Forkill: Banda Divulga Capa e Tracklist de Novo Álbum

Publicado: 11/07/2018 por Pedro Mello em News, Uncategorized
Tags:,

36885978_1916188438402248_52294095866953728_n.jpg

Os thrashers cariocas do FORKILL, que acabaram de lançar o clipe da música “Emperor of Pain”, agora divulgam a capa e o track list do novo álbum, “The Sound of the Devil’s Bell”, já em processo de prensagem. Gravado e produzido por Daniel Escobar, no Estúdio HR, Rio de Janeiro, “The Sound of the Devil’s Bell” traz em seu repertório a regravação de “Vendetta”, presente originalmente em seu debut, “Breathing Hate”, de 2013. Sobre esta nova roupagem à faixa, o guitarrista Ronnie Giehl comenta que “Vendetta é uma das músicas que sempre está no set e a galera sempre agita muito. Ela soa incrível com essa nova formação, então resolvemos regravar com uma pegada mais brutal, violenta. Fizemos novos arranjos e ficou demais e assim decidimos colocar como bônus track.”.

Outra música regravada foi “Let There Be Thrash”, lançada em formato de single ainda com a formação original. Clara referência ao AC/DC, a música se tornou uma espécie de hit da banda, e segundo Ronnie, sempre esteve nos planos de estar no novo álbum. O clima do som reflete bem o que é um show de Thrash Metal: “É sobre aquela sensação de estar no meio de uma roda com os amigos se divertindo e agitando, fazendo air guitar, batendo cabeça, cantando o refrão de uma música com o punho em riste, headbangers pulando do palco, cerveja rolando, guitarras Flying V soando alto, o baixo e bateria tocando rápido e fazendo o som do inferno, parece que o diabo está martelando um sino. É disso que falamos em “Let There Be Thrash”!”.

Confira o track list:

Succubus Lament (Intro)
Emperor of Pain
Let There Be Thrash
Keepers of Rage
When Hell Rises
Warlord
Leviaethan
R.E.D. (Requiem Endless Devil)
Killed At Last
Old Skullz
In Your Face
Knight of Apocalypse
Vendetta (Bonus Track)

A capa, desenhada pelo artista gráfico Rafael Tavares, destaca o cavaleiro que representa a música “Warlord”, e embora não seja um álbum conceitual, algumas músicas estão interligadas. A arte também homenageia bandas clássicas do Heavy Metal, como o álbum “Crusader”, do Saxon, e o título busca referências em obras fundamentais como “Melissa”, do Mercyful Fate.

Ronnie explica que o disco retrata na temática todas as atrocidades da humanidade ao longo da história, e que, em relação ao título da obra, “o sino é um objeto sagrado de várias religiões. No decorrer da história, o sino sempre foi “badalado” para avisar que cidades estavam sendo invadidas, horas da missa, enterro, etc. Vendo hoje a humanidade e suas atrocidades, temos a impressão de que a coisa está tão feia que o diabo está martelando um sino de tanta desgraça. Liricamente, o som do sino do diabo é mencionado em três músicas do álbum, e o título é uma homenagem explicita ao Mercyful Fate e à música “At the Sound of the Demon Bell”.”.

Contatos:
Facebook: www.facebook.com/forkill.thrash
Instagram: https://www.instagram.com/forkill_thrash 
Twitter: www.twitter.com/Forkill
Assessoria de Imprensa: wargodspress@gmail.com

 

Fonte: Wargods Press

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s