Electric Haze: Banda sueca reacende a chama do Rock em um dos países mais frios do mundo

Publicado: 27/10/2021 por Pedro Mello em News
Tags:,

A Electric Haze é uma banda sueca fundada em 2014 na cidade de Umeå, na província de Västerbotten, e desde então mantém sua entrosada e sólida formação. Seu primeiro single, “Master & Slave”, foi lançado em 2016, sucedido pela estreia das excelentes “Endlessly” e “(Shut Up) Shuffle and Deal”. Os singles abriram caminho para o EP auto-intitulado, que foi disponibilizado digitalmente no final daquele mesmo ano e gerou mais de 165.000 streams apenas no Spotify. Com seis canções em sua bagagem, a Electric Haze caiu na estrada fazendo shows ao vivo por todo o seu país, atraindo imediata atenção da imprensa e do público local.

Em 2018 a banda começou a trabalhar em seu primeiro álbum completo, “Get In Line”, gravado no Kapten Studio, em Umeå, finalizado pelo próprio vocalista da banda, Anton Ekström, resultando em nove canções carregadas de uma energia densa, abordando temas pesados com letras sobre depressão, ansiedade e sentimento de exclusão, transmitidos de uma maneira muito expansível e poética. A primeira música criada, “All In Ask For”, por exemplo, fala sobre abuso de poder, seguida pela complexa balada “Cavern of Pain”, nos melhores moldes do que Dio criou em sua carreira solo.

Donos de uma sonoridade marcante, com uma vibração intensa, que ousa sem decoro ao misturar o hard rock clássico com o moderno, a banda sueca dispersa o clima congelante de seu país de origem através de sua música calorosa e contagiante.

A Electric Haze foi formada depois que os amigos Johan Andersson (Bateria) e Tommy Töyrä (Guitarra) se mudaram de Övertorneå para Umeå, na Suécia, onde conheceram os irmãos Andre Ekström (Baixo) e Anton Ekström (Vocal). A química da banda resultou imediatamente em canções que logo os levaram aos palcos de Umeå e de toda a Suécia. A formação da banda permanece inalterada até os dias de hoje.

As nove faixas que compõe “Get in Line”, irão levar o ouvinte a uma viagem pelos anos 80 e 90, através das influências de bandas como Deep Purple, Black Country Communion e Rainbow, que misturados a identidade da banda e a elementos de rock moderno, criam uma combinação única que te farão querer dançar, cantar a plenos pulmões, se apaixonar e se entregar completamente a cada uma das canções, fazendo com que o velho jargão de que o rock está morrendo soe completamente incabível. Confira aqui:

Hell Yeah! Music Company

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s