Michale Graves: Lendário ex-vocalista do Misfits chega ao Brasil

Publicado: 24/06/2019 por Pedro Mello em News, Resenhas Shows, Uncategorized
Tags:, ,

Michale Graves e banda

Cerca de 400 pessoas estiveram no Circo Voador no último dia 21 para acompanhar a performance do vocalista Michale Graves.

Michale é conhecido mundialmente por sua performance a frente da banda Misfits, tendo gravado os icônicos American Psycho (1997) e Famous Monsters (1999). O vocalista veio a América Latina celebrar estes álbuns, com a execução de ambos na íntegra.

Precisamente as 21 horas, Michale e os músicos, Adam Parent (Bateria), Loki Bones (Guitarra) e Howie Wowie (Baixo) iniciaram os trabalhos.

Michale Graves

Os álbuns do Misfits da era Graves são os mais cultuados entre os fãs da banda e por isso, a recepção foi muito bem calorosa, já víamos a entrega do público logo no início do show com a execução de American Psycho.

Os músicos estavam bem a vontade e Michael Graves caracterizado como em seus momentos de Misfits, com uma caveira pintada no rosto acrescido de um chapéu e camisa de força.

Conforme a empolgação ia crescendo, o número de stage dives crescia na mesma proporção, algumas pessoas tiravam selfies, bangeavam, bebericavam uma cerveja, que rendeu ao cidadao uma pequena chamada da banda (em outro momento a repôs, fazendo as pazes com os músicos), ou simplesmente pulavam insanamente do palco.

Graves se mostrava um pouco assustado com o assédio e com os saltos. Em determinado momento pediu para que os fãs tomassem cuidado e o guitarrista Loki pediu para que o tempo de permanência no palco dos fãs fosse menor. Muito trabalho para o manager Arturo Ponciani que convidava os mais afetuosos a descer.

DSCN3883.jpg

Michale Graves

O show correu bem, com músicas curtas, potentes e animadas inerentes ao estilo. A galera cantou junto às músicas e nos clássicos como Speak Of The Devil, Dig Up Her Bones, Dust to Dust, Scream!, Saturday Night e Descending Angel foram a loucura.

O interessante também foi notar que a faixa etária dos presentes era relativamente baixa, o que mostra que uma possível renovação de público esteja acontecendo. Pelo menos nesse tipo de segmento musical.

Tudo bem, vão falar que não é preciso ser um grande músico para tocar estas músicas, mas vamos tirar o chapéu para os caras, fizeram um grande show. Empolgante e instigante do início ao fim, apenas Graves que embora estivesse cantando muito bem, nos pareceu um pouco parado no palco, mas nada que tire a satisfação da noite.

Conversando com Michale e Arturo ao final do show, prometeram voltar ano que vem. Mas isso foi antes dos recentes acontecimentos relacionados a sua “fuga” do Brasil, deixando shows e fãs para trás. Apresentação memorável com um final de tour deplorável.

Michale Graves Setlist: Abominable Dr. Phibes / American Psycho / Speak of the Devil / Walk Among Us / The Hunger / From Hell They Came / Dig Up Her Bones / Black Light / Resurrection / This Island Earth / Crimson Ghost / Day of the Dead / The Haunting / Mars Attacks / Hate the Living, Love the Dead / Shining / Don’t Open ‘Til Doomsday / Hell Night / Kong at the Gates / The Forbidden Zone / Lost in Space / Dust to Dust / Crawling Eye / Witch Hunt / Scream! / Saturday Night / Pumpkin Head / Scarecrow Man / Die Monster Die / Living Hell / Descending Angel / Them / Fiend Club / Hunting Humans / Helena / I Don’t Wanna Be (A Superhero) / Kong Unleashed.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s