THERION: Banda lança novo álbum “Leviathan II” e faixa ‘Codex Gigas’

Publicado: 30/10/2022 por Pedro Mello em News
Tags:,

THERION lançou esta semana a segunda parte da trilogia Leviathan, iniciada ano passado com o prestigiado primeiro volume da saga. “Leviathan II” promete ser ainda mais épico  e junto com o seu lançamento aproveita para lançar um novo videoclipe – desta vez para a faixa ‘Codex Gigas’. No Brasil “Leviathan II” será lançado pela parceria Shinigami Records/Nuclear Blast Records.

Ouça ‘Leviathan II’ aqui:

https://therion.bfan.link/leviathan-ii.ema

Assista ao videoclipe para ‘Codex Gigas’ aqui: 

Christofer comentou:
“Um dia eu estava pensando em uma música no estilo doom metal épico e me perguntando se é mais difícil escrever uma ”música de sucesso” nesse gênero, ou se é mais difícil no estilo do metal tradicional. Sou um grande fã do Candlemass e, na minha opinião, nunca ouvi nenhuma outra banda se igualar a eles e fazer músicas de sucesso dentro deste gênero. Então, decidi tentar descobrir por mim mesmo o quão difícil é fazer algo assim. Claro, eu tive que envolver Thomas no processo de composição, sendo ele um ex-vocalista do Candlemass. O resultado foi “Codex Gigas”, uma música do Therion inspirada no Candlemass. Se será um sucesso ou não, será de total responsabilidade dos fãs.”

ICYMI:
‘Pazuzu’ (OFFICIAL VIDEO): https://youtu.be/64XJ0YkcL4M
‘Marijin Min Mar’ (OFFICIAL VIDEO): https://youtu.be/hMigCF4tPtM
‘Litany Of The Fallen’ (OFFICIAL VIDEO): https://youtu.be/ROXYJxzYg0Y

Com uma determinação desafiadora que é raramente encontrada em uma banda de Metal, o THERION sempre fez o que considerava certo. Nunca se apegaram a uma fórmula de sucesso, nunca lançaram o mesmo álbum duas vezes, nunca cederam aos fantasmas que constantemente pairam na cabeça dos músicos como a expectativa dos fãs, os aspectos comerciais ou as tendências mundiais. O que torna ainda mais surpreendente tudo isto é que agora, com 35 anos de carreira nas costas, eles realmente fazem algo que todos os fãs esperavam, mas nunca pensaram ser possível. É assim que chega “Leviathan”, uma trilogia com foco em todos os elementos que fazem parte da marca registrada do THERION e que são amados por inúmeros fãs do gênero ao redor do mundo. Depois que a primeira parte incendiou os corações em 2021, provocando abundantes arrepios e trazendo lembranças dos dias de glória dos anos noventa, os grandes mestres do Metal Sinfônico continuam seu surpreendente caminho pela odisseia épica com “Leviathan II”.
 
“Queríamos, desta vez, dar aos fãs o que eles realmente queriam”, conta o professor de música Christofer Johnsson desde sua nova casa na ensolarada Gozo, Malta. “Estamos fazendo há tanto tempo o que nós queremos que achamos justo virar a mesa só desta vez”.
 
Se você acha que Johnsson, que completou 50 anos no mês de agosto passado, está dentro da fase de conformismo, você não poderia estar mais errado: Johnsson ainda é o homem da fronteira musical, procurando novos desafios e uma nova jornada para um novo herói sob cada pedra que ele vira. No entanto, depois de ter terminado a Ópera Rock insanamente sofisticada e elaborada chamada “Beloved Antichrist”, até mesmo Christofer Johnsson sentiu que havia alcançado o limite das suas forças aqui. “Depois de Beloved Antichrist, eu estava sem direção porque tinha feito tudo o que sempre quis fazer ou alcançar”. Portanto, ele se sentou com o vocalista Thomas Vikström para refletir sobre o próximo passo a ser dado quando veio o estalo: “A única coisa que nunca fizemos foi dar aos fãs exatamente o que eles queriam”, ele diz com um sorriso triste.
 
A trilogia “Leviathan” é a maneira do THERION honrar sua carreira, esculpindo todos os elementos que os tornaram os reverenciados titãs do Metal Sinfônico que são atualmente. “Pode parecer que foi muito fácil, mas realmente foi um grande desafio para nós”, diz Johnsson. “Eu estava gastando muito tempo analisando as músicas que as pessoas mais amavam. Não queríamos soar como uma cópia do nosso antigo eu, mas queríamos extrair a essência do que nossos fãs mais amam em nós para escrever músicas que carregam a essência de nossos trabalhos mais icônicos”.
 
Enquanto a primeira parte da trilogia estava honrando os antológicos clássicos do THERION e a terceira parte, a ser lançada em 2023, se concentrará nas “músicas orquestrais mais corajosas” segundo Christofer Johnsson, “Leviathan II”, que reacende a aura mística e melancólica de seu inovador álbum “Vovin” de 2018, funciona como uma perfeita ponte entre elas como podemos ouvir na poderosa ‘Litany Of The Fallen’ que une todas essas marcas registradas em apenas uma música. E é claro que isso é apenas o começo: basta pegar ‘Pazuzu’, uma música tão grandiosa que eles resolveram gravar duas versões: como um clássico hino no estilo THERION e como uma grandiosa e inusitada versão AOR. E funcionou magistralmente! Momentos marcantes também podem ser encontrados na beleza mística que é ‘Alchemy of the Soul’ e na grandeza sinfônica de ‘Marijin Min Nar’.
 
Primeiro foi o álbum triplo “Beloved Antichrist” e agora toda uma trilogia que já está gravada. Realmente Christofer Johnsson está muito inspirado nos dias de hoje. “Graças a ‘Beloved Antichrist’, minhas composições mudaram consideravelmente”, ele concorda. “Antes disso eu era muito dependente da minha musa. Eu dependia muito daquele pequeno demônio sentado no meu ombro e cantando uma música para mim de vez em quando. Mas quando você faz um musical de rock como esse, você precisa escrever em cenas. Está tudo definido e você precisa escrever músicas sob medida para uma determinada cena. Tendo conseguido isso, sinto que posso escrever o que quiser, a qualquer hora. Não é mais algo espontâneo ou caótico”.
 
Enraizado profundamente em diversas mitologias, em lendas antigas, sabedorias proibidas e crenças arcanas, o THERION continua sendo o Grão-mestre, o pioneiro e o robusto pilar do Metal Mitológico. “Escrevemos sobre o que desperta nosso interesse”, explica. “Para mim, esta é sempre uma oportunidade muito bem-vinda de mergulhar em alguma mitologia, cultura ou crença que eu não tenha abordado antes”. E também para seus ouvintes. A trilogia “Leviathan”, chamada assim em homenagem à besta cósmica que surge dos mares, é um compêndio dos mitos do mundo, um bestiário de terras e criaturas esquecidas.
 
Gravado remotamente devido à pandemia de COVID-19, “Leviathan II” ainda é um clássico trabalho em grupo assinado pelo estrategista-chefe Christofer Johnsson. Juntamente com os vocalistas Thomas Vikström e Lori Lewis, o guitarrista Christian Vidal, o baixista Nalle Påhlsson, o baterista Björn Höglund e um coro inteiro de cantores convidados, o THERION faz uma ponte entre o passado, o presente e o futuro com um assumidamente glorioso e cativante álbum.
 
Não se preocupe, não é apenas um sonho… mas se não acreditar, belisque-se!

FORMAÇÃO:
 
Thomas Vikström »» Vocal
Lori Lewis »» Vocal
Christofer Johnsson »» Guitarra
Christian Vidal »» Guitarra
Nalle Påhlsson »» Baixo
Björn Höglund »» Bateria

THERION online:
https://www.therion.se/
https://www.youtube.com/c/therion
https://twitter.com/_Therion
https://www.facebook.com/therion

Nuclear Blast

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s