qualidade” (Celso Lopes – Rumors Mag).

Entre as dez faixas que compõe o disco, “Warbringer” traz a participação especial de Chris Boltendahl do Grave Digger.


Sobre o Brave:

São mais de 20 anos de estrada! Várias Demos, EPs, três álbuns e dezenas de shows e participações em festivais. Na imprensa especializada, não apenas sobram elogios, mas a alcunha de “criadores do brutal power metal”. Esse é o Brave!

Depois da épica estreia com “The Last Battle” (2012) e do celebrado aperfeiçoamento em “Kill The Bastard” (2016), o Brave lançou em 2020 seu mais celebrado disco até aqui, “The Oracle”.

Reunindo oito faixas inéditas, “The Oracle” demonstra que o Brave não apenas mantém uma tradição, mas disponibiliza-a para novas possibilidades de interpretação.
“The Oracle” reúne oito faixas e foi indicado pelo Prêmio Dynamite 2021 na categoria “Melhor Álbum de Heavy Metal”.

Mesmo ainda priorizando a divulgação de “The Oracle”, o Brave recebeu uma proposta irrecusável da gravadora Metal Relics para um relançamento de “Kill The Bastard”. A nova edição do segundo álbum do Brave reúne as oito faixas regulares do álbum e uma regravação de “Power In Battle” que conta com a participação mais do que especial de Steve Grimmett, vocalista da lendária banda da NWOBHM, o Grim Reaper.

Serviço – Sorocaba/SP:
Steve Grimmett’s Grim Reaper com Hellish War e Brave
Data: 21 de Abril de 2022
Horário: 16h
Local: Bar da Garagem – Rua Direitos Humanos, 123 – Jd. do Paço – Sorocaba/SP
Ingressos: http://sorocabarock.com.br/
Informações, reservas e caravanas: (15) 99821-9909

Serviço – Pomerode/SC:
Steve Grimmett’s Grim Reaper com Hellish War e Brave
Data: 22 de Abril de 2022
Horário: 19h
Local: Wox Club – Av. 21 de Janeiro, 2115 – Centro – Pomerode/SC
Informações, reservas e caravanas: https://www.instagram.com/woxpomerode


Serviço – São Paulo/SP:
Steve Grimmett’s Grim Reaper com Hellish War e Brave
Outras Bandas: Flagelador e Night Prowler
Data: 23 de Abril de 2022
Horário: 16h
Local: La Salsa – Av. Duque de Caxias, 89 – Santa Cecília – São Paulo/SP
Ingressos: https://www.sympla.com.br/evento/steve-grimmett-s-grim-reaper/1435780
Informações, reservas e caravanas: (11) 94844-3403


Mais Informações:

www.somdodarma.com.br
www.facebook.com/somdodarma
www.instagram.com/hellishwar
www.facebook.com/hellishwar
www.instagram.com/bravepowermetal
www.facebook.com/BravePowerMetal

Som do Darma

Formada pela baixista Fernanda Lira, a guitarrista Débora Losna, a baterista Isabela Moraes e a vocalista Cacau Pinheiro, o line-up de estreia da She promete uma versão bem pesada de “Cherry Bomb”, clássico das The Runaways

A revista Roadie Crew, em parceria com a produtora Som do Darma, apresentam nesta sexta-feira, dia 11 de Maio, às 19h30, a décima-quinta edição do “Roadie Crew – Online Festival”.

O evento online, realizado mensalmente, dá continuidade à sua missão de celebrar e promover o trabalho das bandas brasileiras e fortalecer a cena do heavy metal nacional, sempre com transmissão “Streaming-Live” exclusiva pelo canal oficial da Roadie Crew no Youtube – www.youtube.com/roadiecrewmagtv

Até aqui, mais de 200 bandas já passaram pelo festival e centenas de outros grupos aguardam para se apresentarem em futuras edições. O “Roadie Crew – Online Festival” tornou-se a principal referência na fruição da cena brasileira de heavy metal que é, quantitativa e qualitativamente, uma das mais relevantes do mundo.

Além dos vídeos das bandas participantes, que continuam sendo inéditos e exclusivos, a décima-quinta edição, referente ao mês de Junho, apresenta mais um projeto exclusivo, a She.

A ideia da She é promover e estimular a produção criativa feminina na cena de heavy metal do Brasil, e a sua estreia contará com um line-up pra lá de especial formada pela baixista Fernanda Lira (Crypta), a guitarrista Débora Losna (Losna), a baterista Isabela Moraes (Kamala) e a vocalista Cacau Pinheiro (Made Of Stone). O quarteto fará uma versão bem pesada de “Cherry Bomb”, clássico das The Runaways. A produção musical e audiovisual fica por conta de Alex Voorhees e a produção cultural é de Susi dos Santos.

As outras bandas confirmadas para esta edição são Stress, Brave featuring Steve Grimmett (Grim Reaper), Astafix, Dream Wild, Scum Noise, Metauro, No One Spoke, Castellica, Vomit Bag Squad, Eternal Knight, All For One, Versteckt, Psychosane, Black Priest e Malved.

A apresentação do festival fica por conta de Eliton Tomasi da Som do Darma.

Acesse www.youtube.com/roadiecrewmagtv e se inscreva em nosso canal. Ative o sininho para receber todas as atualizações.

Serviço:
“Roadie Crew – Online Festival” – 15ª Edição
Data: 11 de Junho de 2021
Horário: 19h30

Local: Canal da Roadie Crew no Youtube – www.youtube.com/roadiecrewmagtv
Bandas: She (Projeto Exclusivo), Stress, Brave featuring Steve Grimmett (Grim Reaper), Astafix, Dream Wild, Scum Noise, Metauro, No One Spoke, Castellica, Vomit Bag Squad, Eternal Knight, All For One, Versteckt, Psychosane, Black Priest e Malved.
Horários No Exterior (Time Zone): June 11th – 05:30 pm – Lima, Quito, Bogotá, Monterrey Time | June 11th – 06:30 pm – Santiago, La Paz, Asuncion, Havana, New York Time | June 11th – 07:30 pm – Buenos Aires, Montevideo Time | June 11th – 11:30 pm – London Time | June 12th – 12:30 am – CET and Johannesburg Time | June 12th – 01:30 am – Moscow Time | June 12th – 02:30 am – Dubai Time | June 12th – 05:00 am – New Delhi Time | June 12th – 06:30 am – Hong Kong Time | June 12th – 7:30 am – Tokyo Time | June 12th – 8:30 am – Sidney Time.

Mais Informações:
www.roadiecrew.com.br
www.somdodarma.com.br
www.instagram.com/sheheavymetal
https://fb.me/e/8m1qfHJwt (Evento Facebook)

Som do Darma

Brave - Valhalla

São mais de 20 anos de estrada! Várias Demos, EPs, dois álbuns e dezenas de shows e participações em festivais.

Na imprensa especializada, não apenas sobram elogios, como a alcunha de “criadores do brutal power metal”.

O Brave está de volta!

Depois da épica estreia com “The Last Battle” (2012) e do celebrado aperfeiçoamento em “Kill The Bastard” (2016), o Brave lança seu novo álbum, “The Oracle”.

Gravado e mixado por Marcio Teochi no Teochi Studio em Itu/SP e masterizado no estúdio Absolute Master em Capivari/SP, “The Oracle” reúne oito faixas: “Intro”, “Firestorm”, “The Oracle”, “We Fight for Odin”, “Valhalla”, “Wake The Fury”, “Fall To The Empire” e “We Burn The Heart”.

“The Oracle” foi lançado em fevereiro em um evento fechado para imprensa na Full House em São Paulo e já está disponível em todas as principais plataformas digitais de música:

Spotify: http://bit.ly/2PDdW3O

Deezer: http://bit.ly/39jvBFl

Claro Música: http://bit.ly/2PGkzSZ

Amazon: https://amzn.to/2TdxxcO

Google Play: http://bit.ly/3cniMvC

Youtube: http://bit.ly/2PGH4qD

A banda que é formada por Sidney Milano (vocal), Ricardo Carbonero (baixo), Carlos Alexgrave (bateria) e Carlos Bertolazi (guitarra), segue com seu plano de lançar vídeos para todas faixas do álbum. Já saíram vídeos para “Fall To The Empire”, “Wake The Fury”, outro para “The Oracle” produzido para a primeira edição do “Roadie Crew – Online Festival” e agora foi a vez de “Valhalla” ganhar um videoclipe. Aliás, com certeza o melhor vídeo do Brave até aqui!

Com filmagens de MJ Neto e edição do próprio guitarrista Carlos Bertolazi, o videoclipe “Valhalla” do Brave já está disponível no canal oficial da banda no Youtube:

A versão em CD Físico de “The Oracle” tem distribuição exclusiva da Anti Posers Records. Para pedidos no atacado, acesse: https://www.facebook.com/antiposersrecords
O CD está disponível para venda no varejo em todo Brasil pela Die Hard Records: http://bit.ly/3daTxNA

Mais Informações:
http://www.facebook.com/BravePowerMetal

http://www.instagram.com/bravepowermetal
http://www.youtube.com/BRAVEPowermetal
http://www.soundcloud.com/bravepowermetal-1

SOM DO DARMA

Brave: já disponível novo videoclipe “Wake The Fury”

Publicado: 19/05/2020 por Pedro Mello em News
Tags:,

Brave_The Oracle_Capa_Baixa

São mais de 20 anos de estrada! Várias Demos, EPs, dois álbuns e dezenas de shows e participações em festivais.

Na imprensa especializada, não apenas sobram elogios, como a alcunha de “criadores do brutal power metal”.

O Brave está de volta!

Depois da épica estreia com “The Last Battle” (2012) e do celebrado aperfeiçoamento em “Kill The Bastard” (2016), o Brave lança seu novo álbum, “The Oracle”.

Gravado e mixado por Marcio Teochi no Teochi Studio em Itu/SP e masterizado no estúdio Absolute Master em Capivari/SP, “The Oracle” reúne oito faixas: “Intro”, “Firestorm”, “The Oracle”, “We Fight for Odin”, “Valhalla”, “Wake The Fury”, “Fall To The Empire” e “We Burn The Heart”.

“The Oracle” foi lançado em fevereiro em um evento fechado para imprensa na Full House em São Paulo e já está disponível em todas as principais plataformas digitais de música:

Spotify: http://bit.ly/2PDdW3O

Deezer: http://bit.ly/39jvBFl

Claro Música: http://bit.ly/2PGkzSZ

Amazon: https://amzn.to/2TdxxcO

Google Play: http://bit.ly/3cniMvC

Youtube: http://bit.ly/2PGH4qD

A banda que é formada por Sidney Milano (vocal), Ricardo Carbonero (baixo), Carlos Alexgrave (bateria) e Carlos Bertolazi (guitarra), promete lançar videoclipes para todas faixas do álbum. Depois do primeiro para “Fall To The Empire”, agora foi a vez de “Wake The Fury”. Com produção e edição do próprio guitarrista Carlos Bertolazi, o videoclipe “Wake The Fury” do Brave já está disponível no canal oficial da banda no Youtube:

Assista também o videoclipe “Fall To The Empire”: https://youtu.be/kRNUKhVH7QQ

A versão em CD Físico de “The Oracle” tem distribuição exclusiva da Anti Posers Records. Para pedidos no atacado, acesse: https://www.facebook.com/antiposersrecords
O CD está disponível para venda no varejo em todo Brasil pela Die Hard Records: http://bit.ly/3daTxNA

Mais Informações:

www.facebook.com/BravePowerMetal

www.instagram.com/bravepowermetal
www.youtube.com/BRAVEPowermetal
www.soundcloud.com/bravepowermetal-1

 

Som do Darma

Brave_The Oracle_Capa_Baixa.jpg

São mais de 20 anos de estrada! Várias Demos, EPs, dois álbuns e dezenas de shows e participações em festivais.

Na imprensa especializada, não apenas sobram elogios, como a alcunha de “criadores do brutal power metal”.

O Brave está de volta!

Depois da épica estreia com “The Last Battle” (2012) e do celebrado aperfeiçoamento em “Kill The Bastard” (2016), o Brave lança seu novo álbum, “The Oracle”.

Gravado e mixado por Marcio Teochi no Teochi Studio em Itu/SP e masterizado no estúdio Absolute Master em Capivari/SP, “The Oracle” reúne oito faixas: “Intro”, “Firestorm”, “The Oracle”, “We Fight for Odin”, “Valhalla”, “Wake The Fury”, “Fall To The Empire” e “We Burn The Heart”.

Em “The Oracle” o Brave não apenas mantém uma tradição, mas disponibiliza-a para novas possibilidades de interpretação. E isso só foi possível porque o Brave agora consolidou sua formação com Sidney Milano (vocal), Ricardo Carbonero (baixo), Carlos Alexgrave (bateria) e Carlos Bertolazi (guitarra).

“The Oracle” é um disco singular, brutal power metal do começo ao fim, mais ainda assim plural e dinâmico em sua concepção.

“Em ‘The Oracle’ tivemos mais uma dose de amadurecimento e muito mais gana”, comenta o vocalista Sidney Milano. “A sonoridade está com mais energia e identidade pessoal como um todo. Tudo isso sem perdermos, é claro, a pegada tradicional do power metal. As composições nasceram a partir de estruturas compostas pelo nosso guitarrista Carlos Bertolazi. A partir daí todo mundo contribuiu com sugestões. Já com relação às letras, foram escritas em conjunto por todos os integrantes.”

“Fall To The Empire”, uma das faixas de “The Oracle”, ganhou um videoclipe.

Produzido por M.J. Neto, o vídeo foi filmado no Espaço Cultural Olair Coan em Porto Feliz, interior de São Paulo, e estreou no dia 12 de Dezembro exclusivamente na seção “Premiere” do site da revista Roadie Crew, a mais importante publicação impressa sobre rock e heavy metal do Brasil.

O videoclipe “Fall To The Empire” agora também já está disponível no canal oficial do Brave no Youtube: 

“The Oracle” será lançado em CD e também disponibilizado nas plataformas de música digital em Janeiro de 2020.

Mais Informações:
www.facebook.com/BravePowerMetal

www.instagram.com/bravepowermetal
www.youtube.com/BRAVEPowermetal
www.soundcloud.com/bravepowermetal-1

Som do Darma

Brave_The Oracle_Capa_Baixa.jpg

São mais de 20 anos de estrada! Várias Demos, EPs, dois álbuns e dezenas de shows e participações em festivais. Na imprensa especializada, não apenas sobram elogios, como a alcunha de “criadores do brutal power metal”. O Brave está de volta! 

Depois da épica estreia com “The Last Battle” (2012) e do celebrado aperfeiçoamento em “Kill The Bastard” (2016), o Brave lança seu novo álbum, “The Oracle”.

Gravado e mixado por Marcio Teochi no Teochi Studio em Itu/SP e masterizado no estúdio Absolute Master em Capivari/SP, “The Oracle” reúne oito faixas: “Intro”, “Firestorm”, “The Oracle”, “We Fight for Odin”, “Valhalla”, “Wake The Fury”, “Fall To The Empire” e “We Burn The Heart”.

Em “The Oracle” o Brave não apenas mantém uma tradição, mas disponibiliza-a para novas possibilidades de interpretação. E isso só foi possível porque o Brave agora consolidou sua formação com Sidney Milano (vocal), Ricardo Carbonero (baixo), Carlos Alexgrave (bateria) e Carlos Bertolazi (guitarra). 

“The Oracle” é um disco singular, brutal power metal do começo ao fim, mais ainda assim plural e dinâmico em sua concepção.
“Em ‘The Oracle’ tivemos mais uma dose de amadurecimento e muito mais gana”, comenta o vocalista Sidney Milano. “A sonoridade está com mais energia e identidade pessoal como um todo. Tudo isso sem perdermos, é claro, a pegada tradicional do power metal. As composições nasceram a partir de estruturas compostas pelo nosso guitarrista Carlos Bertolazi. A partir daí todo mundo contribuiu com sugestões. Já com relação às letras, foram escritas em conjunto por todos os integrantes.”

A capa de “The Oracle” é assinada por Manoel Hellsen da MH Design Art e reflete o conceito por trás do título do álbum.
“The Oracle continua seguindo pelas temáticas pagãs, como já é de costume no Brave”, explica Milano. “Deste vez, especificamente, falamos sobre uma exploração em terras distantes, onde guerreiros se deparam com superstições e os extremos de seus sentimentos na luta pela sobrevivência em condições severas.”

“The Oracle” está previsto para ser lançado em CD pela Anti Posers Records em Setembro e também disponibilizado nas plataformas de música digital.
Em breve será divulgado o lançamento do primeiro single no formato de videoclipe.

Mais Informações:
www.facebook.com/BravePowerMetal

www.instagram.com/bravepowermetal
www.youtube.com/BRAVEPowermetal 
www.soundcloud.com/bravepowermetal-1

Press Release e Gestão Cultural:
Eliton Tomasi – SOM DO DARMA

eliton@somdodarma.com.br
www.somdodarma.com.br
(15) 99134-3443

Informações para Imprensa:
Susi dos Santos – SOM DO DARMA

susi@somdodarma.com.br
www.somdodarma.com.br
(15) 99117-6613

 

Som do Darma