Malvina: lança em mais de dez países, single sobre as manifestações de 2013

Publicado: 24/04/2019 por Pedro Mello em News, Uncategorized
Tags:,

08.jpg

Com mixagem do renomado Jason Livermore (EUA), e em aquecimento para o lançamento do álbum “Hybrid War” na sexta-feira, dia 26, banda lança single “XIII”, acompanhado de videoclipe

O Malvina, uma das principais bandas de hardcore do Brasil, antecede o lançamento do novo álbum “Hybrid War” com a divulgação da faixa “XIII”, acompanhada de videoclipe. O single, que sai nesta terça-feira, dia 23 – mesmo dia do julgamento do recurso que pode colocar em liberdade o ex-presidente Lula -, faz referência ao ano de 2013, período que antecedeu a saída da ex-presidente Dilma Rousseff, marcado pelo ambiente de crescente instabilidade e revolta. O som é definido como um Punk Rock pesado, misturado com Thrash Metal e elementos do Rock Progressivo.

O assunto das manifestações é abordado sob o conceito geral do álbum, as “Guerras Híbridas”, um tipo de guerra não-convencional, teorizada pelo analista político Andrew Korybko. Segundo o conceito, os Estados Unidos é o agente principal, que identifica as vulnerabilidades de alguns países, e interfere em seus governos afim de manter a sua hegemonia mundial.

“XIII” termina com uma pergunta direta, que exige resposta sobre o papel de cada um de nós nos rumos do país: “Somos uma força a nos autodestruir?”

O videoclipe, filmado pela Alima Produtora Audiovisual na Nitshore, uma base offshore situada no Porto de Niterói, faz alusão à indústria petrolífera, um dos setores da economia nacional mais afetados pela atuação política da Operação Lava Jato.

A música possui referências do Punk Rock dos anos 90, como Bad Religion, porém com mais peso e densidade, fazendo um crossover com uma sonoridade mais Thrash, como Voivod e Megadeth em uma estrutura anárquica, característica do progressivo.

A mixagem foi feita por Jason Livermore e acompanhada pela banda no Blasting Room Studios, no Colorado (EUA), onde artistas como Rise Against, NOFX e Descendents costumam gravar. O álbum, “Hybrid War”, será distribuido em mais de dez países por meio dos selos Electric Funeral (Brasil), Ghost Factory (Itália), Geenger (Croácia), Morning Wood (Holanda), 5FeetUnder (Dinamarca), Lockjaw (Inglaterra), Mevzu (Turquia), Money Fire (EUA), Punk & Disorderly (Canadá), Audioslam (Chile) e Razor (Argentina).

FICHA TÉCNICA MÚSICA “XIII”

Composição e produção: The Berberts

Co-produção: Davi Baeta

Gravação: Estudio El Sonoro (Niterói/RJ) e DQG Estudio (Cabo Frio/RJ)

Mixagem e Masterização: Jason Livermore, no Blasting Room Studios, em Fort Collins, Colorado.

 

FICHA TÉCNICA VIDEOCLIPE “XIII”

Produção: Alima Produtora Audiovisual

Diene Guedes – Press Pass

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s